>
sexta-feira, 1 de julho de 2022 - 20:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Defensores da volta do regime militar ganham espaço

Defensores da volta do regime militar ganham espaço

Matéria publicada em 4 de junho de 2017, 08:30 horas

 


Tropas do Exército foram chamadas para fazer segurança da Esplanada recentemente

Tropas do Exército foram chamadas para fazer segurança da Esplanada recentemente

Volta Redonda – Em Volta Redonda, assim como em diversas partes do país, existe um movimento cada vez maior de defensores de um regime militar governando o Brasil. Daqueles mesmos implantados em 1964, com algumas poucas adaptações. A descrença na classe política é o principal fator motivacional para que jovens embarquem no barco mais conservador, mas tem gente que defende um governo militar em qualquer aspecto ou ocasião.

É o caso do empresário Tarciso Andrade, presença certeira em manifestações contra a corrupção. Diga-se de passagem: independente do partido político. Antes quase um “lobo solitário” na defesa de um governo ditatorial, ele diz que sente-se cada vez mais à vontade para defender suas ideias. “Podemos observar nas redes sociais o volume cada vez maior dos que clamam por uma intervenção militar”, disse ele.

O empresário destacou que antes mesmo de eclodir os primeiros escândalos políticos da fase recente da República, já defendia o governo militar. “Sempre tive esta posição. Nasci no ano de 66, durante o regime. Vivi minha infância e adolescência podendo usufruir de uma época que tínhamos mais segurança, a educação era de qualidade melhor, muitos benefícios trabalhista foram criados. Criação de empresas para suporte de um grande desenvolvimento industrial no Brasil, estradas, aeroportos, isso atrelado a milhões de empregos”, elenca Tarciso.

O empresário, no entanto, reconhece que o momento turbulento da democracia abre margem para um debate mais aprofundado sobre a volta dos militares ao poder.

“Posso afirmar que um governo militar seria hoje, como foi em 64, melhor para o Brasil, acrescido de mudanças para a atualidade. Basta observar o caos que nossa nação mergulhou após os 32 anos da abertura política. Hoje a maioria dos governantes trabalham em prol de causas próprias ou são usados num ciclo vicioso pelo partido e por empresários”, destacou.

Tarciso disse ainda que a permanência dos militares no poder dependeria do “restabelecimento da ordem” no país.

– O período deveria ser o tempo necessário para que principalmente a educação seja introduzida na sociedade e em todas as classes sociais, paralelamente com o crescimento econômico. Que a erradicação da ignorância política seja primordial para que possamos retirar da política estes oportunistas – disse.

Em defesa do golpe de 64

O empresário disse ainda que não vê como perpetuação no poder o período da ditadura militar no Brasil, que durou 24 anos.

“Não podemos afirmar que os militares se perpetuaram. Eles apenas defenderam o Brasil das mãos de pessoas que planejavam nos transformar em um pais socialista, modelo Cuba dos irmãos Castro, cujo os ditadores até a atualidade fazem com que o povo divida a miséria”, pontuou.

Ainda sobre o período militar passado, Tarciso diz que o poder foi devolvido ao povo no tempo correto para a época. “Os militares, num tempo certo, devolveram ao povo o governo. Nossa democracia não corria mais perigo, não vejo mais possibilidade de ditadores se perpetuarem no poder como aconteceu no passado”, afirmou.

Tarciso afirmou ainda que o atual modelo de democracia brasileira faliu.

“Pelo o fato que faltou educação de qualidade, faltou e falta principalmente aplicar a lei de maneira rígida e sem distinção. Agora podemos observar que, por mais dúvidas que possamos ter, na seriedade e competência das instituições responsáveis pela manutenção e proteção da democracia, podemos ver que mudanças radicais estão acontecendo para acabar com a ameaça atual”, afirmou.

Tarciso, no entanto, aponta que haveria uma forma de não defender a volta dos militares. “Ainda há muita falta de esclarecimento do que realmente aconteceu em 64 e muitos temem governos ditatoriais, como vemos pelo mundo. Porém, hoje a volta dos militares é vista de maneira mais benéfica. Acho que se aplicarmos a lei e punir os infratores não haverá motivo para mudanças no regime atual. A vontade da maioria será aplicada democraticamente. Estamos atentos”, disse.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

80 comentários

  1. Muito bom seu artigo, mas discordo da palavra ” DITADURA”, esta palavra deu origem pelos baderneiros da época, os mesmo que estão sendo caçados, presos nos dias de hoje. Tivemos Um REGIME MILITAR que morreram civis e militares nos confrontos nas ruas… não passando de 400 pessoas em 21 anos do regime, hoje temos 60.000 mortes por ano, devidos aos DITADORES PETISTAS E SEUS ALIADOS que estão ai nos DESgovernando. Procure saber nos livros VERDADEIROS como foi o Regime Militar, e o que houve realmente no Congresso em 64. Um abraço.

  2. Melhor JAIR se acostumando…
    Kkkkkkkkkkkkkk

  3. Discunjuro, ditado antigo tem gente com ódio de quem pede a volta dos militares, com tudo que aconteceu e está acontecendo da-se a impressão que estão comprometidos pois a mancha esta em todos os lugares vai se arrastando da-se a impressão que vai terminar em pissa, os militares tem um jeitinho especial de resouver, leva esses envolvidos num quartinho serve rosquinha chazinho o pessoal se anima, e desenrola rápido, não é só política que os militares tem que resolver que futuru reserva com esse descontrole droga essas músicas a televisão que esta contribuindo para a destruição da família e mais e mais e mais, não se vê uma luz no fim do túnel, FORÇAS ARMADAS JÁ.

  4. kkkk Boa Geninha. Mas como todos os seus comentários por aqui, mais um sem conteúdo, e mostrando mais uma vez que vc não acrescenta nada com seus comentários. Mas foi boa a piadinha.

  5. Meteram o galho dentro, na favela do Alemão, com vagabundo desdentado e pé de chinelo……..

  6. Esses entulhos autoritários que pedem ditadura, regime militar etc deveria é procurar ler mais, estudar História.

  7. Para que é contra regime militar e quer saber toda verdade, convido a procurar no youtube, vídeos de pessoas que se diziam lutar pela democracia naquela época. Os que se dizem perseguidos pela “ditadura”. Não são vídeos de quem defende a “ditadura”, são vídeos de quem era contra a “ditadura” e vcs verão pelo que realmente eles lutavam. Muitos confessam seus crimes, pelo que lutavam( implantar o comunismo). Se quiserem continuar a serem enganados é uma escolha de cada um. Basta ver em vídeos quais eram as verdadeiras intenções, como se organizavam para cometer os mais diversos crimes etc.

  8. No final do ano de 1964, meu avô e meu tio foram presos por elogiarem Brizola perto de outras pessoas. Alguém dedurou à polícia civil. Ficaram presos por três dias. O delegado os soltou dizendo: “sumam daqui! Direi que fugiram. Virá uma ordem de recaptura. Vcs serão considerados subversivos. Faço isso porque se descerem para o Rio com vcs, não garanto nada!” . A complacência do delegado foi porque meu avô e meu tio eram pedreiros e haviam construído sua casa havia pouco tempo. Meu avô se embrenhou na mata. Lá ficou por meses. Depois conseguiu sair para o sul do estado. Meu tio fugiu para o Espírito Santo. Esse fato aconteceu numa cidade chamada Silva Jardim, estado do RJ. Meu pai conta essa história toda vez que alguém defende a ditadura civil-militar.

    • No final de 1975, minha avó disse que quando andava pelas aguas do rio são francisco, ouvia uma voz vindo das profundezas, era uma sereia que atraía os homens para o fundo do rio. Isso aconteceu em uma cidade chamada Paraguaçu. Minha avó conta essa história toda vez que meus primos querem tomar agua no rio. Desculpe a brincadeira, mas é mais uma mentira da época do regime militar que te contaram.

  9. Nos anos do Regime Militar não víamos corrupção, fome no Nordeste, crescimento exponencial da dívida externa, obras faraônicas abandonadas. Mesmo porque se alguém denunciasse, ou fosse confundido com alguém que denunciasse, era logo convidado para algum porão do DOI-Codi para passar uns dias “conversando” com os gorilas. Com sorte saía vivo e sem sequelas.
    Que falta faz a leitura sobre a história contemporânea do Brasil para essa gente…

  10. João Francisco Destro

    74 nas costas e nunca tive problemas com militares. Defendo sim a volta deles!

  11. Então quer dizer que os militares são incorruptíveis?

    Reclamam que o governo está entregando o país para os capitalistas estrangeiros, mas não sabem que todas as estradas, usinas hidrelétricas e nucleares, portos e todos os “milagres econômicos” da época da ditadura foram construídos com dólares americanos obtidos assumindo dívida externa.
    Ou vocês acham que a CSN foi construída com dinheiro do café de Vassouras e Barra do Piraí?

    A Venezuela é uma ditadura militar e está realmente uma beleza. Tem brutalidade policial, tem fome, tem falta de itens básicos de consumo e tem falta de liberdade.

    Passem uma temporada lá, quem sabe vocês gostam e mudam para lá?

    • Meu querido, existe uma grande diferença entre Regime Militar e Ditadura militar. Estude, pesquise, pense, depois me diga quando no Brasil existiu ditadura militar como na Venezuela.

    • Carlos Augusto, não sou seu querido.
      A ditadura foi de 1964 a 1985.
      A partir do momento em que o povo não pode escolher seus governantes de acordo com as regras da Constituição, e os dissidentes são reprimidos através da violência, é uma ditadura sim.

      Alguém votou no Castelo Branco ou no Costa e Silva?

      Se você ler os jornais da época é lógico que por eles estava tudo bem, os jornais eram coagidos a manter as aparências.
      Leia os jornais da Venezuela e também está tudo bem por lá.
      Embora eu não saiba porque estou perdendo meu tempo com você.

    • Meu querido, então por que vc diz que na Venezuela existe uma ditadura militar, se lá o presidente foi eleito pelo povo? Não preciso ler jornais da época amiguinho, eu vivi essa época, meus pais viveram essa época, meus avós viveram essa época. Se vc não viveu nessa época, faça um favor a vc mesmo: pergunte a seus pais como era viver nesse período. Assim vc vai poder saber melhor sobre o que diz. Abraços meu querido.

    • Oswaldo: Também acho perda de tempo. As vezes foi uma paixão antiga p algum verde-oliva q, com esses problemas no país, voltou a desabrochar, que como se sabe há muitas donzelas com fetiche p fardas militares.
      Então não convém magoa-las…………

  12. Algumas lições que já deveríamos ter aprendido sobre o golpe de 1964 e sua ditadura :

    -Há 50 anos, o Brasil foi capturado pela mais longa, mais cruel e mais tacanha ditadura de sua história.

    -Meio século é mais que suficiente tanto para aprendermos quanto para esquecermos muitas coisas.

    -É preciso escolher de que lado estamos diante dessas duas opções.

    – AQUELA FOI A PIOR DE TODAS AS DITADURAS

    No período republicano, o Brasil teve duas ditaduras propriamente ditas. Além da de 1964, a de 1937, imposta por Getúlio Vargas e por ele apelidada de “Estado Novo”.

    A ditadura de Vargas durou oito anos (1937 a 1945). A ditadura que começou em 1964 durou 21 anos.

    Vargas e seu regime fizeram prender, torturar e desaparecer muita gente, mas não na escala do que ocorreu a partir de 1964.

    Os torturadores do Estado Novo eram cruéis. Mas nada se compara em intensidade e em profissionalismo sádico ao que se vê nos relatos colhidos pelo projeto “Brasil, nunca mais” ou, mais recentemente, pela Comissão da Verdade.

    Em qualquer aspecto, a ditadura de 1964 não tem paralelo.

    – QUALIFICAR A DITADURA SÓ COMO “MILITAR” ESCAMOTEIA O PAPEL DOS CIVIS

    Foram os militares que deram o golpe, que indicaram os presidentes, que comandaram o aparato repressivo e deram as ordens de caçar e exterminar grupos de esquerda.

    Mas a ditadura não teria se instalado não fosse o apoio civil e também a ajuda externa do governo Kennedy.

    O golpismo não tinha só tanques e fuzis. Tinha partidos direitosos; veículos de imprensa agressivos; empresários com ódio de sindicatos; fazendeiros armados contra Ligas Camponesas, religiosos anticomunistas. Todos tão ou mais golpistas que os militares.

    Sem os civis, os militares não iriam longe. A ditadura foi tão civil quanto militar. Tinha seu partido da ordem; sua imprensa dócil e colaboradora; seus empresários prediletos; seus cardeais a perdoar pecados.

    – NÃO HOUVE REVOLUÇÃO, E SIM REAÇÃO, GOLPE E DITADURA

    Ernesto Geisel (presidente de 1974 a 1979) disse a seu jornalista preferido e confidente, Elio Gaspari, em 1981:

    “O que houve em 1964 não foi uma revolução. As revoluções fazem-se por uma ideia, em favor de uma doutrina. Nós simplesmente fizemos um movimento para derrubar João Goulart. Foi um movimento contra, e não por alguma coisa. Era contra a subversão, contra a corrupção. Em primeiro lugar, nem a subversão nem a corrupção acabam. Você pode reprimi-las, mas não as destruirá. Era algo destinado a corrigir, não a construir algo novo, e isso não é revolução”.

    Quase ninguém usa mais o eufemismo “revolução” para se referir à ditadura, à exceção de alguns remanescentes da velha guarda golpista, que provavelmente ainda dormem de botinas, e alguns desavisados, como o presidenciável Aécio Neves, que recentemente cometeu a gafe de chamar a ditadura de “revolução” (foi durante o 57º Congresso Estadual de Municípios de São Paulo, em abril de 2013).

    Questionado depois por um jornal, deu uma aula sobre o uso criterioso de conceitos: “Ditadura, revolução, como quiserem”.

    A ditadura foi uma reação ao governo do presidente João Goulart e à sua proposta de reformas de base: reforma agrária, política e fiscal.

    – A CORRUPÇÃO PROSPEROU MUITO NA DITADURA

    Ditaduras são regimes corruptos por excelência. Corrupção acobertada pelo autoritarismo, pela ausência de mecanismos de controle, pela regra de que as autoridades podem tudo.

    A ditadura foi pródiga em escândalos de corrupção, como o da Capemi, justo a Caixa de Pecúlio dos Militares. As grandes obras, ditas faraônicas, eram o paraíso do superfaturamento.

    Também ficaram célebres o caso Lutfalla (envolvendo o ex-governador Paulo Maluf, aliás, ele próprio uma criação da ditadura) e o escândalo da Mandioca.

    – A DITADURA ACABOU, MAS AINDA TEM MUITO ENTULHO AUTORITÁRIO POR AÍ

    O Brasil ainda tem uma polícia militar que segue regulamentos criados pela ditadura.

    A Polícia Civil de S. Paulo, em outubro de 2013, enquadrou na Lei de Segurança Nacional (LSN) duas pessoas presas durante protestos.

    A tortura ainda é uma realidade presente, basta lembrar o caso Amarildo.

    Os corredores do Congresso ainda mostram um desfile de filhotes da ditadura – deputados e senadores que foram da velha Arena (Aliança Renovadora Nacional, que apoiava o regime).

    – BANALIZAR A DITADURA É ACENDER UMA VELA EM SUA HOMENAGEM

    Há duas formas de se banalizar a ditadura. Uma é achar que ela não foi lá tão dura assim. A outra é chamar de ditadura a tudo o que se vê de errado pela frente.

    O primeiro caso tem seu pior exemplo no uso do termo “ditabranda” no editorial da Folha de S. Paulo de 17 de fevereiro de 2009.

    Para a Folha de S. Paulo, a última ditadura brasileira foi uma branda (“ditabranda”), se comparada à da Argentina e à chilena.

    A ditadura brasileira de fato foi diferente da chilena e da argentina, mas nunca foi “branda”, como defende o jornal acusado de ter emprestado carros à Operação Bandeirantes, que caçava militantes de grupos de esquerda para serem presos e torturados.

    A outra maneira de se banalizar a ditadura e de lhe render homenagens é não reconhecer as diferenças entre aquele regime e a atual democracia. Para alguns, qualquer coisa agora parece ditadura.

    Banalizar a ditadura é como acender uma vela de aniversário em sua homenagem.

    – JÀ PASSOU DA HORA DE PARAR COM AS HOMENAGENS OFICIAIS DE COMEMORAÇÃO DO GOLPE

    Por muitos e muitos anos, os comandantes militares fizeram discursos no dia 31 de março em comemoração (isso mesmo) à “Revolução” de 1964.

    A provocação oficial, em plena democracia, levou um cala-a-boca em 2011, primeiro ano da presidência Dilma. Neste mesmo ano também foi instituída a Comissão da Verdade.

    A referência ao 31 de março foi inventada para evitar que a data de comemoração do golpe fosse o 1º. de abril – Dia da Mentira.

    Se é assim, a Independência do Brasil doravante deve ser comemorada no dia 14 de agosto, que foi a data em que o príncipe D. Pedro montou em seu cavalo para se deslocar do Rio de Janeiro para as margens do Ipiranga, no estado de São Paulo.

    Que história, afinal, estamos contando?

    Uma história que ainda não faz sentido.

    Uma história cujas lições ainda nos resta aprender.

    • Se ao invés de copiar e colar vc estudasse mais, talvez veria as coisas como realmente eram . Pergunte a quem viveu naquela época, e veja quantas pessoas reclamam. Lógicamente, não vá perguntar a bandidos, assassinos e vagabundos, porque para eles com certeza foi um período de trevas. pegue no youtube algumas declarações dos próprios “guerrilheiros” que diziam lutar por uma democracia, e verá da própria boca deles, pelo que lutavam. Ao contrário do que a Globo tenta mostrar, ninguém estava preocupado com romance entre guerrilheiro e a filha do delegado rsrs. Estuda menino.

    • Aprenda a sintetizar seus pensamentos… Virando filme, eu assisto!

    • É mesmo ? banalizar a “ditadura” ? Diga essa tosquice toda ao filho de Charles Rodney Chandler que, aos NOVE anos de idade, viu seu pai ser fuzilado à tiros de metralhadoras pelas mãos dos guerrilheiro que vc tanto defende.
      Diga isso às centenas de pessoas que foram sequestradas em pelo menos 15 aviões entre 1969 e 1972, cujos autores foram nada mais nada menos do que estes imbecis que tu tanto idolatra que realizavam os sequestros para fugir dos oficiais brasileiros que os estavam em seu encalço pela prática reiterada de crimes, dentre eles, sequestros, assaltos (à bancos inclusive), atentados terroristas com bombas e, sobretudo homicídios (aí incluindo justiçamentos que eram realizados tanto contra civis, como contra miiitares ou qualquer um que fosse contra “a revolução” aí incluindo integrantes do próprio membro que ousaram sair).

      15 aviões, rapazinho, apenas no intervalo de 3 anos. calcule quantas pessoas foram vítimas e ficaram aterrorizadas dentro das aeronaves ou seus familiares que aguardavam notícias. Se em cada aeronave haviam uns 60 ou 100 passageiros, estamos falando de algo em torno de mais de 1000 pessoas vítimas nas mãos destes animais que ainda estão no Poder.

      Sabe como ficou o corpo de Mário Kochel Filho após o atentado terrorista que sofreu ? Sabia, que os autores eram a “querida” ex-presidANTA da republica por meio de eu grupelho de guerrilheiros (VPR) que lançaram contra o rapaz um carro-bomba ???

      O garoto tinha só 18 (dezoito) anos quando teve seu corpo dilacerado por estes mesmos criminosos que vc tanto defende !!!!

      Que “ditadura” é esta que expulsou do próprio País um ditador do país vizinho ? Ou não sabia que Perón foi expulso do Brasil ao tentar desembarcar no Rio de Janeiro em 69 ?

      Quem não conhece a história, rapaz, é você. Nós vivemos aquele período. Somos testemunhas vivas do que ocorreu e nenhum de nós sofremos qualquer tipo de represália por parte do governo da época. Pelo contrário, garoto, foram os melhores anos de nossas vidas.

      Pare de falar besteira e fingir se condoer com histórias milaborantes de torturas que jamais ocorreram nesta intensidade alardeada por parte deste mesmos criminosos que hj, lamentavelmente, ainda estão no Poder. Conhece Mário lago ? Pois é, garoto, ele mesmo quem confirmou que boa parte do mito da tortura foi espalhado por ele próprio que orientava à todos os animaizinhos esquerdopatas da época, jovens que tinham a mentalidade já deturpada, à mentir toda vez que saíssem de uma delegacia caso estivessem sendo alvo de investigação.

      A história, garoto, jamais será deturpada outra vez. Não irão manchar o bom nome de toda uma Instituição, seja por eventual excesso praticado por um ou outro oficial da “banda podre” (que tem em várias profissões, aliás), muito menos será manchada pro invencionices de criminosos do referido período que causaram o terror no Brasil nos anos que se seguiram desde 1960 quando iniciou o Araguaia até 1985.

      Sabe o que foi o Araguaia, não é ? Já viu os relatos, fotos e documentos oficiais do que ocorreu naquela época relativo À este assunto em particular ?

      Francamente !!!

  13. Isso.
    Volta com os Militares ao país. Aí retirem a liberdade de expressão o direto de ir e vir controlado e policiais e soldados egocêntricos e corruptos extorquindo a população.
    Enquanto as empresas estatais criadas na época, era inevitável a criação. Pois o mundo pós guerra estava em expansão industrial. O país tinha que fazer isso para acompanhar o desenvolvimento mundial. O que vocês tem que fazer é votar direito e cobrar dos eleitos.

    • Verdade Neves. Hoje vivemos livre para ir e vir com segurança. Naquela terrivel época, o regime militar foi acusado de 430 mortes( incluindo nosso heróis guerrilheiros, que assaltavam bancos, roubavam cargas, quartéis, sequestravam etc ), hoje na nossa querida democracia, temos mais de 60 mil mortes violentas por ano. Ou seja, em 20 anos de regime, 430 mortes, já na democracia: 60 MIL mortes por ano. Pensa mais um pouquinho que você vai ver o quanto te enganaram.

  14. Bom, se um dos diferencias era o estudo e hoje a maioria dos que estão no governo foram alfabetizados ou tiveram parte de sua educação no período militar, como o problema dos governantes é a falta de estudo ou educação?

  15. VENHA O MILITAR VIVI ESTA ÉPOCA ,GOVERNO PARA QUEM QUERIA TRABALHAR VIVER EM FAMILIA,
    VC PODIA VIAJAR COM AMIGOS FAMILA ,

  16. Algumas das barbaridades ocorridas durante o regime militar:
    -Criação da Eletrobrás;
    – Implantação do Programa Nuclear;
    – Criação da Embratel e Telebrás (antes, não havia ‘orelhões’ nas ruas nem se falava por telefone entre os Estados);
    – Construção das Usinas Angra I e Angra II;
    -Desenvolvimento das Industrias Aeronáutica e Naval (em 1971 o Brasil foi o 2º maior construtor de navios do mundo);
    -Construção das maiores hidrelétricas do MUNDO: Tucuruí, Ilha Solteira, Jupiá e Itaipú;
    -Criação do FGTS, PIS, PASEP;
    -Criação da INFRAERO, proporcionando a criação e modernização dos aeroportos brasileiros (Galeão, Guarulhos, Brasília, Confins, Campinas – Viracopos, Salvador, Manaus);
    – Polícia Federal;
    -Criação do Banco Central (DEZ 64);
    – Regulamentação do 13º salário;
    Construção da Ferrovia do Aço (de Belo Horizonte a Volta Redonda);
    -Construção da Ponte Rio-Niterói;
    -Construção da rodovia Rio-Santos (BR 101)
    -Crédito Educativo
    OS DIAS ERAM ASSIM.

  17. Tenho 72 anos não vejo saída do nosso querido País sem o retorno das FORÇAS ARMADAS tem que fechar o Congresso o Senado e criar nova CONSTITUIÇÃO moderna para a Época Atual, votação não pode ser obrigatória, a idade pra votar 25 anos(motivo os jovens não tem responsabilidade pra votar,a grande maioria) responsabilidade Civil e Criminal A PARTIR DE 12 ANOS, são tantas as modificações que o espaço é pouco, é compromisso das Forças Armadas de permanecer por 10 no máximo 15 anos para organizar e entregar o País ao Civil.

  18. A democracia é séria mesmo, leia a matéria dos três vereadores de Piraí em Brasília, que farra com o dinheiro público.

  19. As pessoas confiam demais em instituições.
    Mas não se esqueçam que militares podem ser corruptos. Exemplo é a PM. Não que todos sejam, mas a corrupção esta lá.
    A diferença vai ser a repressão, que tolo é o que acredita que sera apenas contra os marginais. A repressão vem contra todos que atrapalharem os interesses do poder. E o perigo é que esse interesse nem sempre é nacional, muitas vezes pode ser pessoal.
    Regime militar sem um lider estadista é pedir para viver uma vida de cão. E não tem volta.

  20. Vale lembrar que a política é feita de pessoas independente de sua ideologia partidária, ou seja se não tivermos pessoas de boa índole nada adianta se o partido é de direita, esquerda, centro ou até militar. Para que tem crianças o ideal seria ensinar moral e cívica, esta sim falta em nosso país!

  21. Morador do Vila Rica.

    Sou a favor do regime militar , mas com algumas mudanças.

  22. SERVO DO D-US ALTÍSSIMO

    O ÚNICO GOVERNO QUE DARÁ JEITO NO BRASIL É O DO CÉU. “SE O MEU POVO, QUE SE CHAMA PELO MEU NOME, SE HUMILHAR E BUSCAR… ” 2 CRÔNICAS 7:14. ENQUANTO A NAÇÃO FOR IDÓLATRA NA SUA MAIORIA DEUS NÃO PODE AGIR A FAVOR DELA. SE ISSO ACONTECER DARÃO GLÓRIA AOS ÍDOLOS MUDOS, FEITOS POR MÃOS HUMANAS. ESTEJAM CERTO QUE O MELHOR SISTEMA DE GOVERNO É O TEOCRÁTICO. QUANDO O ÍMPIO GOVERNA O POVO GEME.

  23. Fulano Beltrano Ciclano

    Bota a cara quem fala em estudar e não leu livros que do defende um lado? Aí é fácil! Defendo militares então vou ler a biografia do Ernesto Geisel ou do Sylvio Frota. Sou contra e do leio sobre Carlos Lamarca e José Dirceu. Povo fala em estudar numa falsidade. E cadê a cara do Tarcísio? Ele é a dona Lúcia do Parreira-Felipão.

  24. Fale ou apenas fictício! O Tarcísio não tem rosto? Não foram 24 anos e sim 20 anos 11meses e 15 dias popularmente ditos 21 anos. Entre erros e acertos dos cinco generais presidentes, o Geisel foi o melhor, fazendo seu sucessor inclusive.

  25. A César o que é de César

    Presidente Médici, adotou a própria neta para ela ficar recebendo pensão, militar gosta é de mordomia, mesmo nestes tempos de crise é raro o mês que não tem na AMAN um baile regado com o que há de bom e do melhor ,pagos com o dinheiro do contribuinte. ACORDA POVO.

  26. Kd o Alfatah e seus comentários ácidos?
    É divertido…

  27. Cuidado porque pode haver um golpe militar de esquerda apoiado pela china e Russia. Aí esse povo do MBL vai achar o que prcura

  28. Sou contra o PT,mas regime.militar tambem e demais. Gostaria de saber o que esse bando de militares das 3 Forças fazem. Bons salarios e nao fazem nada essa e a resposta. Comendo o dinheiro do povo . Isso tambem e certo?

  29. O Brasil tem que ter uma pitada de militarismo. Não se trata da volta do regime que muitos tem pavor,mas sim de um orgulho da ordem e justiça e esta só quem pode trazer ao nosso povo tão sofrido seria o poder militar,os bandidos tem wue ter medo do exército, pois trabalhador e quem nãovdeve não teme o militarismo. Volte e salve nosso povo,vamos voltar a ter orgulho deste país. Bandido bom é bandido morto. E politico corrupto tem que ser fuzilado.

  30. Vamos por ordem na casa de novo.

  31. Quem defende Ditadura desconhece a história!

  32. E as pensões vitalícias que vão de geração em geração para as viúvas e filhas de militares que não casaram? Isso não seria uma mordomia comparado ao mordomias que nossos deputados têm hoje?

    • Viúva de civil recebe pensão.
      Quanto a das filhas é descontado do salário da ativa e depois de aposentado, continua sendo descontado, nada mais é que uma previdência que o pai paga a filha, procure saber a respeito, não sou militar nem parente de um.

  33. Esse tarciso deve ser maluco se tivesse sentido na pele que eu senti com o meu pai levando porrada pra cacete não pedia esse regime não precisa de militar precisa sim de mudar as famílias.

  34. Depois de Deus, só a intervenção militar salva o Brasil.

  35. O problema da sociedade deste país é que opinão sem nem saber do que estão defendendo! Falta de cultura e preguiça de ler da nisso!

  36. Nunca se corrompeu tanto quanto na ditadura. Nunca tantos nordestinos morreram de fome na ditadura. E quem ousasse denunciar isso, era torturado e morto.
    Para os defensores desse período abominável, tempo de trevas, sugiro o filme “Cidadão Boilesen”… e livros de História, é claro.

  37. Ordem e Progresso

    Não que assumissem o governo, mas que colocassem ordem nesta cambada de ladrões!!!! Fazendo a garantia no momento de transição e prendendo todos os envolvidos na lava-jato. Só é contra, quem está se beneficiando ou já foi beneficiado por este governo. A teta secou!!!!!!!

  38. Isso ai empresário, deve estar com o rabo cheio de dinheiro as custas de exploração de empregados, provavelmente nunca se envolveu em nenhum movimento social para ajudar os mais necessitados, deve ser protestante ou não ter nenhuma religião.
    Desculpe se não for nada disso mas esse é o perfil daqueles que querem ter censura de novo, daqueles que querem tomar tapa na cara nas esquinas, daqueles que querem ver direitos vitalícios para militares e toda família até a terceira geração, daqueles que querem assistir uma minoria governando através da força. ou acha que os militares vão tomar o poder e entregar de novo para o povo? Cuba é uma ditadura militar e ai?
    ler essa besteira toda me deixa ainda mais descrente na humanidade.
    Vem vamos embora

  39. Carlos Magno de Oliveira

    O que vai adiantar colocar militares no poder se a cultura da maioria do povo brasileiro é de levar vantagem em tudo.
    Para melhorar este país é necessário que haja a participação de todos na forma de mudança das atitudes e pensamento da maioria de nosso povo.

  40. O Brasil. Brasil pra sair de onde estar, tem sim que ser tomada pelas forças militar isto com certeza.

  41. Para quem defendeu o golpe de 2016, defender o de 1964 é um pulo.
    Um livro de História do Brasil para cada um desses seres, urgente.

  42. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!! MEU DOMINGO FICOU MAIS ALEGRE COM ESSES PIADISTAS…

  43. Carlos Magno de Oliveira

    O grande problema do Brasil e talvez da América Latina está na subserviência aos interesses de banqueiros e especuladores internacionais que dominaram a nação com a implantação do golpe militar em 1964, de lá para cá observamos também o domínio da mídia nas mãos de empresários manipuladores da opinião pública e consequentemente a formação de uma maioria de políticos defensores dos interesses destes que nos exploram.
    Após o golpe militar foi que surgiram empresários corruptores que vivem sugando verbas de empresas estatais e públicas, neste período grandes obras realizadas pelo regime com empréstimos bilionários feitos pelos agiotas internacionais culminou com a maioria das obras superfaturadas em diversas empresas estatais e públicas.
    Resumindo, hoje estamos colhendo o que se plantou com os militares assumindo a direção do país entregando nossas riquezas e impossibilitando sermos um país desenvolvido industrialmente e com um povo de cultura elevada.
    Falo, e garanto o que digo!

    • TRISTE CONSTATAÇÃO

      Seria interessante você se interar melhor sobre a história do Brasil.

    • Onde leu tantas besteiras? Estude um pouco mais sobre o período amigo, vai parar de reproduzir tantas mentiras. Fica a dica!

    • Ta por fora Carlos Magno. Procure saber se os Presidentes Generais ficaram RICOS e/ou milionários, como os políticos de hoje. Estude mais e LEIA. No Regime Militar, que muitos chamam de Ditadura, se fosse Ditadura, os Governadores e Prefeitos não seriam eleitos, seriam tenente e sargentos nesses cargos. Tínhamos Segurança, de cada DEZ que morriam por tiro, 9 DEVIAM, e hoje é ao contrário, ou seja de cada DEZ 9 não devem nada. Houve erros sim, mas os acertos foram maiores. Tínhamos emprego, hoje em dia, estamos aqui em VR, na míngua, pois o CASSADO FHC doou a CSN Estatal e outras empresas mais. Os Políticos acabaram com o País e estão milionários, inclusive o PAI DOS POBRES DOIS, o famoso 9 dedos.

    • “Quem tiver dúvidas a respeito que busque se informar acerca do “japonesinho” do Geisel, Shigeaki Ueki, ex-presidente da estatal e que vive hoje no Texas com os seus filhos, detentor de uma das maiores fortunas do planeta. Shigeaki carregou tudo que foi possível daquela empresa, à época em que o regime militar (1964-85) mandava ainda e desmandava.”

      Sebastião Curió (Coronel) – Fundou o Município de Curionóplois, ficou biliardário c o ouro de Serra Pelada

      Ibrahim Abi-Ackel : Escândalo do contrabando de pedras preciosas.

      A construção da usina nuclear Angra 1.

      E por aí vai….

      Esses fatos , fora outros q foram devidamente suprimido da mídis, forma só p ilustrar.

  44. ELEITOR CONSCIENTE

    EU AINDA VOU CONTINUAR GRITANDO: “SOCORRO GENERAIS…POR FAVOR ASSUMAM LOGO NOSSO PAÍS ENQUANTO AINDA É TEMPO DE SER CHAMADO BRASIL…”

  45. Com certeza esta é a saida para o Brasil. Os militares ficariam o tempo necessário (acho que 5 anos seria o suficiente) para fazer uma nova constituição; reforma política (os atuais políticos até terceira geração ficariam inelegíveis por 12 anos; acabar com as mordomias políticas com redução de salários; não pode fazer da política emprego ficando por 2 mandatos e depois inelegível por 12 anos; STF não pode ser indicação política; empresas estatais não podem ser administrada por políticos; etc.

  46. Melhor JAIR se acostumando!!! #JMB2018

  47. A democracia por pior e mais imbecil que seja, ainda é democracia.
    Podemos reclamar, falar mal…
    Enfim, temos que mudar a mentalidade da nação, investindo em educação…
    Mas isso não é interessante para os que estão no poder, pois seria mais difícil manipular e enganar…
    Somos provenientes de uma colônia de exploração…
    A colônia se foi ,mas a mentalidade ficou.
    Diferentemente de países que tiveram origem em colônias de povoamento…
    Toda ditadura, seja de esquerda como na Venezuela e Cuba, ou seja de direita é ruim.

  48. agafjgjjkWantuil fortes Silvério

    Se fosse o regime militar ,o congresso já estaria fechado,e com razão . Aonde se viu um eleitor votar num candidato que o partido escolheu? Regime militar neles … Reforma política neles ,Fim das festas dos partidos .

Untitled Document