terça-feira, 22 de junho de 2021 - 11:33 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Antonio Furtado propõe centro de formação para GMs na região

Antonio Furtado propõe centro de formação para GMs na região

Matéria publicada em 12 de maio de 2021, 17:24 horas

 


Antonio Furtado conversa com a ministra Flávia Arruda sobre centro de formação de Guardas Municipais
(Foto: Assessoria de Imprensa)

Sul Fluminense – O deputado federal Delegado Antonio Furtado sugeriu à ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, durante reunião, em Brasília, na tarde de ontem (11/05), a criação de um Centro de Referência para Formação de Guardas Municipais no Sul Fluminense. O objetivo, segundo o delegado, é aprimorar o trabalho realizado pelas Guardas Municipais e valorizar os agentes de segurança.

– Infelizmente, as Guardas Municipais de alguns municípios estão passando por crise de equipamentos, de falta de coletes e condições de aprimoramento. Essa cenário abala a autoestima do servidor e tem reflexo no serviço que prestam para a população. Buscar maneiras de valorizar os profissionais e oferecer um espaço dedicado a esse treinamento e formação é investir em segurança e no bem estar da população – explicou o parlamentar.

Para a implantação do Centro de Referência será necessário buscar recursos por meio de emendas extraordinárias do ministério da Secretaria de Governo e o apoio do Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública e dos municípios, para que seja definida a cidade que abrigará a unidade.

– Esse é um projeto muito importante para a segurança pública. Precisamos pensar em preparar bem os guardas municipais. Vou buscar recursos em emendas extraordinárias para que esse primeiro Centro de Formação seja implantado – afirmou a ministra.

Desde a aprovação do Estatuto Geral das Guardas Municiais, em 2014,  algumas divergências surgiram com relação ao posicionamento dos agentes públicos quanto a exercerem atividade relacionada a segurança pública ou limitados à proteção dos bens, serviços e instalações pública.

– Entendo que as Guardas Municipais são parte integrante da segurança pública. Hoje, já ajudam a Polícia Civil e Militar em várias operações. É preciso entender que a segurança real começa nos municípios. Muitos guardas poderiam ter o porte de arma de fogo, mas encontram dificuldade de treinamento, reciclagem e muitas vezes faltam munições para a prática. A ideia é investir nessa capacitação e dar melhores condições de trabalho. Sei que fazem o que podem, e precisamos dar estímulos para realizar um trabalho cada vez melhor – destacou o deputado federal Delegado Antonio Furtado.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Só o Dele-mídia mesmo para produzir este tipo de informe.
    Basta atentar ao texto constitucional para perceber, que estas instituições são entidades de vigilância patrimonial, não pública em sí.
    Ao invés de defender os investimentos públicos para áreas de inteligência, este zé palestra, inventa de fazer gambiarra na área de segurança pública.

  2. Parabéns Dr, realmente será de grande valia

  3. Excelente ideia do nosso Delegado Antonio Furtado, essa é uma demanda antiga da GCMVR, entretanto, funcionará melhor se for administrada por guardas municipais como também seu corpo de instrutores.

  4. Sr Deputado Federal…
    Olhe pars os trevos do São Luiz e Califórnia na Rodovia Lucio Meira, estão uma desordem……precisamos de rotatória nos locais…A concessionária responsavel nada faz para segurança dos mitoristas e pedestres….

    • O furtado manda a gurda Municipal capinar a cidade pintar meio fio tomar conta de idoso guarda municipal não favorece em nada o povo brasileiro o furtado voce tem que fazer projetos que favorecem o povo o povo quer emprego e comida na mesa esquece essa merda de guarda municipal acaba com esses vermes.

Untitled Document