sexta-feira, 15 de outubro de 2021 - 21:19 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Ednardo percorre bairros para avaliar necessidades

Ednardo percorre bairros para avaliar necessidades

Matéria publicada em 7 de março de 2017, 20:59 horas

 


 

No local: Ednardo visita bairros de Pinheiral para verificar problemas

No local: Ednardo visita bairros de Pinheiral para verificar problemas

Pinheiral – O prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa (PMDB), percorreu ruas, conversou com moradores e visitou pelo menos 10 bairros na manhã desta terça-feira (07). Acompanhado dos secretários de Obras e Serviços Públicos, Carlos Henrique e de Governo, Ricardo Soares, ele viu ruas com falta de infraestrutura e pavimentação, entulhos e lixos acumulados e obras inacabadas. Os locais foram checados “in loco” para que providências sejam tomadas.

A série de visitas iniciou no bairro Parque Maíra, incluindo a localidade conhecida como Loteamento, seguindo pelo bairro Três Poços, com parada em uma área onde moradores das proximidades da pista da Avenida Nilton Penna Botelho estão sendo prejudicados com a lama vinda de um condomínio em construção.

O prefeito viu o problema junto com moradores e conversou com o encarregado da obra, que iniciava os serviços de retirada da lama. A vistoria seguiu pelas ruas dos bairros Palmeiras, Cruzeiro, Ipê, Colina, Chalé, Paraíso, Oriente e Centro.

— Estamos identificando os principais problemas de cada bairro para as intervenções necessárias e a realização de obras emergenciais o quanto antes. Infelizmente são muitos problemas diante do curto recurso, mas com organização e vontade de fazer a gente vai atender as prioridades — disse o prefeito Ednardo Barbosa.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Gostaria de saber se o prefeito visitou o nosso bairro, Vale dos Pinheiros, também conhecido como CAFUNDÓ. Se o fêz, deve ter ficado apavorado com as condições de nossas ruas de chão, cheias de crateras. Se não o fêz, pedimos ao digno Chefe do Executivo que o faça urgentemente!! Há vários anos estamos esmolando à Prefeitura para a solução do problema. Porém, até agora, nada.

  2. agafjgjjkWantuil fortes Silvério

    O poder público de Pinheiral não existe e si existe é de fachada , conheço uma rua de movimento em Pinheiral ,que não tem asfalto e nem iluminação pública e tem várias casa de médio porte. Rua A Cafundó vergonha , Vergonha É por isso que chamo Pinheiral de bairro .No bairro retiro não há rua sem alfasto . DIGO sinceramente retiro é bairro de maior padrão e Pinheiral é um bairro de menor padrão. Qualquer hora dessa vou chamar o Zé do bairro. Esses políticos do bairro Pinheiral, teria que ter Vergonha de pedir voto à população de Pinheiral .

  3. O povo porco em!

  4. Eu tenho necessidade de grana, quero ver o que ele pode fazer por mim…

  5. E principalmente um secretário de serviços públicos que conheça realmente a cidade e seus bairros.

  6. É importante a realização de campanhas educativas nas escolas e nos bairros, uma programação itinerante que passe nas ruas nos dias e horários pré estabelecidos pela prefeitura, colocação de placas e fiscais diagnosticando os pontos críticos e efetivamente multando os moradores. Quanto aos bens inservíveis é necessário ECOPONTOS onde poderá ser destinados resíduos de poda/corte de árvores, sofás, entulhos, pneus,eletroeletrônicos, recicláveis.Seria também viável a inclusão de serviços de caçamba pública e um Programa de Coleta Seletiva e Reciclagem para diminuição dos resíduos e formação de cooperativas de catadores de reciclagem e uma usina municipal de triagem. Tudo isto abrindo uma concessão a uma empresa privada.Sem custo final para a prefeitura.

  7. Sugiro um serviço de retirada de móveis descartados e entulhos pela prefeitura.

  8. A situação do lixo e entulhos na rua é uma questão estritamente cultural, não tem e não terá Prefeito que dará jeito nisso; a prefeitura acaba de recolher os entulhos das ruas, meia hora depois as pessoas colocam tudo de novo, jogam sofá, geladeira, vaso sanitário, resto de obras, enfim jogam de tudo e depois culpam o poder público. A proliferação do mosquito que transmite várias doenças também é da mesma maneira, existem várias campanhas educativas e ações preventivas, mas infelizmente 90% dos focos ainda continua dentro dos quintais das próprias pessoas, é cada um olhando pro seu próprio umbigo. Só nos resta ainda acreditar na educação das futuras gerações. Sou favorável a aplicação de pesadas multas, pois a maioria só cai na real quando toca no bolso

Untitled Document