terça-feira, 22 de junho de 2021 - 11:32 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Barra do Piraí tem PCCS para funcionalismo

Barra do Piraí tem PCCS para funcionalismo

Matéria publicada em 11 de maio de 2021, 19:32 horas

 


Barra do Piraí – A Câmara Municipal aprovou, nesta terça, 11, o projeto do Plano de Cargos e Salários dos servidores, enviado à Casa pelo prefeito Mario Esteves. O resultado da votação no Legislativo foi de oito votos a três; os vereadores Luiz Roberto Tostão (DEM), Luiz Carlos Paulista (Patriota), Beto Jabá (Patriota), Jair Ferreira Paulista (DEM), Thiago Soares (Republicanos), Juliano da Padaria (Republicanos), José Luiz Brum (DEM) e Elves Costa (Cidadania) foram a favor do projeto, e Kátia Mikki (Cidadania), Pedrinho ADL (Republicanos) e Rozeli Enfermeira (Patriota) foram contra.

O plano inclui o enquadramento financeiro e uma projeção mostra que, em 20 anos, o funcionalismo terá 14º, 15º e 16º salários. “Se já tivessem feito, lá atrás, o que nós fizemos, com o apoio da maioria dos vereadores, hoje, essa série de benefícios já seria uma realidade”, comentou Mario Esteves.

O PCCS também prevê o escalonamento do salário. A expectativa é de que, no período de 20 anos, o valor do pagamento chegue a dobrar, o que não acontece atualmente – funcionários que entraram há 30 anos na prefeitura recebem, hoje, o mesmo que na época, sem nenhum tipo de abono.

O prefeito destacou a preocupação de construir um Plano de Cargos que fosse viável e efetivo, do ponto de vista da atual conjuntura econômica do município. “De que adiantaria nós elaborarmos um plano cheio de ideias mirabolantes e metas maravilhosas, mas que nunca teriam condições de sair do papel? Foi o que fizeram no passado, apenas para ganhar a simpatia dos servidores. Nós, ao contrário, queremos deixar um legado para a categoria, com direitos e benefícios sólidos, que nunca foram destinados aos servidores. Este Plano é o Plano possível, dentro da realidade da Prefeitura de Barra do Piraí”, afirmou.

Relembre o caso

O atual Plano de Cargos e Salários, votado nesta terça-feira, foi elaborado por uma empresa contratada pelo ex-prefeito José Luiz Anchite. Na época, a categoria teve ampla participação na discussão do projeto, que acabou, porém, sendo engavetado, por não estar dentro da realidade do município.

O atual prefeito resgatou o projeto, no qual o funcionalismo já havia dado sugestões, e o adequou à conjuntura econômica da prefeitura.  Agora, Esteves assumiu o compromisso de que o PCCS seja posto em prática.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Enquanto isto, o Bairro de Fátima não tem capina, limpeza de ruas, muito lixo, buraco nas ruas !! Eleição para Deputado está aí, este deve ser o foco dele !!

Untitled Document