quinta-feira, 13 de maio de 2021 - 19:53 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Ex-prefeito de Volta Redonda descarta intervenção de Dalboni em licitações e OS’s

Ex-prefeito de Volta Redonda descarta intervenção de Dalboni em licitações e OS’s

Matéria publicada em 30 de abril de 2021, 18:22 horas

 


Volta Redonda – Em declaração exclusiva para o DIÁRIO DO VALE,  o ex-prefeito Samuca Silva descartou a possibilidade de Julio Dalboni, um dos investigados na Operação Apanthropía, ter influenciado em aquisições ou contratações em Volta Redonda. Dalboni foi Chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Saúde em Volta Redonda entre julho de 2018 e novembro de 2020.

“Enquanto trabalhou na prefeitura de Volta Redonda, o senhor Dalboni executava a função de chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Saúde. Nessa condição, ele não tinha poder para efetuar compras, e nunca participou de qualquer licitação, que durante o nosso mandato eram centralizadas na Central de Compras. Quanto às Organizações Sociais, quando ele assumiu o cargo, elas já haviam sido contratadas em processo que foi acompanhado pelo Ministério Público. Lamento novamente que a veiculação de notícias acontecidas em outro município sejam usadas como perseguição política”, disse Samuca Silva.

Júlio Dalboni é investigado em processo que apura supostas irregularidades na compra de Equipamentos de proteção Individual (EPI) pela Prefeitura de Itatiaia. De acordo com o MPRJ,  Dalboni, ocupante de cargo comissionado na Prefeitura de Itatiaia, auxiliou o grupo criminoso a conseguir seus objetivos junto à administração municipal.

“Julio Dalboni, apesar de ocupar cargos distintos no município de Itatiaia ao longo das investigações, sempre exerceu suas funções especificamente na Secretaria de Saúde, onde curiosamente jamais esteve lotado formalmente, tendo sido o principal articulador do fraudulento contrato para fornecimento de EPIs, celebrado com a empresa Latex, gerenciada pelos denunciados Marcus Vinicius, Marcelo, Guilherme e Rafael”, afirma o MPRJ na petição inicial do processo resultante da Operação Apanthropía.

Dalboni também é mencionado na inicial por ter ajudado em implantação de OS em Itatiaia.

Após o contrato de EPIs que custou mais de R$ 3.000.000,00, esta horda tentou transferir a administração do Hospital Municipal de Itatiaia para uma Organização Social(P.A. n.º 2.117/2021), o que custaria aos cofres públicos aproximadamenteR$ 18.000.000,00 pelo período de 06 (seis) meses de contrato, não fosse a decisão exarada noprocesso n.º 000047130.2021.8.19.0081.Neste episódio específico, mais uma vez os protagonistas que “representavam” o MUNICÍPIO DE ITATIAIA eram JULIO DALBONI e MARCUS VINICIUS,este último ainda Diretor na Secretaria de Saúde e que representa simultaneamente as empresas que mantém com MARCELO, GUILHERME e RAFAEL, tendo ambos sido flagrados juntos em vigilância realizada por determinação da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Resende, organizando o procedimento de contratação da OS, posteriormente suspenso por ordem judicial”, afirma o MPRJ.

O fato de Dalboni ter trabalhado em Volta Redonda é mencionado pelo MPRJ, sem que haja, no entanto, menção formal a irregularidades:  “vale ressaltar que, segundo os depoimentos colhidos pelo MPRJ no curso desta investigação, JULIO DALBONI assumiu cargos públicos em Itatiaia justamente para assegurar a implementação de parte das contratações acima questionadas, em especial a compra de EPIs e a instalação de uma Organização Social, prática que ele já havia reproduzido no Município de Volta Redonda, onde ocupou cargos relacionados à Secretaria de Saúde”, afirma a petição. Nesse aspecto, Samuca respondeu que, em Volta Redonda, Dalboni não participava de compras nem da contratação de OS’s.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar

    Volta Samuca

  2. Avatar
    EDMUR FERREIRA DA SILVA

    O sujeito fez tudo de errado em Itatiaia mas aqui em Volta Redonda, era extremamente honesto . Estamos falando de pessoas diferentes?

  3. Avatar

    É sempre assim, calotes na educação sempre…tanto dos prefeitos anteriores e dos que estao saindo, muito triste.

  4. Avatar

    Samuca…tá chegando a hora

  5. Avatar

    Samuca pior prefeito que volta redonda ja teve ….so destruiu aquilo que era so para ele administrar ……

  6. Avatar

    Sr samuca,avisa o prefeito neto que os professores do aracy no açude que tiveram seus contratos encerrados em agosto,setembro,outubro e novembro estão até hj sem a recisão que vc não pagou,estamos precisando!!!!

  7. Avatar
    Antonio Carlos Peludo

    Me engana que eu gosto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document