Deley assume como titular em duas comissões da Câmara dos Deputados

Por Diário do Vale
94 Visualizações
Trabalho: O parlamentar estará nos principais debates da Comissão do Esporte e na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (Foto: Arquivo)

Trabalho: O parlamentar estará nos principais debates da Comissão do Esporte e na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (Foto: Arquivo)

Brasília

O deputado federal Deley de Oliveira (PTB) assumiu vaga em três comissões da Câmara dos Deputados, sendo duas como titular e outra como suplente. O parlamentar estará nos principais debates da Comissão do Esporte e na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, podendo ainda ser convocado para atuar na Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor.
Segundo Deley, suas pretensões nos debates para formação das comissões foram atendidas, principalmente devido às suas ligações históricas com o esporte e a causa das pessoas com deficiência.
– Minha vida pública tem relação mais que estreita com o esporte e também com a luta pela inclusão social das pessoas com deficiência. Desde os tempos de jogador profissional, passando pelo meu período como Secretário de Esportes de Volta Redonda e nos meus mandatos como deputado essas são bandeiras que carrego. A participação nas comissões ajuda a solidificar ainda mais essa luta – apontou Deley.

Olimpíadas 2016

O deputado federal destacou a importância que a Comissão do Esporte ganhará com o fato de o Brasil sediar os Jogos Olímpicos no ano que vem.
– Teremos um tempo curto, mas de muito empenho para garantir que a população tenha realmente um legado para o período pós-jogos. Essa é uma das missões que temos neste momento, que considero primordial por conta do pouco tempo que teremos até o início dos jogos – disse Deley.
O parlamentar lembrou ainda que a comissão pode propor no futuro a realização de projetos que não ficaram prontos a tempo. “Sabemos que algumas coisas não devem ficar prontas a tempo, principalmente no que tange ao tão propagado legado. Só que podemos continuar cobrando a realização destes projetos, pois se era bom antes das Olimpíadas continuará sendo bom depois”, pontuou, lembrando que uma das funções das comissões é fiscalizar as ações do Executivo.
– O Governo Federal terá de atuar na linha e vamos cobrar bastante isso – disse.
Além disso, Deley disse que continuará a bater na tecla de tornar o esporte mais acessível desde o período escolar.
– Essa é uma preocupação que temos. O esporte tem de ser encarado em diversos pontos de vista. A oferta do esporte desde a infância promove a inclusão social, promove a saúde e também permite a formação de atletas. Nesse ponto o Brasil deixou a desejar nos últimos anos, mas podemos nos organizar e pensar no futuro próximo – argumentou.
Em sua primeira reunião na comissão, Deley pediu que seja convocado o Ministro dos Esportes, George Hilton, para informar sobre as estratégias e alternativas do governo federal diante da crise que se abate sobre as principais empreiteiras do país.
– Nós já sabemos que muitas das obras estão sendo tocadas pelas mesmas empreiteiras citadas nos mais recentes escândalos de corrupção. Há motivos de sobra para achar que essas empresas podem deixar os trabalhos. Queremos saber o que está sendo pensado como alternativa se isso ocorrer – disse Deley, que também pediu a ida do presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Arthur Nuzman, à comissão.
– Também quero saber como está a reta final de preparação de nossos atletas e cobrar algumas explicações sobre o legado que ficará para a população – afirmou.

Pessoas com Deficiência

Deley lembrou ainda que dará seguimento ao trabalho em defesa dos direitos das pessoas com deficiência.
– Nós temos uma legislação até razoável, temos é de fazer valer o que está escrito. Como Secretário de Esportes em Volta Redonda, tornamos a Olimpede (Olimpíada da Pessoa com Deficiência) em um evento nacional, chamando atenção da causa. Vamos estreitar os laços com os grupos já organizados da sociedade e dar novo fôlego para essa luta – disse o deputado.
Deley lembrou que participou junto com o senador Romário Faria (PSB) recentemente das homenagens pelo Dia das Doenças Raras e que esta será também uma bandeira levantada na comissão. “Acho que teremos espaço para debater como garantir mais apoio às pessoas e familiares que vivem essa realidade. Vamos cobrar mais investimento na área de pesquisa e atendimento”, disse.

Defesa do Consumidor

O deputado destacou que vai aproveitar as reuniões com a comissão para emplacar um projeto de lei que apresentou em 2013, estabelecendo o tempo máximo de espera para atendimento de clientes nas lojas operadoras de telefonia fixa e celular. “Hoje, cada vez mais, as operadoras de telefonia permitem que o usuário realize tarefas pelo telefone, principalmente o celular, e cobram por isso. Assim, nossa intenção é que as operadoras deem aos usuários um serviço de qualidade, disse.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

4 Comentários

ÊTA POVINHO 5 de março de 2015, 11:17h - 11:17

O que o Deley vai fazer na comissão sobre debates com deficientes? Eu nunca vi uma ação dele nesse sentido. Logo ele que foi reeleito dizendo que era Ficha Limpa. É só olhar no site do TSE a sua situação para ver que não é nada disso.

Quem fala que ele é ficha limpa ou é assessor ou desconhece a ficha dele no TSE.

Rodrigo 5 de março de 2015, 08:44h - 08:44

Deley ficha limpa e trabalhador.

paulo 4 de março de 2015, 23:56h - 23:56

Porque não investiga ou use de sua influencia para combater os ataques dos marimbondo na região?????????

Tim Balada 6 de março de 2015, 07:39h - 07:39

Entrei nessa noticia (que nem li) só para perguntar o que vc perguntou. Muito obrigado por me poupar o trabalho.

E aí deputado, nao vai defender ser eleitores ?

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996