segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Governo municipal manterá Escola de Hipismo de Volta Redonda

Governo municipal manterá Escola de Hipismo de Volta Redonda

Matéria publicada em 12 de janeiro de 2017, 20:09 horas

 


De perto: Samuca e o secretário de Meio Ambiente viram os animais da prefeitura e conheceram as condições sanitárias das baias (Foto: Divulgação PMVR/Gabriel Borges)

De perto: Samuca e o secretário de Meio Ambiente viram os animais da prefeitura e conheceram as condições sanitárias das baias (Foto: Divulgação PMVR/Gabriel Borges)

Volta Redonda – Em visita à Escola Municipal de Hipismo de Volta Redonda, que funciona na Ilha São João, nesta quinta-feira (12), o prefeito Samuca Silva (PV) afirmou que vai manter e ampliará o projeto de hipismo. A visita contou com a presença da secretária municipal de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, o secretario municipal de Meio Ambiente, Alfredo Peixoto e a presidente da Fundação Beatriz Gama, Cláudia Dornellas – que é a responsável pelo projeto de hipismo na cidade.

O prefeito aproveitou para avaliar as instalações da escola e a condição dos animais.

– Vamos manter todos os projetos sociais. Através da secretária de Meio Ambiente, já conseguimos uma emenda parlamentar para reativar o projeto de equoterapia. Além da necessidade de se fazer parcerias com o Governo Federal e a iniciativa privada – afirmou Samuca.

A escola de hipismo atende 40 alunos da rede pública. Segundo Cláudia Dornellas, a visita foi feita para levantar a real situação do curso de hipismo.

– Vamos evoluir no trabalho social na rede pública, melhorando também no trato dos cavalos e na qualificação técnica para quem trabalha com esses animais. Vamos melhorar, revitalizar e evoluir, atendendo melhor as crianças e adolescentes da rede pública que utilizam a escola de hipismo – disse Cláudia.

O secretário municipal de Meio Ambiente frisou a importância da visita com relação à saúde dos animais da escola e as condições sanitárias das baias dos cavalos que ficam na Ilha São João.

– É muito importante avaliar a saúde de cada cavalo, idade e condições. Esses cavalos são patrimônio da prefeitura e esse atendimento, e cuidado, está ligado a potencialidade do projeto – destacou Peixoto.

Samuca visita Saae

Após a visita na Escola Municipal de Hipismo, Samuca visitou a sede do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) e se encontrou com diretor executivo da autarquia, Leonardo Vidal. O prefeito elogiou a estrutura da autarquia e disse que Volta Redonda tem o preço do serviço de água mais barato do estado do Rio de Janeiro. O valor mínimo cobrado é de apenas R$ 18, enquanto em outros municípios o mínimo é de R$ 43.

– Além de ser excelente qualidade, temos a água mais barata do Estado do Rio de Janeiro. Isso é mérito de todos os servidores públicos de carreira da autarquia – disse o prefeito, que relembrou a época que ainda era caixa do antigo Banco Real e atendia os funcionários de carreira da autarquia.

– Não sei se vocês lembram, mas eu me recordo de cada um de vocês. Eu fazia o pagamento quando ainda era caixa do banco. A água aqui do Saae é boa porque vocês não envelheceram mesmo depois de 10 anos. Continuam com a mesma aparência – brincou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar

    … enquanto isso, a rodovia do contorno! mimimimi mimimimi mimimi mimim mimim mimim

  2. Avatar

    E a calamidade financeira? Tem grana até pra cavalo

  3. Avatar

    Invés de escola de hipismo que é coisa pra rico, tudo é caro as roupas, os torneios, poderia fazer ali uma equoterapia para autistas, crianças com deficiências físicas e mentais.
    Seria mais útil …

  4. Avatar

    A boa ideia agora seria também uma escola de atletismo no estádio da Voldac. Esse esporte pode atender um número maior de alunos por ter custo bem menor, já que a pista e demais instalações já estão prontas (ou quase?) é só conseguir professor e estagiários de Educação Física além de camisa, short e tênis para os atletas.

Untitled Document