Granato apresenta projeto que prevê redução de ruídos na cidade - Diário do Vale
quarta-feira, 22 de setembro de 2021 - 08:59 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Granato apresenta projeto que prevê redução de ruídos na cidade

Granato apresenta projeto que prevê redução de ruídos na cidade

Matéria publicada em 7 de agosto de 2015, 08:44 horas

 


Volta Redonda –  O vereador Washington Granato (PTB) apresentou um Projeto de Lei que e prevê diversas sanções para as pessoas que infringirem o limite de 70 (dc) decibéis para ruídos na cidade, seja através de equipamentos de som ou de veículos automotores, conforme previsto pelo Conselho Nacional de Trânsito. A iniciativa segue tramitando na Câmara Municipal,

Caso aprovado o projeto, Granato afirmou que fica autorizado o uso de instrumento de detecção de ruídos pela Guarda Municipal de Volta Redonda, cabendo à corporação identificar e autuar os veículos automotores e meios de transporte que emitam volumes de som cujo nível de pressão sonora esteja acima do valor regulamentado, e que estejam em praças, avenidas e logradouros públicos, parados ou em circulação.

— Meu objetivo é tentar diminuir os incômodos sofridos pela população. O som alto, além de atrapalhar a realização de diversas atividades, é nocivo para o sistema auditivo. Se prolongados ou muito intensos, os ruídos e sons podem causar perda permanente de audição. Mesmo sem perceber, em razão da rotina, todos nós estamos passíveis de desenvolver algum tipo de problema em função da desregulada pressão sonora que somos submetidos diariamente — frisou.

Ainda sobre a proposição, o vereador adiantou que também fica proibido o tráfego de veículos com escapamento livre ou silenciador de motor com algum problema técnico ou inoperante. Granato alertou as empresas contratantes de entrega de mercadorias e serviços, cujo veículo ultrapassar o limite sonoro estabelecido.

— As empresas serão responsáveis pelo pagamento das multas que serão, por ventura, aplicadas pelos órgãos competentes. Considerando o crescimento da nossa cidade, as fontes de emissão de ruídos são diversas. É fundamental a revisão de normas, métodos e ações para controlar o ruído excessivo que possa interferir na saúde da população. Desta forma, conseguiremos, em parte, reduzir as consequências dos impactos sonoros — concluiu.

Segundo dados do Ciosp (Centro Integrado de Segurança Pública), reclamações e denúncias inerentes à emissão de ruídos e excesso de som alto, principalmente aos fins de semana, estão na lista de problemas mais relatados pela população de Volta Redonda.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

20 comentários

  1. Olá pessoal, será que outra armação? Lei, para o caso já existe, veja no Contram, só que estamos no Brasil, tudo que existe nesta terra, é para angariar votos. Sr. Granato, ainda estamos aguardando a “APURAÇÃO CARTELIZAÇÃO DOS COMBUSTÍVEIS EM VOLTA REDONDA” Veiculada neste diário na eleição passada. Senhor, não se acredita em políticos, principalmente quando metem, esta lei já existe. O problema é que o senhores enganam aqueles menos informado,e que não atualizam seus conhecimentos as leis, como ocorre em comentários nesta coluna.

  2. Estes barulhos de som alto e escapamento alterado são fáceis de serem coibidos. Nem precisaria de um vereador gênio propor esse projeto e muito menos outros 20 aprovarem pois o CBT já prevê multa. A maior fonte de ruído na cidade esta na frota descomunal que circula na cidade, que polui a atmosfera, o visual e os ouvidos. Não vejo nenhum vereador gênio trabalhando para melhorar o transporte público ou lutando pela implantação das ciclovias. VR tem mais de 110 mil veículos

  3. Boa medida. Aqueles carros de propaganda com altos falantes também deveriam ser banidos da cidade. Coisa mais irritante e arcaica.

  4. Excelente!!! Espero de verdade ver isso funcionar, já passou da hora de trazer um pouco de civilidade para nossa cidade…

  5. Tem que fazer uma lei pra vizinhos que fazem bailes em casa começando as 20 horas e terminando as 5 da manhã. Como se no mundo só existisse eles que se dane os vizinhos, que querem dormir porque trabalham, com crianças e pessoas doentes em casa, mas não os vizinhos não se importam, alias quem se importa!? Volta ditadura por favor.

  6. o anuncio desse vereador tem um nome, politicagem, nesta semana é a segunda vez que ele aparece nesse diario apresentando leis que ja existe, ele está tentando angariar votos pra eleição do ano que vem , e o pior é que o povo acredita, me ajuda aí vereador , vai trabalhar .

  7. PLATÃO, O FILÓSOFO

    Moro aqui no bairro Conforto onde há várias escolas. E é muito comum observarmos jovens fazendo uso de droga logo cedo, antes de ir para a escola. Os pais em casa, em berço esplêndido. Coitados! Geralmente os jovens ficam nos fundos da creche mantida pela prefeitura, que fica na rua 2. Isso mesmo. É horrível! Teoricamente, a ronda policial tinha que passar por aqui, afinal esse tidpo de serviço parece que já existe em nosso município. Mas nunca, nunca vemos um carro da guarda responsável pela ronda nas escolas por aqui. É uma lástima. E estão querendo inventar mais serviço para a guarda municipal? Ok. Vou tomar nota.

  8. Maxuel, o problema e é que para multar tem que se ter o aparelho para medir o ruido emitido pelo barulho dos carro. Ai que a coisa pega. E naépoca da eleição, será qie os políticos vão ser multados???

  9. Glroria a DEUS, passou da hora, aqui tenho uma loja no retiro é um absudo do modo que passa um monte de gente com carro a todo volume, principalmente com musicas cheia de palavras horríveis. Tem que passar este projedo e preiciplamente ter fiscalização a punição, com ate apreenção dos veículos. Valeu Granato. vc não sabe como ganhiu crédito com isso. Parabens.

  10. Aqueles péla-sacos que transitam com um aparelho de som que é mais caro que próprio carro (geralmente um lixo sobre 4 rodas)… e se acham o máximo…

  11. PARABÉNS VEREADOR GRANATO. ESSA CIDADE PRECISA DE ORDEM. NOS FINS DE SEMANA NO MEU BAIRRO (JARDIM VILA RICA) NÃO CONSIGO OUVIR MINHA TELEVISÃO DENTRO DE CASA, TAL O BARULHO DE CARRO COM SOM EM FRENTE À MINHA CASA.

  12. ate que enfim , mas por favor que não fique só no papel essa lei , a cidade ta um caos com esses carros comsom altissimos seja de dia ou a noite ,madrugada .tem que por multas altas .

  13. As casas de show, clubes e bares e até condomínios em festa sim, poderiam sofrer mais sanções do município, com cancelamento de alvará, onde houver, em casos extremos. Só que nesse setor a quantidade de “Amigos do Rei” é muito grande e não se pode mexer com eles. Se ligar para a Polícia ou Guarda eles falam que tem coisa mais importante para fazer. No mais concordo com o Maxwel

  14. Solução do problema simples e sem leis mirabolantes:

    Guarda municipal passa a parar e solicitar documentos dos veículos com som abusivo e seus proprietários, com apoio da policia militar faz uma averiguação total no veículo como se estivesse fazendo uma busca por drogas ou outros produtos de furto ou roubo, assim cada infeliz proprietário desses malditos carros perderiam de 45m a 1:30h de suas vidas parados na blitz se estivesse com todos os documentos e o veículo em perfeito estado, além de ter o constrangimento de isso acontecer em via publica com alto trafego. Com essa blitz sistemática contra esses malditos carros rebaixados e com som alto (geralmente funk e sertanejo), acredito que seria o suficiente para inibir esse câncer da sociedade.

  15. O comentário de Maxwel tem cabimento. Na realidade, em nosso pobre país existem leis em excesso, até mesmo algumas com a intenção de reafirmar outras mais antigas, o que é uma redundância legislativa. O que deve ser observado não é a falta de alguma legislação, e sim o cumprimento daquelas já existentes, isto em sua plenitude, ou seja, requer-se atitude séria por parte dos executores legais, e nada mais.

  16. Aleluia
    Bendito seja

    • Parabéns
      E uma loucura o barulho na cidade EX: Paulo de Frontin motocicletas sem cano de descarga o dia todo ,caminhão de som etc…
      carros de particulares com som abusivo , buzinas e ate falta de educação com palavrões entre motoristas
      Todos comerciantes e moradores da cidade dão apoio ao amigo e Vereador pela

  17. Deixa eu ver se entendi. O Código Nacional de Trânsito já prevê multa para estes casos; então se cria um projeto de lei para valer uma lei que já existe? Tanto a guarda municipal(inoperante como sempre) e a PM ignoram essas infrações. É só observar na cidade. O sujeito passa com som a todo volume ou a moto com escapamento aberto, ( e não adianta denunciar) sabe qual foi a atitude de um guarda municipal dia desses na Av. Amaral Peixoto? Tapar os ouvidos e limitar-se a comentar com seu colega: Alguém tem que tomar uma providência. Só faltou ele chamar a polícia. Francamente.

    • Mas vocês não falam que não se pode multar, que multa é só pra pegar dinheiro etc?
      Quando a aguarda é atuante vocês reclamam, quando é omissa reclamam também. Dá pra decidir?

      Ah já sei, só pode multar o outro né?

Untitled Document