terça-feira, 19 de outubro de 2021 - 09:22 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Governo Federal autoriza recursos para academia da saúde no Surubi

Governo Federal autoriza recursos para academia da saúde no Surubi

Matéria publicada em 21 de julho de 2015, 08:30 horas

 


Caloca: ‘As pessoas que moram na região do Surubi vão ter mais uma alternativa para assegurar a qualidade de vida’

Caloca: ‘As pessoas que moram na região do Surubi vão ter mais uma alternativa para assegurar a qualidade de vida’

 

Resende –  Autor da indicação parlamentar número 135/2014, através da qual reivindicou a instalação do Programa Academia da Saúde na região do Surubi, o vereador Célio Caloca (PMDB) foi informado recentemente pela prefeitura de que o Governo Federal acaba de autorizar recursos da ordem de R$ 100 mil destinados à construção da unidade.

A verba é proveniente de uma emenda parlamentar inserida no orçamento da União pelo deputado federal Leonardo Picciani, líder da bancada do PMDB na Câmara dos Deputados. Segundo Caloca, as obras provavelmente vão começar no início do próximo ano.

Criado há quatro anos, através de uma portaria do Ministério da Saúde, a Academia da Saúde é um programa que oferece atividades variadas aos moradores de uma determinada região, entre elas, exercícios físicos, educação em saúde, alimentação saudável, eventos artísticos e culturais, principalmente música, teatro, pintura e artesanato, além um espaço coberto voltado à realização de palestras e outras ações de convivência. A primeira Academia da Saúde em Resende foi inaugurada em maio do ano passado, no bairro Jardim Primavera.

O vereador Célio Caloca explica que o início das obras da unidade na região do Surubi depende agora apenas da definição do local aonde a construção vai ser implantada, mas, de acordo com o parlamentar, é provável que a Academia da Saúde se localize na área onde estão instalados o módulo do Programa Saúde da Família e o ginásio poliesportivo do Surubi Velho, às margens da Avenida Rodolfo Annechino.

De acordo com Célio Caloca, técnicos do Ministério da Saúde deverão vir a Resende em breve para vistoriar essa área, cuja sugestão partiu da própria prefeitura. A orientação do Governo Federal é de que os pólos da Academia da Saúde sejam implantados próximos às unidades de saúde pública, visando proporcionar principalmente a realização das atividades de educação em saúde.

– A liberação dos recursos federais para a construção da Academia da Saúde na região do Surubi é mais um resultado positivo do nosso trabalho na Câmara Municipal, do trabalho da Prefeitura de Resende e da atuação do deputado Leonardo Picciani em Brasília, no sentido de garantir condições de vida saudável aos moradores desta área da nossa cidade. Com a Academia da Saúde, as pessoas que moram na região do Surubi vão ter mais uma alternativa para assegurar a qualidade de vida, por meio de atividades físicas, culturais, artísticas e de convivência social – disse Caloca.

Quando lançou o Programa Academia da Saúde, em abril de 2011, o Ministério da Saúde estabeleceu como meta a construção de 4.800 pólos até o final de 2015. Atualmente, quase três mil unidades já se encontram em funcionamento no país, entre elas a academia do Jardim Primavera (Resende), que atende os moradores desta comunidade e dos bairros Vila Isabel, Jardim Aliança, Loteamento Morada do Contorno, Loteamento Morada da Montanha e Jardim Oeste.

 

Outras indicações

 

Recentemente, o plenário da Câmara Municipal de Resende aprovou outras duas indicações de autoria do vereador Célio Caloca (PMDB), com o objetivo de garantir a inclusão social dos moradores de duas comunidades distantes da região central do Município.

As duas proposições reivindicam a instalação de unidades do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), uma delas na Baixada da Olaria e a outra na região de Visconde de Mauá. Os dois pedidos já estão sendo analisados pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos. Atualmente, em Resende, cinco unidades do CRAS se encontram em funcionamento, nos bairros Toyota, Itapuca, Lavapés, Paraíso e Jardim Esperança.

O programa oferece às famílias previamente cadastradas, em cada comunidade, todo o acompanhamento na área de assistência social, incluindo os benefícios previstos pelos programas sociais do Governo Federal, as atividades voltadas à geração de renda e o serviço “Balcão Itinerante”, cujo atendimento acontece de forma itinerante, nos bairros e distritos do Município, entre outras ações.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document