terça-feira, 12 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Jonas Marins sanciona lei que reserva vagas para negros em concursos públicos

Jonas Marins sanciona lei que reserva vagas para negros em concursos públicos

Matéria publicada em 2 de fevereiro de 2016, 19:31 horas

 


Agora é lei: Jonas sanciona projeto que reserva vagas para negros em concurso público

Agora é lei: Jonas sanciona projeto que reserva vagas para negros em concurso público

Barra Mansa – O prefeito de Barra Mansa, Jonas Marins (PC do B), sancionou na tarde desta segunda-feira (01), a lei que reserva 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos aos negros. De autoria dos vereadores Elias Silva de Andrade, o Lia Preto, e Claudio José da Silva Cruz, o Baianinho, a lei prevê a reserva de vagas em quadros de pessoal do Executivo, Legislativo e entidades da administração indireta do município.
Para o vereador Lia Preto, que acompanhou o momento de sanção da lei, a luta ainda é grande, mas cada ação é uma vitória rumo à igualdade racial. “O prefeito Jonas se sensibilizou com o movimento negro que, inclusive, faz parte. O nosso desejo é ajudar em uma reparação à população negra, que tanto contribuiu para o desenvolvimento do país”, destacou Lia, que é presidente do Conselho Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, agradecendo o apoio e parceria do governo municipal.
O vereador Baianinho salientou que, apesar de se orgulhar da nova lei, é triste ter que recorrer à legislação de políticas de cotas para que todos tenham direitos iguais. “A nossa luta pelas políticas de combate às discriminações raciais vai muito além das cotas. Ela tem que ser travada no dia a dia, nos locais de trabalho, nas escolas e, até mesmo, em nossos ambientes familiares. O pior tipo de preconceito que existe é o preconceito velado, que acontece de maneira muito presente em nossa sociedade”, disparou o vereador.
Jonas frisou que o debate sobre a promoção da igualdade racial será amadurecido e remodelado este ano. “Estamos fazendo nossa parte, mas a discussão é mais profunda. Este é um trabalho de beija-flor. Não é a primeira agenda positiva para o movimento negro. Retomamos o Conselho Municipal, por exemplo, que é a base do debate”, disse o prefeito.
O prefeito ressaltou ainda a importância de inserir no ensino básico a história e a cultura negra. “É importante que o aluno conheça seu passado e sua história. Temos o desejo de inserir esta disciplina, através de lei, nas escolas públicas do município para que cada pessoa conheça sua identidade”, finalizou Jonas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

19 comentários

  1. Avatar

    Esta lei é uma declaração de incompetência dos negros…é afirmar que negros precisam de cotas para conseguir entrar num concurso público. Tenho amigos negros e dizem que são contra isso, pois eles não se consideram burros.

  2. Avatar

    Leis como essa que dar suporte cada vez mas para descriminação,que vai alegar prefeito o que o negro tem de diferente do branco , do indio ou sei la quem mas inventarem.
    Somos todos iguais , o que diferenciam uns aos outros são o caracter a vontade de quere uma vida melhor para nós e nossos filhos e isso se consegue com muito estudo e trabalho e pra isso não tem destinção de cor e raça.
    Não é atoa que bm nunca cresce, com politicos que inves de buscar recurso para o crescimento da cidade quer ficar inventando moda,somos todos iguais e isso basta.
    O que teria que mudar é a desiqualdade social isso ninguém quer né , tira um pouco dos lucros dos Empresários que não sáo poucos e investir na população carente, cobrar menos impostos, conta de água mas justa para população de barra mansa né prefeito isso ai ninguém diz nada. pior que tem pessoas que acha que essas coisas trazem algum algum beneficio…so faz voltar na era das cavernas

  3. Avatar

    Nunca vi tanta desinformação!… Em 13 de Maio de 1888 milhoes de negros foram jogados nas favelas SEM NENHUMA reparação, ao contrário dos EUA, onde os ex escravos foram indenizados. Mais de 100 anos depois a ONU cobra do Brasil REPARAÇÕES aos descendentes desse povo escravizado que durante 300 anos, de graça,a custas de sangue sustentou a economia do Brasil. Pasmem, somente em 2003, por força da lei 10639, obrigou-se a estudar a historia do negro, até então escondida. Essa historia de que todos são iguais perante a CF/88, é UM IDEAL A SER BUSCADO, é as cotas são exatamente para isso, tentar promover o equilibrio. O estado brasileiro ESCRAVIZOU e agora tem que arrumar um jeito de reparar. As cotas podem parecer antipáticas mas são necessárias, são transitórias, existiu nos EUA, na Africa do Sul, India, Cuba..ENXERGUEM que um grande crime contra um povo gerou um grande problema social, colocou o negro em grande desvantagem social. Não se trata se ser mais ou menos burro, infelizmente tem muitos negros que não conhecem sua historia, não se informam a respeito e ficam dando OPINIÃO SIMPLISTA OLHANDO APENAS O UMBIGO lamentável…A rigor, chega ser pouco reservar 20% para uma população de 53% não acham. Falta profundidade nas opiniões,simplistas, sem estudo, sem reflexões, sem conhecimento da historia, egocêntricas. A escravidão do passado ainda compromete muito a situação do negro hoje, porque será então que não tem nenhum negro envolvidos nos roubos da Petrobras?..já 73% dos presos nas penitenciarias são negros?.. Quem é negro é quem não é, 76% da mortes pela policia são negros, a Policia ACERTA FÁCIL FÁCIL…antes de opinar sobre um assunto tão complexo, leiam, estudem, ouçam, pesquisem, e parem de usar o singular,(EU..MINHA..MEU…) pensem no Brasil, sabiam que nos EUA objetivo das cotas enquanto precisou, foi tornmar o negro americano um ícone, ou seja, “já que temos negros aqui que sejam os melhores”. Voces acham que deu certo?? então procurem saber o poderio no negro americano, prefeitos, médicos,esse ano mesmo um negro neurocirurgião concorre a presidente dos EUA….NUNCA VI TANTA DESINFORMAÇÃO E ARGUMENTOS SIMPLISTAS DEMAIS SEM NENHUMA PROFUNDIDADE… AH, POR FAVOR COMENTEM TAMBÉM A LEI 3592/2006 dessa mesma Barra Mansa.

    • Avatar

      Se souber ler em inglês – http://www.saraiva.com.br/affirmative-action-around-the-world-951726.html – do mesmo Thomas Sowell

    • Avatar

      Leia mais você, Sr. Valmir. Argumentos emotivos, recheados de gritarias (caixa alta) são típicos da esquerda. A utilização de falsas estatísticas também: quando convém, os mestiços são acrescidos ao conceito de negros (quando há referência, por exemplo, ao número de negros na linha da pobreza); quando não convém, os mestiços são extraídos do conceito, como no número de negros que frequentam as universidades (aí os mestiços deixam de ser negros, pois interessa o número menor). Quanto aos assassinatos, se os negros são as maiores vítimas, por que o silêncio sobre os autores de homicídios? A maior parte dos homicídios consumados contra negros é cometida por… negros!, nas periferias de nossas cidades. Mas em relação a isso há um silêncio conveniente. Quanto aos EUA, sugiro a leitura do Thomas Sowell, brilhante intelectual, negro, e que talvez seja o maior crítico vivo das políticas de ação afirmativa. E leia também o blog do Paulo Cruz, rapaz inteligentíssimo, também negro, também crítico feroz das cotas, defensor da liberdade do indivíduo, que não quer ser tutelado por um Estado corrupto e mantenedor de mamadores de verbas públicas. Aliás, sobre mamatas, leia sobre as origens dos recursos dos movimentos racialistas – Fundações Ford, Rockfeller e Open Society (George Soros). Quem tem que ler mais é o senhor, Sr. Valmir. Livre-se da arrogância de sua ignorância. As outras pessoas merecem respeito.

  4. Avatar

    isso e descriminacao com os brancos etc

    • Avatar

      Não sr.Denise isso não é discriminação com os irmãos brancos não, isso é uma pequena tentativa de reparaçao…leia mais.

    • Avatar

      Leia mais você, Sr. Valmir. Argumentos emotivos, recheados de gritarias (caixa alta) são típicos da esquerda. A utilização de falsas estatísticas também: quando convém, os mestiços são acrescidos ao conceito de negros (quando há referência, por exemplo, ao número de negros na linha da pobreza); quando não convém, os mestiços são extraídos do conceito, como no número de negros que frequentam as universidades (aí os mestiços deixam de ser negros, pois interessa o número menor). Quanto aos assassinatos, se os negros são as maiores vítimas, por que o silêncio sobre os autores de homicídios? A maior parte dos homicídios consumados contra negros é cometida por… negros!, nas periferias de nossas cidades. Mas em relação a isso há um silêncio conveniente. Quanto aos EUA, sugiro a leitura do Thomas Sowell, brilhante intelectual, negro, e que talvez seja o maior crítico vivo das políticas de ação afirmativa. E leia também o blog do Paulo Cruz, rapaz inteligentíssimo, também negro, também crítico feroz das cotas, defensor da liberdade do indivíduo, que não quer ser tutelado por um Estado corrupto e mantenedor de mamadores de verbas públicas. Aliás, sobre mamatas, leia sobre as origens dos recursos dos movimentos racialistas – Fundações Ford, Rockfeller e Open Society (George Soros). Quem tem que ler mais é o senhor, Sr. Valmir.

  5. Avatar

    Essa já é uma lei federal. Barra Mansa é terra de políticos enxugadores de gelo.

  6. Avatar

    Não voto em quem apoia conta ainda por cima em concurso público, isso deveria ser a posição da maioria pelo menos de quem fala que defende a igualdade.

  7. Avatar
    E OS CONCURSADOS DA PMVR DE 2014

    Só seremos convocados, ano que vem, quando o prefeito sair

  8. Avatar

    Que eu saiba, a escola pública aceita e sempre aceitou todos os alunos, independente de cor racial, religião, etc.. e ainda tem merenda de graça. Só não estuda, quem não quer. Não justifica esta reserva de vagas em nenhum concurso público ou vestibular. Pura demagogia.

  9. Avatar

    Tá virando bagunça mesmo ! Agora o branco é que está sendo discriminado, sofrendo bullyng… Vá estudar, busque seus sonhos, anseios, mas na moral, trabalhando, estudando ! Estão rasgando a CF/88 !

  10. Avatar

    Cadê os direitos de todos são iguais segundo a constituição federal, o nome já diz concurso publico passa o melhor indiferente de cor e raça isso é desleal todos precisão da vaga isso não é correto só essa que estava faltando .

  11. Avatar

    Fala sério! Que lei mais sem noção.
    Negro não é diferente do branco na capacidade intelectual. Concurso público possui vagas por nível de instrução, ou seja os concorrentes tem de ter a escolaridade mínima para investidura. A matéria é compatível ao nível de escolaridade. Resumindo, negros e brancos tendo a mesma escolaridade estarão concorrendo em igualdade. Agora dizer que o negro não tem condições de franquear inscrição também não cola, pois existe o Cadastro Único que permite benefícios sociais de acordo com a situação econômica, inclusive com isenção dos concursos.
    Está lei é preconceituosa e sem utilidade.

  12. Avatar
    E OS CONCURSADOS DA PMVR DE 2014

    Sou negro, porém, será que sou mais burro que os outros, acho que não, passei no concurso da prefeitura de volta redonda sem cota, pena que já tem quase dois anos e não fui convocado

    • Avatar

      tbm fui aprovado no concurso de 2014/PMVR e estamos com os exames médicos em mãos e ate hj não tomamos posse da nossa vaga, é muito triste o que esta acontecendo, os aprovados tem o direito de tomar posse de suas vagas…

  13. Avatar
    Liberdade e Propriedade

    Tem que selecionar os melhores e pronto, não importa cor e sexo. Essa lei lesa a igualdade de direitos. Hoje em dia é difícil definir cor e raça, a maioria é mestiço e não existe pedigree para humanos e ainda tem os queimados de sol. Pela lei quem define a cor é o próprio, sugiro que todos se declarem negros ao prestar concurso e vestibulares.

  14. Avatar

    Cade a igualdade que todos lutam? Dando vantagem para um grupo numa disputa de vaga em concurso?
    Na educação para acesso a vaga ainda tem uma justificativa mesmo eu sendo contra porque a educação todos deveriam ter acesso igual. Faço uma faculdade sendo branco, negro, vermelho, azul…, qual a diferença do meu diploma para a pessoa que fez a mesma faculdade que a minha, qual a diferença da pessoa que cursou a mesma sala de aula que a minha no ensino médio ou fundamental? A cor? Essa justificativa não cola, dar vantagem para um grupo é desleal e injusto, tudo isso para ganhar votos. Não aceito.

Untitled Document