>
domingo, 22 de maio de 2022 - 01:35 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Câmara de Volta Redonda aprova instalação do Observatório do Trabalho e Emprego

Câmara de Volta Redonda aprova instalação do Observatório do Trabalho e Emprego

Matéria publicada em 7 de dezembro de 2016, 22:14 horas

 


Volta Redonda –  A Câmara Municipal aprovou na Sessão desta terça-feira (06) a instalação do Observatório do Trabalho e emprego na cidade. De acordo com o autor da proposta, o vereador Paulo Baltazar (PRB), a ideia é de constituir uma ferramenta que vai mapear a situação do emprego formal na cidade, disponibilizando dados sobre empreendedorismo e formação tecnológica. “Queremos que este observatório trabalhe no sentido de facilitar a conquista de um emprego pelo trabalhador, mas que também auxilie os gestores da formação técnica para que ofertem cursos de profissionalização nas áreas que mais empregam”, disse Baltazar.
O Observatório será formado por representantes dos setores público, produtivo, técnico-acadêmico, sindical e patronal, sob coordenação do representante da academia científica. Este grupo vai trabalhar sem remuneração ou gratificação e terá a função de analisar os dados de empregabilidade do Centro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e os dados da formação tecnológica.
— Isso deixa o setor de formação em diálogo com o setor produtivo e vai evitar, por exemplo, que se ofereça curso de padeiro, quando o mercado tem carência de mecânico, ou o outra área — disse o autor do projeto.
Baltazar informa também que os dados coletados serão agrupados e dispostos para análises semestrais no site da Câmara de Vereadores. Os dados servirão para orientar os gestores de políticas públicas para a formação técnica e tecnológica, assim como empresários e empregadores.
O projeto foi aprovado em primeira votação e deverá ser apreciado em breve novamente pelos vereadores. A expectativa é de que seja instalado no ano que vem, permitindo após o fluxo de trabalho, o conhecimento da variação do fluxo de empregos por bairros, ramos de atividades, salários, rotatividade e empreendedorismo.
— Penso que o observatório poderá proporcionar uma análise mais detalhada por parte dos gestores, e no tempo certo, também poderá intermediar mão de obra e informar quais cursos de qualificação são mais necessários para aqueles que precisam voltar ao mercado de trabalho — afirmou Baltazar.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. GOSTARIA DE SABER QUANDO A CÂMARA COLOCARÁ EM VOTAÇÃO AS CONTAS DO PREFEITO NETO, REJEITADAS PELO TCE… Pelo jeito nunca….. Vai passar em branco….

  2. Quanta besteirada, ideia de jerico. Sr Baltazar trabalhe em um projeto que realmente vai ter benefícios para a população. No momento o melhor a fazer é pedir a sua renuncia.

  3. Ideia bacana se bem executada.

  4. Nossa cidade precisa de buscar nova(s) vocações, além da siderúrgica e metalúrgica….
    sugiro desenvolver o polo médico, esportivo, desenvolvimento software, polo musical com festivais, Gastronomia, etc…

    Boa Sorte para Samuca….

Untitled Document