sexta-feira, 23 de julho de 2021 - 21:23 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Forum da Juventude é realizado no João XXIII, em Volta Redonda

Forum da Juventude é realizado no João XXIII, em Volta Redonda

Matéria publicada em 12 de maio de 2017, 19:09 horas

 


Volta Redonda – Cerca de 200 adolescentes com idades que variam entre 13 e 17 anos, provenientes dos Cras (Centro de Referência da Assistência Social) cujas famílias são atendidas pelos programas federais, compareceram ao auditório do Colégio João XXIII, no Retiro, para o primeiro Fórum da Juventude. O evento aconteceu ontem e foi uma parceria da secretaria de Ação Comunitária de Volta Redonda, coordenadoria da Juventude e direção do Colégio João XXIII. Na pauta, assuntos de relevância para a construção de políticas públicas para os jovens.

O principal tema foi “Empreendedorismo Jovem”. Adolescentes de sete Cras: Rústico, Candelária, Santa Cruz, Nova Primavera, Padre Josimo, Dom Bosco e Siderlândia, além do CAM Siderópolisa acompanharem as palestras.

Representando o prefeito Samuca Silva, o vice-prefeito e secretário municipal de Ação Comunitária, Maycon Abrantes, abriu o fórum, falando sobre a importância de os jovens conhecerem várias vertentes do empreendedorismo, incluindo a economia criativa.

– Percebemos que esta oportunidade que estamos oferecendo aos jovens vai também nos ajudar a fazer um trabalho eficaz e com a cara da juventude. Não posso deixar de dizer que todos, por unanimidade, disseram que o melhor caminho para o sucesso é a emancipação, a decisão política, é a dedicação. Eles precisam estudar. É o conhecimento que os levará a todas as direções que quiserem – afirmou Juliano de Sá, coordenador da Juventude.

André Cruz, membro da Associação Brasileira de Cinema de Animação e produtor audiovisual proferiu uma palestra sobre economia criativa e empreendedorismo jovem, mostrando a força que os jovens têm.

– Eles estão usando muito a tecnologia, mas muitos não sabem o que precisam fazer para entrar neste mercado, por isso, a gente está ajudando a fomentar esta questão da economia criativa, na verdade desmistificando o que é, para que eles entendam como entrar. Daí a importância deste fórum, principalmente porque tanto o Samuca, como o Maycon e as secretarias municipais de Cultura e de Educação, estão incentivando este movimento de crescimento pessoal dos jovens, para que eles abram a cabeça e percebam que há uma luz em outros locais que eles não tinham enxergado ainda – acrescentou.

O diretor do Centro de Qualificação Profissional da Fevre, Ricardo Said, ressaltou a importância da realização do fórum. “Como os cursos do CQP, em geral, atendem a área de serviços na construção civil, é um desafio para nós despertar ao final do curso aquele lado empreendedor de cada aluno, uma vez que emprego de carteira assinada está escasso, então procuramos fomentar o lado microempreendedor individual, que já é inclusive uma inciativa estimulada pela prefeitura também”, afirmou.

Sem deixar de lado uma paixão que disse ter nascido com ela, a estudante Mariane Nascimento, de 14 anos, oriunda do Cras Vila Brasília, onde participa do projeto Garoto Cidadão, disse que a tecnologia faz parte de sua vida e nem saberia o que é viver sem a conectividade.

“Isso sem abrir mão da minha maior paixão, que é ser médica. Então eu pretendo unir as duas coisas, medicina e tecnologia, para melhorar a vida de muitas pessoas. Este encontro está sendo muito importante para nós, eu quero aprender o que é o empreendedorismo e saber sobre as oportunidades de entrar numa universidade pública”, comentou a estudante.

Maycon afirmou que discutir políticas públicas para a juventude é necessário, pois mexe com o futuro da nossa cidade. “Esses jovens que estão iniciando no mercado de trabalho estão buscando seu espaço na vida, as suas oportunidades e se encontrando, então esse fórum da Juventude é um evento que tem que ocorrer de maneira mais permanente e constante no município, é isso que a gente que fazer, que o Conselho da Juventude seja realmente a casa da discussão das políticas públicas voltadas para os nossos jovens e que ofereça oportunidades e expectativas melhores de vida e de carreira.”, concluiu o vice-prefeito.

O principal tema do fórum que reuniu adolescentes de sete Cras foi ‘Empreendedorismo Jovem’ (foto: Geraldo Gonçalves - PMVR)

O principal tema do fórum que reuniu adolescentes de sete Cras foi ‘Empreendedorismo Jovem’ (foto: Geraldo Gonçalves – PMVR)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Eu jah vi esse projeto em algum lugar
    Eu fico sem palavras sabia
    EU FICO SEM PALAVRAS

  2. Na próxima convidem os lideres de juventude para participar, e não será um fiasco.

  3. Estava tao vazio que nem o fotografo conseguiu dar jeito.

Untitled Document