terça-feira, 11 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Comerciante critica demora do estado em resolver impasse no Hospital Regional

Comerciante critica demora do estado em resolver impasse no Hospital Regional

Matéria publicada em 4 de julho de 2020, 12:00 horas

 


Volta Redonda – Um dos comerciantes mais tradicionais de Volta Redonda, Marcelo Moreira tem atuado como um porta voz informal da categoria durante a pandemia do coronavírus. A defesa por uma reabertura gradual e de maneira segura ganhou tom mais ácido nesta sexta-feira, dia 03, com a confirmação de que o governo do estado não conseguiu resolver o impasse que impede o Hospital Regional de receber novos pacientes. Para Marcelo, vidas e empregos estão em jogo com a demora na chegada de uma solução.

A interrupção nas transferências de pacientes com a Covid-19 para a unidade regional completou 14 dias neste sábado, dia 04. Com isso, há expectativa de que o comércio tenha de permanecer fechado por mais tempo. Isso pode acontecer, pois a ocupação de leitos de UTI na rede pública de Volta Redonda está próxima do que foi acordado com a justiça para que os comerciantes pudessem trabalhar. Segundo Marcelo, as informações são que dos 232 leitos disponíveis no Hospital regional, apenas 7% estão ocupados desde então. O balançou foi divulgado esta semana pelo jornal O Globo.
– Será uma extrema covardia obrigar os comerciantes a fecharem as portas, tendo essa quantidade de leitos vazios. Isso sem falar nas vidas que se perderão. É muita incompetência e descaso. Vamos perder vidas, empregos e renda nesta conta – disse Marcelo Moreira.
O empresário ressaltou que ao menos cinco restaurantes que ficam nas imediações da Vila Santa Cecília fecharam as portas durante a pandemia. “Isso é uma conta baixa, somente do que vemos por aqui na Vila”, destacou.
O caso

No dia 20 de junho, a Organização Social que administra o Hospital Regional decidiu parar de receber novos pacientes. A decisão foi tomada depois de o estado ter atrasado por mais de três meses o envio de repasses para manutenção da unidade. O caso foi revelado com exclusividade pelo DIÁRIO DO VALE e desde então o governo do estado vem apresentando datas para solucionar o impasse.
O prazo inicial era na quinta-feira, dia 2, mas acabou adiado para sexta. Veio o sábado e nada ainda mudou. O governo do estado ficou impedido de repassar verbas para a Organização Social depois que o Tribunal de Contas do Estado identificou irregularidades consideradas graves nos contratos firmados entre as partes.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

17 comentários

  1. Avatar

    É candidato a alguma coisa?…

  2. Avatar

    Por que parabéns para esse senhor ???? A situação está sendo amenizada pelo governo federal ??? Que governo ?? o que só faz intriga e quer proteger filho bandido e que responde “e daí ? ” para mais de 60 mil mortos pela ‘gripezinha” ? Interessante notar que esse senhor a essa tropa que está reclamando da situação faz parte da legião de imbecis, alienados e irresponsáveis que puseram essa escória política no poder : um presidente boçal, um bando de ministros escrotos, mentirosos, um governador corrupto e fanfarrão, um senador formador de quadrilha de laranjas e lavador de dinheiro público, um deputado delegado deslumbrado e inútil, todos despreparados e ridículos. Ora, vão reclamar para o papa.

  3. Avatar

    Aposto que quem reclama vai colocar os mesmos no poder novamente.

    • Avatar

      Pois é…o teu herói falou: “Ainda bem que a natureza criou esse vírus “, pois assim a tese politica de seu patido de larápios, supostamente se confirma…
      Tamos ferrados com esses politicos que temos!!!

  4. Avatar

    Difícil tudo isso…se ficar em casa resolvesse, um monte de gente q estão em casa não pegariam a doença …infelizmente o problema é mais incompetência política q doença …complicado…

  5. Avatar

    O melhor é prevenir, hospital é para remediar.
    Então, se ainda não tem vacina e se o vírus não sofreu mutação que o torne menos letal, o melhor é o lockdown, se não daqui a pouco não vai adiantar abrir pois vai faltar cliente, empregado e até o patrão vai adoecer, com mais gente morrendo a cada dia.

  6. Avatar

    Boa, Marcelo!!

  7. Avatar

    Ninguém questiona os números divulgados!!A omissão da câmara de vereadores é vergonhosa!!!

  8. Avatar

    Boa Marcelo!

  9. Avatar

    Perfeito Marcelo. O governo do Estado está à deriva e em xeque. A recuperação econômica precisa ser incentivada e apoiada pelo Poder Público. Como perguntar ñ ofende: O que o Poder Legislativo tanto Municipal, quanto Estadual está fazendo de concreto para ajudar?

  10. Avatar

    Tadinho.. Alguém avisa ele que ele está no Brasil, estado do Rio de Janeiro, terra e berço dos governadores mais corruptos do mundo!!! Tivemos apenas três governadores presos nos últimos 4 anos…

    • Avatar

      Um absurdo o desinteresse do governo do estado em resolver um problema que diz respeito a população mais necessitada

  11. Avatar
    Carlos de Almeida

    Onde estão os outros vereadores para defender nossos empregos?

    • Avatar

      Mandou bem Marcelo!

      Abertura com responsabilidade e segurança pra comerciantes, comerciários e cidadãos! Saúde e emprego andam lado a lado…simemte parasitas do serviço público ou pessoas que vivem de parasitar alguém continuam nessa de manter tudo fechado, mas não abrem mão de churrasquinho e cervejinha nas lives…
      Saudações 3×3

  12. Avatar
    Cecília de Castro

    Parabéns Marcelo Moreira! Quando esse inferno de Covid passar Volta Redonda verá o rastro de desemprego que ficará! A situação está sendo amenizada com as ações do governo federal e saque de fundo de garantia. Vamos Reagir Volta Redonda! Ficar fazendo graça para população com circo no estádio ($$$$$), fechando praças e comércio, barreiras de fachada nas entradas, gastando até o que a prefeitura não tem e meter o pé no final do ano!

    • Avatar
      Felippe Gottsching

      Volta Redonda ???

      Vai lá nos Estados Unidos ver como está a situação e volta aqui pra contar pra nós

      Seu comentário é politicagem de terceira categoria

Untitled Document