Deputado cria Diploma Juíza Patrícia Acioli de Justiça e Cidadania em homenagem à magistrada assassinada - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 15:43 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Deputado cria Diploma Juíza Patrícia Acioli de Justiça e Cidadania em homenagem à magistrada assassinada

Deputado cria Diploma Juíza Patrícia Acioli de Justiça e Cidadania em homenagem à magistrada assassinada

Matéria publicada em 5 de agosto de 2021, 17:06 horas

 


Rio de Janeiro – O deputado Noel de Carvalho (PSDB) protocolou nesta quinta-feira, dia 5, projeto de resolução criando o Diploma Juíza Patrícia Acioli de Justiça e Cidadania para homenagear aqueles tenham prestado relevantes serviços ao cumprimento da justiça, dos direitos e em prol da cidadania, bandeiras defendidas com rigor pela magistrada.
O diploma é uma homenagem à juíza morta por PMs com 21 tiros quando era titular da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O crime bárbaro completa dez anos na próxima quarta-feira e repercutiu o Brasil e no exterior. Patrícia foi assassinada na porta de casa, em Piratininga, Niterói, aos 47 anos. Ela deixou três filhos.
“Este diploma é uma forma de reverenciar a memória da juíza Patrícia Acioli, pela sua ação em prol de uma sociedade mais justa e igualitária em direitos e cidadania. Ela foi brutalmente assassinada por exercer seu trabalho com dignidade e por sua atuação contra a criminalidade, e pela sua dedicação à Justiça. O diploma será dado em reconhecimento a pessoas que se destacarem na defesa da ética, da moralidade, da dignidade, da justiça e dos direitos da cidadania”, disse Noel de Carvalho.
Em sua justificativa para a criação do diploma o deputado também ressaltou a coragem da magistrada no combate ao crime organizado no Estado do Rio de Janeiro e o comprometimento da juíza com o serviço público.
“A memória da juíza Patrícia Acioli, servidora do Estado do Rio de Janeiro, merece ser preservada, reverenciada e sempre lembrada como um exemplo de justiça, coragem e, acima de tudo, comprometimento com o serviço público”, diz o projeto de resolução.

Morte da magistrada completa 10 anos na próxima semana  Foto: Reprodução


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Bela homenagem , parabéns!!! A Juíza foi uma guerreira, essa sim merece todo o respeito.

Untitled Document