segunda-feira, 22 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / EXCLUSIVO: Avante propõe pré-candidato a prefeito na eleição complementar de Paraty

EXCLUSIVO: Avante propõe pré-candidato a prefeito na eleição complementar de Paraty

Matéria publicada em 11 de junho de 2019, 21:29 horas

 


Lucas Aquino está sendo avaliado pela legenda para disputar cargo interinamente ocupado pelo presidente da Câmara Municipal

Sul Fluminense – A eleição complementar que vai escolher um prefeito para completar o mandato em Paraty até dezembro do ano que vem já tem um pré-candidato: é Lucas Aquino, cotado para disputar o pleito pelo Avante. A informação foi dada pelo presidente estadual do partido, Vinícius Cordeiro, que participa nesta quarta (12) de uma reunião com líderes municipais da legenda em Volta Redonda. A indicação de Lucas ainda depende de ser confirmada em convenção, que decidirá também se o partido formará chapa “puro-sangue” ou se coligará com outro.

A data da convenção depende do cronograma a ser definido pela Justiça Eleitoral, que por enquanto definiu a data da eleição complementar: 4 de agosto. Essa eleição ocorrerá porque os mandatos de José Carlos Gama Miranda, o Casé, e de seu vice, Luciano Vidal.

A intenção do Avante é começar a estudar nomes também para a disputa de 2020. O partido tem interesse  em lançar o maior número possível de candidatos próprios, mas Resende, Barra Mansa e Volta Redonda são prioridade nesse aspecto. Isso ocorre porque, segundo Vinicius, a possibilidade é que esses três municípios contem com propaganda eleitoral pela TV em 2020, e isso ajudaria a divulgar o  partido, que é sucessor do antigo PTdo B.

A reunião desta quarta-feira é sequência de outra, realizada há duas semanas, em Resende, município que também já tem um nome ventilado para disputar a eleição em 2020: o do Cabo Laureano.

Em Pinheiral, o partido vai avaliar a possibilidade de receber uma vereadora com mandato. Em Barra Mansa, a decisão sobre disputar ou não a eleição do ano que vem dependerá do relacionamento das lideranças locais do Avante com o atual prefeito, Rodrigo Drable.

Em Volta Redonda, a possibilidade de haver candidatura própria vai depender do cenário à época, e os presidentes de diretórios municipais e aqueles que disputaram a eleição de 2018 têm preferência.

Por Paulo Moreira


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document