Deley pede verbas para saúde e apoio para conclusão do Hospital Regional

Por Diário do Vale
57 Visualizações

Deley-Saude

Brasília – 

O deputado federal Deley de Oliveira (PTB) participou do encontro da bancada do partido com o Ministro da Saúde, Arthur Chioro, e aproveitou para apresentar demandas de cidades do Sul Fluminense. Entre as principais reivindicações feitas ao ministro, Deley cobrou a liberação de verbas para as secretarias municipais de saúde e apoio para conclusão das obras do Hospital Regional.

– Expus ao ministro as dificuldades que as prefeituras do Estado do Rio estão enfrentando para garantir atendimento de qualidade na área da saúde. As prefeituras estão na ponta do atendimento, nas cidades é que ficam os postos de saúde, as UPA’s e os hospitais. As prefeituras merecem uma atenção especial – disse Deley.

O parlamentar também pediu apoio do Ministério da Saúde para conclusão e início do funcionamento do Hospital Regional do Médio Paraíba.

– Essa é a obra mais importante realizada no plano regional nos últimos anos. Precisamos de equipar o hospital e coloca-lo para funcionar. Essa obra desafoga a rede de saúde dos municípios e evita que pacientes da região tenham de se deslocar para a capital. Ou seja, é bom para todo mundo – ressaltou.

Apesar de destacar o momento de crise econômica e política do país, o deputado destacou que o ministro foi sensível aos pedidos.

– Acho que neste momento algumas áreas devem ter prioridade. Saúde e Educação, por exemplo, não podem ser alvos da tesoura – disse o parlamentar.

Deley disse ainda que no primeiro ano do atual mandato teve direito a fazer R$ 10 milhões em emendas. Deste montante, R$ 5 milhões foram para a área da Saúde Pública.

– Vou acompanhar o andamento das emendas e pedi ao ministro que nos ajude a fazer chegar ao destino. Esses recursos representam investimentos importantes para as prefeituras – ressaltou o deputado.

Salário Mínimo

O deputado federal afirmou ainda que o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na terça-feira, o texto-base de proposta que prorroga para 2019 a atual política de valorização do salário mínimo, que leva em conta a reposição da inflação e prevê aumento real, baseado no crescimento da economia.

– Infelizmente tivemos de travar uma verdadeira batalha nos bastidores do Congresso, mas saímos vencedores. A ideia do Governo Federal era alterar essa política, o que não nos pareceu conveniente para o momento – disse.

O acordo feito entre os líderes partidários garantiu a votação do texto-base, mas não dos destaques para votação em separado, que tratam dos temas em que não há acordo. Segundo Deley, a extensão da política de valorização do salário mínimo para aposentados que recebem mais do que um salário deveria ser analisada ainda nas sessões desta semana. “Nós que defendemos o direito dos aposentados e dos pensionistas estamos otimistas. Há um bom clima para a votação”, disse Deley.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

5 Comentários

André 12 de março de 2015, 18:54h - 18:54

Acabou a “mina de ouro” da rodovia do contorno agora a “mina” é o hospital regional. Impressionante, a comissão deve ser alta e precisa. Não adiante provocar o ministerio publico que eles não fazem nada agora a onda é a Policia Federal. Pra cima deles!!!!

Edival um dos Velinhos do Neto 12 de março de 2015, 11:47h - 11:47

É isso ai Deley não esqueça dos APOSENTADOS estamos te apoiando e confiando não nos desepsione, e não esqueça, vai mexendo os pauzinhos sobre o MINISTÉRIO do REFLORESTAMENTO, a agua tanto bate que ate a pedra fura, esse reflorestamento já esta atrasado a mais de seculo passe a observar o pano de fundo dos filmes, reportagens e fotos, e veras que o desmatamento e absurdo, e não e só no Brasil, não podemos acabar com o desmatamento pois somos dependente da madeira, criar o Ministério do REFLORESTAMENTO é prioridade máxima.

Edival um dos Velinhos do Neto 12 de março de 2015, 11:47h - 11:47

É isso ai Deley não esqueça dos APOSENTADOS estamos te apoiando e confiando não nos desepsione, e não esqueça, vai mexendo os pauzinhos sobre o MINISTÉRIO do REFLORESTAMENTO, a agua tanto bate que ate a pedra fura, esse reflorestamento já esta atrasado a mais de seculo passe a observar o pano de fundo dos filmes, reportagens e fotos, e veras que o desmatamento e absurdo, e não e só no Brasil, não podemos acabar com o desmatamento pois somos dependente da madeira, criar o Ministério do REFLORESTAMENTO é prioridade máxima.

Mandarino 12 de março de 2015, 08:59h - 08:59

Parabéns ao Deley. Tem de cortar em outras áreas. Saúde e educação são prioridades.

ÊTA POVINHO 11 de março de 2015, 23:03h - 23:03

Será que o deputado sabe a situação econômica do Brasil para pedir dinheiro? Ou ele quer aparecer bonzinho para os 95 mil eleitores do prefeito?

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996