quarta-feira, 20 de outubro de 2021 - 07:29 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Baltazar propõe pagamento da conta de água com lixo reciclável

Baltazar propõe pagamento da conta de água com lixo reciclável

Matéria publicada em 2 de março de 2016, 19:57 horas

 


Proposta: Segundo Baltazar, projeto trará benefícios ambientais para o município

Proposta: Segundo Baltazar, projeto trará benefícios ambientais para o município

 

Volta Redonda –  O vereador Baltazar apresentou na Câmara Municipal de Volta Redonda o projeto Recicla VR. Pela proposta, todo cidadão ou entidade da cidade poderá trocar lixo reciclável por descontos, ou isenção total, na conta de água. O projeto de lei está na fase de apresentação, mas o parlamentar acredita na sua viabilidade constitucional: “Quando o cidadão tem a opção de trocar as latinhas de uma festa por um bom desconto na conta de água, o município também ganha por que assim teremos menos lixo espalhado”, afirma. No entanto, o vereador ressalta que o mais importante deste projeto é  fomentar uma nova referência de educação ambiental e reciclagem em Volta Redonda.
O Projeto Recicla VR orienta o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) a estabelecer convênio com as empresas do setor de reciclagem na cidade, fazendo com que o lixo captado pelas conveniadas seja convertido em recursos financeiros para a autarquia, da mesma forma que seria o pagamento direto pelo contribuinte.
O vereador esclarece que não há perda de receita de arrecadação. “O Recicla VR é um projeto simples, mas que inova ao incentivar uma política ambiental sustentável e que pode render um bom dinheiro para quem recicla”, afirma.
Outro aspecto muito importante do projeto, segundo o vereador, é a possibilidade de doação de bônus para entidades assistenciais, escolas ou igrejas. “Se uma empresa quiser doar todo o seu lixo reciclável para a escola do bairro, tenho certeza que a escola será grata por pagar menos ou até ficar isenta da conta de água”, disse.
Se aprovado, as entidades poderão se cadastrar no Saae para receber doações de lixo reciclável de empresas e pessoas. Da mesma forma, o cidadão contribuinte terá que se cadastrar para ter o seu lixo computado como bônus na conta de água. “O bom é que o projeto permite acumular este bônus, incentivando pessoas e organizações a reciclar sempre mais”, esclarece o vereador.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. Uau! Temos aqui v[arios especialistas em projetos de leis, destilando seus vastos conhecimentos…que honra poder conhecer o pensamento evoluido de gente como a tais ou como os que se escondem em apelidos para atacar um projeto sem nunca ter lido. Eu gosto da ideia do vereador. gosto do vereador. é um lider que merece respeito pois mudou esta cidade e elegeu o pança que est[a até hoje. Mas náo ouso criticar um projeto sem conhecer todos os artigos e conceitos. O debate é: se lixo vale dinheiro por que náo usar para pagar tributos? Parabens ao Baltazar que tem visáo de futuro e enxerga uma soluçao boa para todos.

  2. AI, AI, AI PAPAI...

    MOREI NO JAPÃO, E ESTADOS UNIDOS NESSES PAÍSES EXISTE ESSA CULTURA DE REAPROVEITAMENTO MAS PARTEM DE MUITO ESTUDO E SERIEDADE. TODO RECICLADO É SEPARADO…
    NO JAPÃO SE UM REPRESENTANTE DO GOVERNO TRAI O POVO AGINDO EM BENEFÍCIO PRÓPRIO E A HISTÓRIA VEM A TONA ELES ATÉ SE SUICIDAM, AQUI ELES FICAM MONTANDO PROJETINHOS MIDIÁTICOS SEM HISTÓRIA PRÉVIA, PROJETOS PARA QUEDAS…E O LIXO ACABA SE MISTURANDO KKKK OU TENTANDO SE MISTURAR…

    PIOR É QUE SE FOR PRECISO DE AMBULÂNCIA NÃO VAI TER… SÃO DE ESQUEMAS…

    AQUI EM VOLTA REDONDA O RECICLADO PASSA UMA VEZ POR SEMANA E A POPULAÇÃO NÃO SE DA AO TRABALHO DE SEPARAR, NA MINHA RUA É UMA VERGONHA, TENHO QUE FICAR DENUNCIANDO PARA PEGAREM MEU RECICLADO PORQUE SEI QUE É LEI MUNICIPAL A COLETA SELETIVA MAS O CAMINHÃO TEM PASSADO PARA PEGAR SOMENTE O MEU RECICLADO.

    QUE VERGONHA POPULAÇÃO VOLTA REDONDENSE VAMOS FAZER DIFERENÇA ESTEJAMOS ATENTOS VAMOS RECICLAR E COMEÇAR A SEPARAR O LIXO PORQUE SE NÃO ELE VAI ACABAR VINDO PARA PREFEITO.

    E AI SÓ JESUS…

  3. >>>>>>> COSTUMO SONHAR!!!!! MAS AS VEZES SONHO QUE ESTOU VOANDO EM LUGARES QUAIS ME PARECEM SER CONHECIDOS… QUANDO ACORDO ME DEPARO COM AS REAIS SITUAÇOES QUE O MUNDO PASSA E PENSO SERA QUE ACORDEI DO PESADELO OU O PESADELO TA CHEGANDO NO FINAL………

  4. Quanta ignorância! Quem recolherá o material reciclável? Como o preço de venda dos mesmos serão fixados? Aonde serão armazenados? Pra gerar renda, é necessário um comprador… Quem compraria? Por enquanto só vi ônus e nenhum bônus. Seria mais uma medida populista que bebeficiaria quem não trabalha, e aumentaria os custos de quem já paga pelo serviço. Não sujar a cidade é dever de todo cidadão. Separar o material reciclável também, e é dever da prefeitura dar tramento correto para ele

  5. Será que o nobre edil pensou que vai ter um funcionário em cada empresa de reciclagem para acompanhar quantos kilos e qual o valor que cada um tem direito.Pois será fácil combinar com a empresa quanto de bônus eu desejo receber.

  6. O nobre edil só esqueceu de colocar no seu projeto como e aonde será depositado tanto resíduo, pois do jeito que vai a crise a quantidade de resíduos será maior que o tamanho do próprio SAAE e empresas de reciclagem da cidade.Ano eleitoral é foco vale tudo.

  7. So burro que nao ve,ano de eleiçao minha gente agora aparece projetos de todo jeito.
    VEM FALAR QUE E AMIGUINHO DO MEIO AMBIENTE FORA LADROES…………..

  8. Penso que o lema chama-se educação, Pois o SAAE vive do seu produto que é a água, se tdos pararem de pagar como será? Isso deve ser repensado não?

  9. Marcelo Figueiredo

    Muito interessante o projeto. A diminuição do volume de lixo nas ruas também será um grande benefício. O cidadão reclama muito dos governos mas faz muito mal sua parte, principalmente no que diz respeito a lixo.

Untitled Document