quarta-feira, 23 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Fernando Jordão assina termo para obras na Praia do Anil e no Rio Mambucaba

Fernando Jordão assina termo para obras na Praia do Anil e no Rio Mambucaba

Matéria publicada em 22 de setembro de 2019, 16:23 horas

 


 

Fernando Jordão, representantes da Eletronuclear e do Instituto Municipal do Ambiente assinam termo de compromisso para obras (Foto – Divulgação)

Angra dos Reis – A prefeitura, por meio Instituto Municipal do Ambiente, e a Eletronuclear assinaram nesta sexta-feira (20) um Termo de Compromisso para a execução de duas importantes obras no município: a despoluição da Praia do Anil e a captação de água do Rio Mambucaba, que visa acabar com a falta de água no bairro. As realizações dessas duas ações são contrapartidas para o município liberar o alvará de construção de um depósito de armazenamento complementar a seco.

– A Eletronuclear, por meio de condicionantes, tem uma dívida com o município de mais de R$ 200 milhões e o recurso para essas obras virão daí. O prefeito tem priorizado a questão do saneamento básico e a despoluição da Praia do Anil é um sonho de todo angrense. A Praia do Anil é nosso cartão postal e queremos devolver a todos os munícipes e a todos os turistas que visitam a cidade – destacou presidente do Instituto Municipal do Ambiente.

De acordo com o Termo de Compromisso, para a execução das duas obras serão gastos aproximadamente R$ 46 milhões, sendo R$ 36 milhões para a despoluição da praia e outros R$ 10 milhões para a captação da água.

– A Eletronuclear tem, a partir desta data, seis meses para viabilizar a execução dos projetos, que serão executados pelo Saae, o qual já tem isso pronto e orçado. Será feito agora o trâmite burocrático, entre o Saae e a Eletronuclear – explicou o presidente do Instituto Municipal do Ambiente.

Segundo o prefeito, Fernando Jordão o município não queria atrapalhar o funcionamento de Angra 1 e por isso decidiu assinar o termo de compromisso, o que garante a liberação para a construção do novo depósito.

– Liberamos a licença porque senão íamos ter problema com Angra 1, que poderia parar e isso não podíamos permitir. Esta unidade gera energia e paga imposto ao município, fizemos isso confiando na Eletronuclear e ela assumindo um compromisso, por escrito, com a cidade de liberar mais esse recurso para a Praia do Anil e para a água de Mambucaba – destacou o prefeito.

A construção do novo depósito deve gerar cerca de 200 vagas temporárias de emprego e o prefeito solicitou que esses profissionais sejam contratados por meio do Banco de Talentos, projeto criado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

– As empresas já estão chegando para a montagem do canteiro. Com a licença em mãos o processo agora vai ser mais rápido. Estamos prevendo mais de 200 pessoas na obra e daremos prioridade para os moradores de Angra – garantiu o técnico de construção civil, que representou a Eletronuclear na assinatura do termo de compromisso.

 

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document