>
sexta-feira, 27 de maio de 2022 - 20:41 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Em audiência com Pezão, Jordão pede mais segurança para Angra dos Reis

Em audiência com Pezão, Jordão pede mais segurança para Angra dos Reis

Matéria publicada em 7 de agosto de 2017, 19:29 horas

 


Prefeito solicitou reforço no efetivo da PM e ações mais frequentes no município

Ajuda: Jordão quer reforço de segurança para Angra dos Reis

Ajuda: Jordão quer reforço de segurança para Angra dos Reis

Angra dos Reis – O prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão (PMDB), e o secretário de Governo e Relações Institucionais, Marcus Venissius Barbosa, tiveram na manhã desta segunda-feira (07), uma audiência no Palácio Guanabara, com o governador do Estado, Luiz Fernando Pezão (PMDB), e com o Coronel Wolney Dias Ferreira, Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Atendendo a um convite do prefeito, o presidente da Câmara, o vereador José Augusto, também participou do encontro.

Fernando Jordão solicitou ao governador reforço no efetivo da PM e ações mais frenquentes e efetivas no policiamento ao município. Governador Pezão disse que vai tomar providências sobre o pedido de Angra dos Reis, e durante a audiência, Luiz Fernando Pezão convocou para a reunião o Comandante-Geral da PM, que ouviu atentamente os apelos do prefeito, quanto à falta de segurança mais efetiva e eficiência na cidade.

Essa audiência com o governador para tratar do assunto segurança pública em Angra já estava agendada desde a semana passada, e o caso do ato de violência praticado contra uma família de turistas estrangeiros neste domingo (06), veio reforçar a pauta de reivindicações junto ao Governo do Estado, em relação à insegurança pública que os cidadãos e o município vêm vivendo.

O prefeito disse que além do reforço no efetivo da PM na cidade, vai a Brasília, na esfera do Governo Federal, também pedir ajuda para a segurança de Angra, e pedir a ajuda de tropas das Forças Armadas e Nacionais.

— Disse ao governador Pezão e ao Comandante-Geral da PM do Estado, Cel. Dias, que Angra precisa urgentemente de uma segurança pública mais efetiva e com ações continuadas no policiamento militar no município. À nossa população está sofrendo na pele à intranquilidade de ir às ruas, o medo de ser assaltada e levar um tiro. O governador vai atender os nossos apelos e já pediu providências para o Cel. Dias. Mas vamos também pedir ajuda ao Governo Federal  disse Fernando Jordão.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. O viciado em drogas é co-responsável por essa violência urbana. O cidadão viciado precisa tomar vergonha e viver a vida de cara limpa “…renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente…” Tito 2:12.

  2. Peão não consegue acabar com os bandidos do Rio de Janeiro as Cidade do interior piorou

    • الفتح - الوغد

      Muitíssimo mais fácil controlar a violência em Angra que na capital, por óbvio… Uma só favela do Rio tem mais habitantes que em todo o território municipal de Angra dos Reis, contando inclusive zona rural e distritos…

  3. O dinheiro que o trafico tem pra investir em armas e drogas e maior que o pib da cidade…. O trafico tomou conta do Brazil todo. Angra dos reis ja virou Terra de bandido…. Volta redonda tmbm virou Terra de bandidos exemplo morro da conquista que tem varios fuzil

  4. Nao e falta de efetivo. E falta de vergonha.

  5. Esses políticos do RJaneiro são uma piada de muito mau gosto, como é que alguém pede socorro para o Pezão…INACREDITAVEL, absurdamente INACREDITAVEL…….pobres eleitores submissos a clãs poderosos porem muito, mas muito despreparados

    • الفتح - الوغد

      Até se prove o contrário e até o presente momento, Pezão é o governador do RJ e, como tal, responsável pela segurança em todo o estado. Se não pedir para ele, vai pedir para quem? O bispo?…

    • Exato prezado anônimo, exato ao Bispo, ao Canarinho da Terra, ao Boto Cor de Rosa, até a você mesmo, seri amais efetivo do que pedir alguma coisa para o Pezão, não tem condições de nada….exceto de alugar jato para deslocamento….pobre Brasil

Untitled Document
close