quinta-feira, 20 de setembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Com novos projetos e obras, Resende economizará mais de R$ 1,1 milhão

Com novos projetos e obras, Resende economizará mais de R$ 1,1 milhão

Matéria publicada em 20 de agosto de 2018, 22:27 horas

 


Aperta: Diogo Balieiro reviu contratos para reduzir gastos
(Foto: PMR )

Resende – O prefeito de Resende, Diogo Balieiro, inaugurou duas obras e anunciou novidades em um programa, em ações que vão gerar cerca de R$ 1,1 milhão em economia aos cofres públicos. A maior parte destes recursos virá da nova maneira de condução do TFD (Tratamento Fora do Domicílio), enquanto a prefeitura economizará em alugueis com novos espaços entregues à população.
“A prefeitura de Resende para poder honrar os pagamentos, ainda em 2017, precisou cortar e reavaliar diversos contratos firmados na gestão anterior. Um deles foi o contrato que terceirizava as vans do TFD. O Valor era de mais de R$ 67.500,00/mês e para realizar uma nova licitação o valor estimado era de R$ 1 milhão ao ano”, disse ele, que alterou a forma de tocar o projeto:
– Para não interromper o serviço, a prefeitura passou a utilizar três vans próprias e já comprou quatro vans novinhas, que vão oferecer mais conforto e agilidade para os pacientes que precisam sair do município para se tratar. A previsão é que elas cheguem em breve – contou.
Além disso, o prefeito reviu espaços públicos que estavam ociosos e promoveu reformas. Levou para estes locais projetos e serviços que estavam sendo prestados em imóveis alugados. Isso foi feito no posto de Saúde da Vargem Grande.
– Antes, o atendimento aos pacientes estava sendo realizado em uma casa alugada. Com a obra, os serviços vão voltar para um imóvel da prefeitura. Com essa medida, além de oferecer um ambiente mais confortável, seguro e agradável para os pacientes, a administração municipal vai economizar cerca de R$ 12 mil por ano – contou.
As obras de reforma contemplaram troca do piso, bancada, portas, janelas, reparos na parte elétrica e hidráulica, colocação de laje, instalação de grades, além da pintura de todo o espaço. “Mais um investimento para a população e para os profissionais da saúde. A gente sabe que ainda tem muito o que ser feito, mas, com trabalho, honestidade e comprometimento, cada demanda está sendo resolvida”, destacou.
Nesta mesma linha, a nova Biblioteca Pública de Resende, Dr. Jandyr Cesar Sampaio, foi reformada e já entregue à população. “Depois de muita pesquisa, foi chegada a conclusão de que o local ideal seria onde era localizada a primeira sede da biblioteca, há 70 anos. Esse espaço foi totalmente revitalizado e o melhor: ao custo de menos de um ano de aluguel da antiga casa. Uma economia de R$ 50 mil/ano”, contou.
A iniciativa deu certo, segundo o prefeito, pois conta agora com 20 mil exemplares de diferentes estilos literários e com opções para todas as idades. “Hoje o espaço recebe uma média de 40 visitas por dia. Só no mês de julho, cerca de 500 novos usuários se cadastraram”, ressaltou.

Ajuste em todas as áreas

O secretário municipal de Governo, Elio Rodrigues, afirmou que a economia tem sido pautada em todas as pastas a pedido do prefeito. “Um exemplo grande veio na redução dos contratos para serviço de varrição de rua, capina e roçada. O Tribunal de Contas do Estado aprovou o processo de licitação da prefeitura de Resende, que após diversos estudos técnicos constatou que esse trabalho poderia ser realizado por um valor bastante inferior ao que era pago antes. Com isso, uma nova licitação foi realizada: de quase R$13 milhões, o valor foi reduzido para R$4.979.581,84, gerando uma economia de mais de 60% aos cofres públicos”, disse.

3 comentários

  1. Parabéns prefeito, gestão pública inicia com esses atos !

  2. A cidade com a saúde ruim, favelas sendo construídas pela cidade, o pessoal tomando as margens do rio, a empresa de água que cobra o tratamento de esgoto sem tratar e a violência que tá fora dos limites dentro da cidade, inclusive sem fiscalização vários veículos roubadas, sem pagamento de taxas e sem condições de rodagem estão aí pelas ruas todos os dias, fora os acidentes da turma que vive com o tanque cheio…. e a realidade da cidade é nada… o cara esqueceu de tudo que devia ser feito, assim fica fácil economizar, o lance é ficar fazendo obrinha de praça pra vagabundo vender droga… é só para isso que esse governo serve, além de experiência, falta vocação para, ao menos, colocar gente competente para que as coisas aconteçam na cidade! esse não ganha pra prefeito novamente não!

  3. Diogo esqueceu de dizer que a pessoa com deficiência da cidade ele abandonou,esqueceu de dizer que cortou verba do gente eficiente que atende 350 crianças com deficiência

Untitled Document