sexta-feira, 3 de dezembro de 2021 - 04:02 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Edson Quinto propõe coletoras seletivas de lixo nos prédios da prefeitura

Edson Quinto propõe coletoras seletivas de lixo nos prédios da prefeitura

Matéria publicada em 22 de maio de 2017, 20:50 horas

 


Quinto: ‘Com as coletoras, fica mais ágil o trabalho de recolhimento de resíduos recicláveis’

Quinto: ‘Com as coletoras, fica mais ágil o trabalho de recolhimento de resíduos recicláveis’

Volta Redonda – O vereador Edson Quinto (PR) apresentou um projeto de lei que estabelece que a prefeitura instalará coletoras seletivas de lixo em todas as repartições públicas da cidade, e também nas escolas, postos de saúde, hospitais, terminais de passageiros e praças. As coletoras serão divididas de acordo com o tipo de resíduo: plásticos, vidros, papéis e papelões e orgânicos. Quando as coletoras estiverem em estabelecimentos de saúde também serão disponibilizados coletores de resíduos ambulatoriais e radioativos.

De acordo com Quinto, seu projeto está de acordo com as exigências da  Política Nacional de Resíduos Sólidos.

“A implantação da coleta seletiva é obrigação dos municípios e as metas referentes á coleta seletiva fazem parte do conteúdo mínimo que deve constar nos planos de gestão integrada de resíduos sólidos dos municípios”, afirma o vereador na justificativa de seu projeto.

— Com as coletoras, fica mais ágil o trabalho de recolhimento de resíduos recicláveis. Além de permitir ganhos ambientais, a medida ajuda a gerar renda para os catadores organizados em cooperativas — afirmou Quinto.

Em novembro do ano passado, aatadores de material reciclável que estiveram reunidos em Belo Horizonte durante o 7º Expocatadores destacaram a importância da organização de cooperativas e a necessidade de conscientização de gestores municipais. Eles destacaram a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que estimula o contrato de cooperativas pelos municípios para a coleta e triagem de material reciclável.

Considerada um avanço na gestão dos resíduos, a lei institui a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e estabelece obrigações de fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, consumidores e titulares dos serviços públicos de limpeza urbana.

A lei obriga, por exemplo, que empresas tenham um plano de gerenciamento de resíduos sólidos. É também pré-requisito que estados e municípios tenham um plano de resíduos sólidos para obterem recursos, incentivos e financiamentos do governo federal. Mas a implementação plena da lei ainda enfrenta dificuldades. Os catadores, organizados em cooperativas, ainda não são contratados na maioria dos municípios brasileiros.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

14 comentários

  1. isso não deveria ser lei e sim conscientização ambiental por parte de todos c não fazem isso nem na prefeitura imagina no resto .

  2. A coleta seletiva passava as quartas feiras e aos sábados, no bairro Casa de Pedra. Mas, tem duas semanas em seguidas que parou de passar. Pelo menos uma vez na semana ou de 15 em 15 dias. Mas passar né. O que falta na prefeitura é profissional capacitado que faça acontecer organizadamente todos os setores.

  3. Há 20 anos atrás a prefeitura já pedia para comentar nas escolas a respeito da coleta de lixo seletiva. Mas, nunca deu condições a população para isso. Até que enfim, irão começar pela prefeitura. Em cada bairro poderia de ter um local com os latões diferenciados para depositarmos os lixos seletivos: Papel, orgânico, vidro, pilha, plástico, lata. Estamos atrasados quanto a isso.

    • No meu bairro muitos moradores querem uma lixeira assim, mas nenhum quer frente ou perto de sua casa. A senhora aceita?

  4. Talvez nós prédios públicos funciona pq na cidade, apesar da população separar o lixo, não há recolhimento seletivo.

  5. Parabéns Edson Quinto, esse projeto tem um grande alcance ambiental e social.

  6. Temos visto muitas coisas erradas em nosso país, por isso estamos com esse impeto de só reclamar sem saber direito do que estamos reclamando, pois bem, é de competência do vereador criar leis, agora vamos reclamar de quem está trabalhando.

  7. Acompanho as sessões na câmara e o Vereador Edson Quinto está sempre atento aos anseios da população. Parabéns!!!

  8. Parabéns vereador, esse projeto é de grande alcance social. Precisamos cuidar do meio ambiente!

  9. Meu Deus do céu, será que não existe um vereador, que apresente um projeto decente.
    ESSE APRESENTADO SERIA EXCELENTE, SE FOSSE DOS MEUS ALUNOS DO 5º ANO,
    PELO AMOR DE DEUS SENHORES, VAMOS TRAABALHAR!!!!!

    Dicas para projeto: GERAÇÃO DE EMPREGO, CARTEIS DOS COMBISTIVEIS, CARTEIS EMPRESAS DE ÔNIBUS, AUMENTO DA SEGURANÇA EMVR…

  10. Mais um vereador que não sabe nada da função pública que exerce.

  11. Só rindo desses vereadores. Meu Deus1 Tanta coisa mais importante a fazer na CMVR para a sociedade, como por exemplo, FISCALIZAR O PREFEITO e do por que as ruas estão emburacadas, além de colocar o site da Casa do Povo para funcionar mostrando transparência, etc

Untitled Document