sexta-feira, 23 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Audiência Pública discute trens de passageiros

Audiência Pública discute trens de passageiros

Matéria publicada em 15 de julho de 2016, 20:16 horas

 


Volta Redonda – A primeira audiência pública da Alerj para discutir a importância dos trens turísticos e de passageiros na região Sul Fluminense será realizada nesta segunda-feira, às 10 horas, na Aciap (Associação Comercial Industrial e Agropastoril), de Volta Redonda. O evento é organizado por três comissões especiais da Alerj: Desenvolve Sul, visando o Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio de Janeiro, Turismo e Comissão Especial para Acompanhar e Discutir Políticas Públicas para o Transporte Ferroviário no Estado do Rio de Janeiro.
— Creio que esta audiência pública nos ajudará definir propostas objetivas e eficazes em busca de incentivos para a implantação deste meio de transporte na nossa região — ressaltou o presidente da Comissão Especial Desenvolve Sul, deputado estadual Nelson Gonçalves (PSD), se referindo ao projeto de retomada das atividades do Trem Mineiro, ligando Barra Mansa ao Sul de Minas Gerais e as atividades do Trem Barrinha, ligando Barra do Piraí ao Rio de Janeiro.
A abertura do evento ficará a cargo do presidente do Transportes Ferroviários, Affonso Augusto Moreira Penna, que vai abordar a expansão da estrada de ferro, durante o governo do então presidente Affonso Penna, seu bisavô.  Entre os seus relatos, ele lembrará a trajetória de implantação da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, Malha Ferroviária interligando o Sudeste do país, passando por São Paulo, Santa Catarina, Paraná, e Rio Grande do Sul. Entre 1906 a 1909, Affonso Penna foi, segundo relato histórico, o responsável por autorizar a construção de trilhos em diversos estados do país.
A audiência contará ainda com palestra com o presidente da Estrada de Ferro Campos do Jordão, Ayrton Camargo e Silva, que vai falar sobre trens turísticos de passageiros como incentivo à economia local, desenvolvimento, transporte seguro e com menor custo para os passageiros.
Em recente Audiência Pública da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), o engenheiro ferroviário Hélio Suevo explicou que no estado do Rio existem 300 quilômetros de ferrovias que estão subutilizados e podem ser reativados. Segundo ele, existem hoje 410 km de malha ferroviária para cargas e 315 km para transporte de passageiros. “Em momentos de crise temos que tornar o nosso estado mais atrativo e uma das maneiras é investindo no turismo. Por que não investir na ferrovia, que é tão pouco explorada?”, questionou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

19 comentários

  1. Avatar

    Proposta meramente eleitoreira! Quem tem um mínimo de conhecimento geral e costuma ler sabe que o ramal onde circularia esse trem Barrinha é um dos de maior tráfego de carga do Brasil. Esses trens que saindo de Sepetiba e Rio de Janeiro demandando o Sul Fluminense e a região de Minas (Três Rios, JF) convergem no ramal Barra do Piraí/Japeri. Seria atitude temerária colocar trens de passageiros dividindo trilhos com trens de carga, o risco iminente de acidentes foi inclusive um dos fatores que motivaram a extinção do Trem de Prata Rio/SP…

    Quanto ao Trem Mineiro, esse sim seria viável (como trem turístico), bastando vontade política. O Trem Barra Mansa/Angra talvez seja o mais promissor de todos no que tange à potencial demanda de passageiros e ao fato de o ramal ser subutilizado. Esse é o que eu mais gostaria de ver sair do papel…

    • Avatar

      Anos atrás levei minha família para um passeio de trem entre Angra dos Reis e Lídice. A natureza e o trajeto com túneis e cascatas d’água são exuberantes na serra. Não esqueço da recomendação do guia turístico:

      ATENÇÃO: OLHEM COM BASTANTE ENTUSIASMO E FILME OU FOTOGRAFEM O QUE VIREM, MESMO NÃO SENDO INTERESSANTE. Um dia o HOMEM acabará com isso tudo.

      08 meses depois acabaram com o passeio.

    • Avatar
      FranciscoJFLacerda

      All Fatah, mas em vários países do mundo e até aqui no Brasil sua explicação cairia terra abaixo, não teria a menor credibilidade pois circulam vários trens de passageiros e de carga sem problema algum. É só ver vídeos na internet da Europa, Estados Unidos etc .E também aqui no Brasil especificamente, você já ouviu falar no trem de passageiros Vitória a Belo Horizonte que a VALE mantém e até modernizou? Você já ouviu falar na ferrovia Carajás entre o Pará e o Maranhão? Pois bem, lá também circula a muitos anos e SEM PROBLEMAS…um trem para passageiros de longo percurso, também mantido pela VALE. Quem não quer ver, ignora isto é porque é acomodado ou ligado a máfia dos transportes dos ônibus.

    • Avatar

      Como eu disse, é a densidade do tráfego que define as linhas que seriam viáveis no compartilhamento. Vitória a Minas é um trem de passageiros só por dia, o que não é o ideal para quem quer trens para fazer movimento pendular (ida e volta no mesmo dia para trabalho, estudo, prestação de serviços, comércio, etc.)… O Ramal de Barra do Piraí tem ainda a questão do aclive da Serra do Mar, o que potencializa os riscos de acidentes por perda de freio ou rompimento da engrenagem da cremalheira. Foi isso que aconteceu no último acidente com o Barrinha…

    • Avatar
      FranciscoJFLacerda

      Conta outra Fatah kkkkkkk Cê deve ser também porta voz da MRS Logística kkkkk Pensar grande, pensar o futuro, ser visionário, moderno, atuallizado, ousado a partir do agora é prever, semear os projetos, ideias e implantar outro tipo de transporte público de passageiros entre as cidades do Sul Fluminense, como o “METRÔ” ou Trem metropolitano com estações pelos bairros e cidades e também linhas BRTs com mais modernidade e conforto será a diferença, um divisório entre o ranços antigos ultrapassados e novas soluções para o meio ambiente e para mobilidade urbana

  2. Avatar

    a maior pouca vergonha com o eleitor, toda época de eleição é a mesma coisa e pior que ainda são eleitos o Nelson Gonçalves não faz merda nenhuma durante o mandato e agora vem me falar em trem mineiro o barrinha e outras asneiras,tá igual no volta grande 4 ninguém fala nada em contaminação do solo agora chegou a eleição. o prefeito já montou até uma comissão para estudar o solo, vamos lá povo acorda, vamos descartar esses politicos.

  3. Avatar

    Até que esse item do trem estava sumido das pautas de anos eleitorais. Transporte coletivo? Só muda se for por interesse da Fetranspor no estado ou do Sindpass no sul fluminense. Outros itens como Rodovia do Contorno de V. Redonda, Hospital e Aeroporto Regional, Hospital da Criança, Plano da Mobilidade e duplicação da Dutra na Serra das Araras são mais citados no rodízio de factoides porque dão mais ibope. Já a reforma do Correio de V. Redonda caiu no esquecimento e até o próprio Dep. Estadual Nelson Gonlçalves em eleições passadas andou “pegando carona” nessa história que é assunto federal.

  4. Avatar

    todos os anos de eleição e a mesma conversa fiada. acorda povo.

  5. Avatar

    O evento é importante sem dúvida nenhuma em razão da necessidade de buscar-se alternativas ao modelo de transporte hoje existente e que está saturado visando atender melhor nós usuários, mas por que não incluir neste o trajeto ligando as principais cidades fluminenses entre si e que hoje são atendidas por ônibus, isto é, de Barra do Piraí até Itatiaia?
    As estradas da região apesar de estarem melhores preservadas não foram ampliadas enquanto a frota de veículos disparou.

  6. Avatar

    Viaduto na Voldac, viaduto ligando Aero ao Jardim Amália, clínica para Hemodiálise, alça de acesso no viaduto Heitor Leite Franco, alto forno IV, a peste da rodovia do contorno, agora o hospital regional, aeroporto, vila olímpica, etc… Sempre em períodos eleitorais, nada concretizado.

  7. Avatar

    E eu acredito em Papai Noel!

    Na Europa o uso de trens é uma realidade.

    Brasileiro vai lá, andam de ônibus e trens e ainda postam nas redes sociais. Aqui detestam

    Ah, e ainda postam fotos andando de bicicletas por lá. Vá entender?

    Agora se continuarem a votar somente em candidato que anda de carrão e que recebe das empresas de transporte para campanhas , nem acreditando em Papai Noel, Saci-pererê e outras promessas mirabolantes, o trem NUNCA será implantado.

    Eu pretendo ir a essa Audiência para saber mais sobre esse assunto e para conhecer mais a história do ex-presidente Affonso Penna, um ícone da Administração Pública.

    Vou contar nos dedos quantos pré-candidatos a prefeito lá aparecerá. Pré-candidatos a vereador nem essa notícia verão.

    • Avatar

      Exatamente. O pessoal posta foto andando de bicicleta na Europa mas em Volta Redonda tiram o carro da garagem para ir a padaria da esquina e ainda reclamam do trânsito. O Neto prometeu um pacote para a melhoria da mobilidade urbana criando a rede cicloviária mas ficou na promessa

  8. Avatar

    Po seria uma boa viajar com a familia novamente para andrelandia, bom jardim entre outras cidades como lavras e pouso alto ai muito bom essa ideia

  9. Avatar
    cobrador abandonado

    mais mentira a mim ninguem engana

  10. Avatar
    Wantuil fortes Silvério

    Se eu fosse Dep estadual,entraria com projeto dessa forma: Dê Barra mansa à Angra , rotina , feriado e fim de semana.saindo de Barra mansa, Às 7 hs amanhã e retorno de Angra às 17 hs. Agora de Barra do Piraí à Itatiaia. Saindo de Barra do Piraí às 6 hs amanhã e retorno às 16hs Itatiaia.. colocava uma emenda na questão do custo. Ficaria assim : Na linha BM à Angra , À colitur compraria às locomotiva e governo do estado os vagões . governo 51 %, colitur 49% . já na linha Barra do Piraí à Itatiaia entraria viação aparecia, viação Pinheiral e Resendense .

    • Avatar

      Cara, não é assim não! Tem que ter licitação. Vivemos num país capitalista de livre concorrência, então o nicho de mercado nunca foi nem será garantido para empresa A ou B, vide lojas de calçados, bancos, farmácias, automóveis, etc., uma do lado da outra…

  11. Avatar

    Kkkk seria tão bom se fosse verdade,mais é só historinha, quem aí acredita em papai noel,kkkk

  12. Avatar

    Pior que tem eleitor que acredita, lembra da Pandelo ? Olha a eleição ai gente.

Untitled Document