domingo, 15 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Comitê do Orçamento Participativo é eleito em Volta Redonda

Comitê do Orçamento Participativo é eleito em Volta Redonda

Matéria publicada em 6 de agosto de 2017, 16:03 horas

 


Volta Redonda – O primeiro Fórum do Orçamento Participativo de Volta Redonda aconteceu na manhã de sábado (5), no auditório da UGB (Centro Universitário Geraldo Di Biase), no Aterrado, e teve a participação de associações de moradores, secretários municipais e membros da sociedade. Na ocasião, foram eleitos os representantes que vão compor o Comitê do Orçamento Participativo de Volta Redonda. Eles terão o mandato de um ano (agosto e 2017 a agosto de 2018). A cidade foi dividida em dez setores e as reuniões do comitê devem começar nesta semana.

O vice-prefeito Maycon Abrantes, que representou o prefeito Samuca Silva, destacou a importância das associações de moradores para a elaboração do orçamento da cidade.

– Estamos dialogando com todos os setores da sociedade. Com essa parceria entre poder público, iniciativa privada e associações de moradores, vamos conseguir avançar – frisou o vice-prefeito.

A primeira palestra do evento foi com o secretário municipal de Planejamento, Júlio Andrade, que ministrou sobre a “Experiência de Orçamento Digital pelo Brasil e pelo mundo”. Segundo ele, há dois modelos de Orçamento Participativo: totalmente digitais (online) e os híbricos (presencial e online).

A segunda opção é a que está sendo adotado em Volta Redonda. O OP Digital já foi realizado e teve a participação de mais de duas mil pessoas. Agora, a fase é presencial, onde os moradores elencam as prioridades de cada localidade, através da associação de moradores, em plenárias realizadas nos bairros.

– Vale ressaltar que não é uma disputa entre bairros. Não vamos realizar todos os pedidos, por limitação orçamentária, mas a população que escolherá as prioridades – disse o secretário municipal, responsável pela organização do Orçamento Participativo.

Após a palestra do secretário, foram apresentadas todas as ações da secretaria de Planejamento, de janeiro a julho, sobre o Orçamento Participativo e uma mesa redonda.

Abertura do evento

Quem compareceu ao evento teve a oportunidade de conhecer o Projeto Ballet Educação, que fez a abertura do evento. Atualmente, o programa atende cerca de 450 alunos, de seis a 14 anos, da rede municipal. O objetivo do projeto é aliar a educação, cultura e arte. Foram quatro apresentações na abertura do fórum, coordenada pela professora Isabela Santos Leal.

Comitê: Escolha foi feita neste sábado durante o Fórum do Orçamento Participativo (Foto: Divulgação PMVR)

Comitê: Escolha foi feita neste sábado durante o Fórum do Orçamento Participativo (Foto: Divulgação PMVR)

Veja os nomes do comitê

SETOR 1

Júlio Gil

 

SETOR 2

Maria das Graças

Lúcia Lino (suplente)

 

SETOR 3

Alcy Vicente

Marta Mageste (suplente)

 

SETOR 4

Mauro Coelho

Evaldo Oliveira (suplente)

 

SETOR 5

Fátima Martins

Wagner Marinho (suplente)

 

SETOR 6

Clayton Nascimento

Welligton Ricardo (suplente)

 

SETOR 7

Josiane Carvalho

 

SETOR 8

NÃO COMPARECEU AO FÓRUM

 

SETOR 9

Alan Cunha

Fernando Pereira (suplente)

 

SETOR 10

Wanderley Dias

 

5 comentários

  1. Avatar

    Pois é enquanto isso a Vila Santa Cecilia, que não nem Associação de Moradores, continua abandonada, e entregue aos sem teto e flanelinhas.

    • Avatar

      Setor 5 – Wagner Marinho é um representante. Eu sei como é triste um representante dos moradores ou do povo sumir do mapa. É assim mesmo. Eles não sabem e não compreendem que 01 dos 05 princípios da Administração Pública é justamente é a PROPAGANDA.

      Na CMVR com os 21 vereadores tbm é assim. Pesquise pelos navegadores de internet (o glogle é um deles e talvez não encontre) se existe um site da CASA DO POVO de VR atualizado.

      Em matéria de TRANSPARÊNCIA os representantes do povo estamos na idade da pedra. E olhe que estamos em plena era da internet e das redes sociais. Por favor, não confunda internet com redes sociais.

  2. Avatar

    Será q todas as associações já tem ESTATUTO e CNPJ ?

  3. Avatar

    A reportagem ficou muito vaga. O que e quais são os “Setores”??

    Esta informação para mim como leitor ficou muito genérica ou será que o leitor tem a obrigação de saber?

    Por favor se puderem expliquem o que e quais são estes “setores”.

    Obrigado

  4. Avatar

    Eu desafio qualquer um a dizer o nome do titular do Setor 8 que faltou. Um setor todo prejudicado e sem representação.

    Dica 1: “não cumpre com as suas obrigações (recebendo bem) e ainda atrapalha quem quer trabalhar em prol da comunidade.”

    Dica 2: eu já postei aqui a mesma frase acima.

Untitled Document