sexta-feira, 30 de julho de 2021 - 02:10 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Itatiaia prioriza compra de medicamentos e insumos para o Hospital Municipal

Itatiaia prioriza compra de medicamentos e insumos para o Hospital Municipal

Matéria publicada em 18 de junho de 2021, 18:59 horas

 


Prefeitura segue recomendações e prioriza compra de medicamentos
(Foto: Prefeitura de Itatiaia)

Itatiaia – Seguindo as recomendações do Ministério Público do Rio de Janeiro, a Procuradoria do Município está fazendo a revisão de contratos firmados pela Prefeitura e licitações em curso nos últimos meses. Entre os processos prioritários estão a aquisição de insumos para a rede pública de saúde e a compra de medicamentos para atender o Hospital Municipal Dr. Manoel Martins de Barros.

Após revisão da Procuradoria e do Ministério Público, nesta quinta-feira (17), foi publicada no Boletim Oficial do Município (Nº067) a homologação da licitação que objetiva o registro de preços para aquisição de materiais médico hospitalares para atender às necessidades de toda a rede de saúde do município pelo período de 12 (doze) meses. Entre as centenas de produtos que chegarão para reforçar o estoque, estão aparelhos de pressão, ambús, fitas cirúrgicas, sondas, cateteres, drenos, tubos endotraqueais, agulhas, seringas, máscaras, algodão, ataduras, máscaras, luvas, matérias cirúrgicos, etc.

Ainda no mesmo boletim, foi divulgada a data de realização do pregão eletrônico para o registro de preços para aquisição de medicamentos, também pelo período de um ano. O Pregão Eletrônico será realizado às 9h, no dia 30 de junho. São 224 tipos de medicamentos a serem adquiridos. De acordo com o setor de licitação, a previsão é após a licitação, fechar o processo de compras e empenho em 15 dias. O objetivo destas aquisições é completar os estoques e garantir um atendimento de qualidade aos pacientes.

– Nossa prioridade, desde o primeiro dia é restabelecer serviços e reforçar o estoque de insumos e medicamentos. Estamos seguindo com os processos, com respaldo da Procuradoria do Município e do Ministério Público, para que tudo seja feito dentro da legalidade – relatou o prefeito interino, Vaninho Rodrigues.

Vaninho baixa decreto sobre horário de fechamento de restaurantes e realização de eventos

Levando em conta a atualização, divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde dia 11 de junho, do Mapa de Risco de COVID-19 do Estado do Rio de Janeiro, que classifica a região que Itatiaia está inserida como de risco baixo de contágio (bandeira amarela), a Prefeitura editou um novo decreto, autorizando a realização, com restrições, de eventos em salões de festas, casas de eventos e estabelecimentos congêneres localizados no Município de Itatiaia.

Para poder funcionar será necessário o cumprimento de diversas medidas sanitárias, como o limite de ocupação em 50% (cinqüenta por cento) das suas respectivas capacidades de lotação, considerando-se apenas o público sentado; organizar filas, quando necessário, tanto no ambiente interno quanto no ambiente externo, a fim de serem mantidos os espaçamentos de 1,5 metros entre as pessoas; manter afastamento mínimo de 1,5 metros de distância entre as mesas; disponibilizar álcool em gel para a higiene dos presentes; entre outras medidas de combate à Covid-19 como o uso de máscara.

O decreto também estipula o horário de uma hora da manhã para o encerramento das atividades dos estabelecimentos, em funcionamento em todo o território de Itatiaia, destinados à prestação de serviços de alimentação, como restaurantes, bares, pubs e congêneres. As apresentações de música ao vivo ou eletrônica ficam permitidas até meia noite. A extensão do horário, que atende a uma solicitação do setor de turismo, visa diminuir as aglomerações causadas pelo limite anterior, fixado em 22h.

 

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document