segunda-feira, 13 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Alfredo Peixoto diz a Rodrigo Furtado que prefeitura já depositou pagamento dos empregados da Corpore

Alfredo Peixoto diz a Rodrigo Furtado que prefeitura já depositou pagamento dos empregados da Corpore

Matéria publicada em 10 de outubro de 2018, 21:52 horas

 


Volta Redonda – O vereador Rodrigo Furtado se reuniu na manhã desta quarta-feira (10) com o secretário de Saúde, Alfredo Peixoto, com o objetivo de buscar informações sobre a definição da data para o pagamento em atraso dos funcionários do Instituto Corpore, referente aos meses de agosto e setembro.

Alfredo garantiu que tudo que poderia ser feito para adiantar o pagamento foi providenciado pelo jurídico da prefeitura.

– Temos um compromisso com o funcionalismo e estamos fazendo tudo para que todos possam receber o mais rápido possível, mas agora não depende de nós. Temos que aguardar. O que posso garantir é que estamos acompanhando e cumprindo nosso papel – frisou.

A informação é de que o depósito no valor de R$ 1.567.497,24, em juízo, foi efetuado na última segunda-feira (08) pela manhã, em razão da guia de pagamento ter sido liberada apenas na sexta (05) após o expediente bancário. A expectativa é de que o valor seja creditado nas contas nos próximos dias, mas a autorização depende de decisão judicial.

Ainda durante o encontro, o parlamentar tomou conhecimento de que os funcionários da empresa serão remanejados para o regime de RPA (Recibo de Pagamento Autônomo) e que 83 técnicos em enfermagem, aprovados em concurso público, serão convocados para aumentar os atendimentos e manter a prestação de serviço à população.

Rodrigo adiantou que a alteração na modalidade de contratação já começou e, dentro de uma programação visando evitar filas e falta de contingente nas unidades de saúde, todos os funcionários serão chamados ao RH para apresentação de documentos.

– Sabemos que estas pessoas sofreram bastante nos últimos dias, sem saber informações precisas e convivendo com a insegurança de não receber o pagamento. Recebi muitos empregados desesperados no gabinete, mas prontamente pouca coisa poderia ser feita para resolver a situação e dar um pouco de esperança para esses trabalhadores. Por isso procurei o secretário e busquei essas informações. Os funcionários já começaram a ser chamados para apresentar os documentos e alterar o regime de contratação, assim como nos próximos dias esperamos que o pagamento já esteja nas contas. Em meio a isso temos a boa notícia do chamamento dos aprovados no concurso público, que poderão de maneira estável colaborar para os atendimentos na área da saúde realizados pelo município – concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document