segunda-feira, 26 de outubro de 2020 - 21:29 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Ana Paula Rechuan propõe seguro que garantirá conclusão de obras públicas

Ana Paula Rechuan propõe seguro que garantirá conclusão de obras públicas

Matéria publicada em 2 de maio de 2016, 21:11 horas

 


Proposta determina cobertura de 100% do valor contratado e evita corrupção, pois afasta as empreiteiras do contratante

Ana Paula: ‘Temos que buscar formas de reforçar a fiscalização e cobrar que o dinheiro público seja respeitado’

Ana Paula: ‘Temos que buscar formas de reforçar a fiscalização e cobrar que o dinheiro público seja respeitado’

 

Rio e Resende – O aumento de custo de obras durante sua execução, atrasos e os problemas estruturais observados após seu término causam prejuízos para as administrações pública e principalmente para a população. Para garantir que as obras realizadas pelo Governo do Estado sejam finalizadas da forma que foram licitadas, tramita na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), um projeto de Lei de autoria da deputada estadual Ana Paula Rechuan (PMDB), que solicita a criação de um seguro garantia por parte das empreiteiras e prestadores de serviços do estado.

— Tivemos recentemente um grave problema com as obras da Ciclovia Tim Maia, no Rio de Janeiro, que causou a morte de duas pessoas. Temos que buscar formas de reforçar a fiscalização e cobrar que o dinheiro público seja respeitado, e que as obras tenham qualidade. Apresentei este projeto no início de março, e ele tramita agora na Comissão de Constituição de Justiça da Alerj — comenta a deputada Ana Paula Rechuan.

Conforme explica a deputada, a Lei de Licitações (nº 8666/93), estipula que as empreiteiras contratadas pelos municípios, estados ou União ofereçam, apenas, uma garantia de 5% do valor da obra, podendo, em casos mais complexos, chegar a 10%, valor que pode ser pago com caução em dinheiro ou títulos da dívida pública, seguro-garantia ou fiança bancária.

— Nosso projeto determina a contratação de Seguro Garantia em todos as obras, projetos, serviços contratados e quaisquer outras licitações feitas pelo Governo do Estado, e que a apólice do seguro seja equivalente a 100% do serviço contratado ou licitado — afirma Ana Paula Rechuan, destacando que essa prática é adotada nos Estados Unidos desde 1897.

A proposta apresentada pela deputada garante que em caso de desistência, negligência ou abandono da obra, do projeto ou outros serviços, à seguradora garantirá ao Poder Público o cumprimento total do contrato. O projeto ainda distancia o governo das empreiteiras, já que terá a seguradora como fiscalizadora e a maior interessada em evitar desvios e desperdícios, garantindo a finalização da obra ou de qualquer outro serviço no prazo e preços estabelecidos.

— Desta forma, caberá a seguradora a fiscalização da obra e todos os serviços para garantir a conclusão, o que será um duro golpe contra a corrupção, já que interromperá algumas ilegalidades como o superfaturamento, atrasos e má qualidade das obras ou serviços — finaliza a deputada Ana Paula Rechuan.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar
    Manoel, o Pintor

    Aproveita e cria um seguro contra politico picareta.

  2. Avatar

    Excelente iniciativa! Deveria ser adotada em todas as esferas do poder público, pois os editais de licitação viciosos são fonte do maior dreno de dinheiro que este país sofre… Se esse projeto não virar lei é porque muita gente na assembleia tem rabo preso. Fiquemos de olho!…

  3. Avatar

    O que falta é competência ao elaborar o contrato e fiscalização direta. Contratar mais uma empresa para fiscalização da obra ( embora saudável do posto de vista técnico ) só vai encarecer o valor final. Enquanto o funcionalismo público for de apadrinhados ficaremos nesta mer…. .

  4. Avatar

    Parabéns deputada, excelente idéia principalmente por que coloca uma terceira empresa para fiscalizar o andamento da obra.

  5. Avatar

    Parabéns deputada pela proposição. Inteligente. Deveria ser copiada pelas prefeituras.

  6. Avatar
    Antonio Carlos Peludo

    Não é qualquer seguradora que se dispõe a segurar uma obra de construção civil. Então vamos fica de olho . O que a Deputada quer ja é feito por muitas republiquetas tipo USA, UK, Bundesrepublik Deutschland ,Japão e olha que coisas acontecem imagina sem seguro é um ralo sem fim

Untitled Document