América Tereza quer reativação de hospital em Volta Redonda

Por Diário do Vale
América Tereza: ‘É um absurdo você ter um hospital em perfeito estado de portas fechadas’ (Foto: Arquivo)

América Tereza: ‘É um absurdo você ter um hospital em perfeito estado de portas fechadas’ (Foto: Arquivo)

Volta Redonda –

Presidente da Comissão Especial de Inquérito que está investigando o porquê do fechamento do Hospital Santa Margarida, a vereadora América Tereza (PMDB) não irá poupar esforços para reativar a unidade médica, que fechou as portas no começo do mês após seus proprietários decretarem falência. Para isso, a parlamentar irá usar toda a sua articulação política para viabilizar ajuda tanto por parte do prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB), como do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB).

Para Tereza é um absurdo ver um hospital com cerca de 200 leitos, com uma UTI nova e com um centro de hemodiálise de última geração parado, sem poder atender os voltarredondenses e os moradores da região.

– Vou me reunir com o prefeito Neto para buscar uma solução para esse problema. Porque, a meu ver, é um absurdo você ter um hospital em perfeito estado de portas fechadas.  Depois vou até ao secretário estadual de Saúde o colocar a par dessa situação que não pode continuar. Vamos também conversar com o juiz que decretou a falência – pontuou Tereza, que ainda fez questão de destacar que quando Pezão visitou o hospital ficou impressionado com a estrutura do local. “Ele disse que era um absurdo ver aquilo parado”.

Segundo a vereadora, entre todas os prejuízos que a paralisação do Santa Margarida traz para Volta Redonda, o que a deixa mais revoltada é em relação ao centro de hemodiálise.

– Temos um centro de hemodiálise de última geração parado, enquanto muitos pacientes vão para outras cidades, viajam, para poder fazer hemodiálise. Seria muito mais cômodo tratar os pacientes aqui em Volta Redonda. Seria bom para todo mundo, pois diminuiriam os custos do tratamento, que são pagos pelo Poder Público e ajudaria o hospital a não fechar as portas – enfatiza.

Ainda sobre essa questão, Tereza lembra da clínica de hemodiálise que está sendo construída pela Prefeitura de Volta Redonda. Para ela, nem era preciso começar com esse investimento, uma vez que já havia um centro de hemodiálise no município pronto para ser usado, bastaria uma parceria entre a prefeitura e o hospital.

Outro fator que anda preocupando América Tereza é em relação à questão de energia do hospital. Segundo ela, o ar condicionado ainda está funcionando em virtude dos equipamentos novos que compõem a estrutura da unidade. Entretanto, devido à falência decretada no começo do mês passado, essa energia pode ser desligad a. ”Temos muitos equipamentos novos lá, se desligar a energia podemos ter um prejuízo muito grande”.

Advertisement

América Tereza acompanha limpeza do Túnel 20

A vereadora América Tereza não irá descansar até que a limpeza do Túnel 20, na Água Limpa, seja concluída. Desde que o local ficou alagado após fortes chuvas, a parlamentar vem acompanhando a situação dos moradores da localidade. Inclusive, Tereza afirma que foi até a sede da empreiteira responsável pela obra da Rodovia do Contorno, no Rio de Janeiro, para reivindicar que ela desobstrua o local.

– Eles mandaram uma bomba que está sugando a água do local. Hoje eu fui lá e pude perceber que já está bem melhor. Em seguida, será feita a limpeza do local, que com a retirada da água ficará com muita lama – explicou, lembrando ainda que após desobstruir o local, a empreiteira irá fazer uma obra para poder abaixar a manilha do túnel e resolver de vez o problema.

Tereza destacou ainda que além de reivindicar a limpeza do local, ela ficou preocupada com os possíveis focos de dengue.

– Pedi para que agentes da Vigilância Sanitária fossem até lá averiguar esses possíveis focos de dengue. Também pedi para que o carro fumacê passasse por lá – destaca.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

15 Comentários

eduardo 17 de março de 2015, 19:37h - 19:37

triste em ver um hospital grande daquele fechado,com o sao joao batista sempre cheio,esse hospital e uma mao na roda pro povo de volta redonda,isso ai vereadora america tereza,muitos falam mais ninguem tomou a iniciativa de correr atras em resolver esse problema,e ao nosso entao casado prefeito vamos se mover tambem e colocar esse hospital novamente em uso,pense no povo da sua cidade,esse povo precisa de medicos de mais atendimento de qualidade,pense nisso!!!!!!!!

EDIGAR SILVA 8 de março de 2015, 11:39h - 11:39

Esta investigação do fechamento do Santa Margarida não tinha que estar na mão de vereadora não. Isto é caso para a Polícia Federal.

E OS CONCURSADOS 5 de março de 2015, 21:27h - 21:27

EU QUERO SABER DOS CONCURSADOS DA PMVR 2014

PEDRO 5 de março de 2015, 16:59h - 16:59

O problema maior do Santa Margarida chama-se prefeitura de Volta Redonda, que desde a primeira gestão do atual prefeito veio atrasando o repasse de recursos federais e não pagando o convênio municipal, depois, deixou de encaminhar pacientes sabendo que mais de 80% da Receita do Hospital era oriunda do SUS. A Hemodiálise fechou em decorrência de uma perseguição, a Vigilância Sanitária Municipal fez um laudo fantasioso prejudicando o Hospital, que tinha convênio com o Estado para atender os pacientes de Volta Redonda, a secretaria de saúde municipal oficiou a Secretaria do Estado, que fez uma série de exigências para a reabertura. As exigências não foram cumpridas pelos interventores porque a prefeitura proibiu o encaminhamento de pacientes usuários do SUS ao Hospital, para que a entidade não tivesse mais receita da União Federal. Tudo isso porque um dos sócios não apoiou e não apoia o atual prefeito.

Gustavo 5 de março de 2015, 15:41h - 15:41

Estão querendo dar força à essa vereadora que já está há mais de 20 anos mamando nos cofres públicos e pouco fez pela nossa cidade. Vamos acordar!

ANdre LUIZ 5 de março de 2015, 13:52h - 13:52

Vejo vários vereadores falando em criar mais hospital. Se o que já existe estso ficando sucatiados .Quero só ver p crê.

Rene 5 de março de 2015, 09:44h - 09:44

“Presidente da Comissão Especial de Inquérito que está investigando o porquê do fechamento do Hospital Santa Margarida,”……esse “porquê” não está errado? O pronome quando é empregado em uma pergunta vem escrito de forma separada. Ou não?

Cidadã 5 de março de 2015, 10:31h - 10:31

O por que vem separa quando é no inicio da frase. Quando pode ser substituído por motivo é junto com acento. Quanto a matéria, isso mesmo. Vamos lutar para que o hospital possa atender a população de VR. É desumano sacrificar os pacientes renais com tratamento fora do domicílio, se temos infraestrutura para atender a demanda. Avante América Tereza.

CIDADÃO VR 5 de março de 2015, 14:18h - 14:18

Prezado, o termo está correto. Aqui o “porquê” funciona como substantivo. Portanto, está empregado da forma correta e com a grafia correta.

ENFERMAGEM 5 de março de 2015, 09:43h - 09:43

EU TRABALHEI NESTE HOSPITAL POR 4 ANOS, TENHA UMA ESTRUTURA IMENSA, UM GRANDE LUGAR, ONDE ATENDIA VARIOS PACIENTES DO SUS, PARTICULARES, E DE PLANOS DE SAUDE, MAS A BRIGA ENTRE OS DOIS IRMAOS QUE SAO DONOS FEZ ISSO ACONTECER, UM QUERENDO GANHAR MAIS DINHEIRO QUE O OUTRO, GANANCIAS, VARIOS INTERVENTORES FORA PARA O HOSPITAL PARA REGULARIZACAO E NADA RESOLVIDO, NO ANO DE 2010 O 6º ANDAR QUE E DO SUS CHEGOU A TER 5 PACIENTES TANTO NA ALA FEMININA QUANTO NA ALA MASCULINA, ONDE SE FICAVAM LOTADAS, É UM ABSURDO TOMARA QUE REATIVEM ESSE HOSPITAL, PRA GERAR EMPREGOS, ATENDIMENTOS AOS CIDADAOS VOLTAREDONDENSES.

Daniel Menezes 5 de março de 2015, 08:51h - 08:51

América nunca votei e talvez nunca terá o meu voto, mas este foi o melhor hospital da nossa região quando em funcionamento até em matéria de tratamento com os seus pacientes. Estou de acordo com o retorno desse hospital.

Rosangela Azevedo 5 de março de 2015, 00:24h - 00:24

Até que fim encontrei alguém que pensa como eu , parabéns Vereadora América Tereza porque fechar um hospital se na verdade estamos precisando abrir cada vez mais outros hospitais na cidade. Oque temos não esta sendo suficiente para atender a população, só quem precisar ser atendido é que sabe o quanto é dificil por irresponsabilidade de terceiros isto veio acontecer, o hospital Santa Margarida que sempre atendeu milhares de pessoas hoje se encontra com as suas estruturas abandonadas e sua porta fechada . E agora ? como vamos ficar nós funcionários com os nossos direitos ? temos que esperar quanto tempo até que a justiça seja feita ? se é que isso sera feito !

DESCOBRIU A PÓLVORA ???? 4 de março de 2015, 21:09h - 21:09

Será que a vereadora descobriu a pólvora só agora????
Há quanto tempo esse Hospital vem paralisando suas atividades???
Um dos responsáveis pelo fechamento do Hospital foi o próprio Prefeito NETO que não pagava a dívida da PMVR com o Hospital. Na época o Interventor RONALDO ALVES denunciou isto na mídia. Agora vem com demagogia???

Lucio 4 de março de 2015, 20:15h - 20:15

isso é briga antiga do prefeito Neto com os donos do Santa Margarida. outro problema é a carga tributária para um hospital e a carga tributária de uma clínica.

Paulo Roberto 4 de março de 2015, 20:01h - 20:01

Centro de Hemodiálise que está sendo construído pela PMVR? Ué? Não era um empreendimento particular com algumas vagas para atendimento pelo SUS? Aliás já era para estar funcionando, de acordo com as promessas.

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996