domingo, 23 de janeiro de 2022 - 16:30 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Justiça adia decisão sobre votação do impeachment de Pezão

Justiça adia decisão sobre votação do impeachment de Pezão

Matéria publicada em 5 de março de 2018, 16:20 horas

 


Rio – O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) retirou da pauta desta segunda-feira (5) o julgamento do mandado de segurança impetrado pela bancada do PSOL na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) contra a Mesa Diretora, sobre o processo de impeachment do governador Luiz Fernando Pezão. Não há previsão para o tema voltar à pauta do órgão.

O PSOL pediu o impeachment em fevereiro de 2017, alegando, entre outros motivos, crime de responsabilidade pelo descumprimento da aplicação do mínimo constitucional na área de saúde, descumprimento de decisões judiciais, crime contra a guarda e o emprego do dinheiro público na conservação do patrimônio do Fundo de Previdência dos Servidores Estaduais, o Rioprevidência.

Na ocasião, o então presidente da Casa deputado Jorge Picciani (MDB), do mesmo partido do governador, arquivou o processo sem nenhuma análise por órgão da Alerj.

No ano passado, a Comissão de Direito Constitucional da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Rio de Janeiro (OAB-RJ) também aprovou pedido de impeachment do governador, pela “situação de calamidade no estado”.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

10 comentários

  1. agafjgjjkWantuil fortes Silvério

    Coitado do povo…. Acredita em papai Noel e mula sem cabeça . César Maia aquele que junto com perrut e apoiou a privatização da CSN . Os traidores estão querendo voltar… Tudo farinha do saco Pezao Neto. Cabral César Maia. Baltazar e outros. Às ociosas da CSN nenhum político local , Lutou pela mesma . Agora o TJ RJ tirar da pauta sem justificativa . Á justiça está na mesma conivência..

  2. ja ficou ate agora..que fique ate o fimal

  3. DEIXA P VOTAR EM JANEIRO DE 2019 KKKKKKKK

  4. Eu me lembro de um detalhe da campanha do Pezão…ele colocou os pais para falar é honesto kkkkkkkkk…será que os pobres velhinhos não sabiam que o filho fazia parte de uma OC????

  5. A turma fala fala mais ninguém lembra do Garotinho e Família. de sua cria O POVO MERECE RESPEITO o Padrinho do Rodrigo de BM o CUNHA esses sim são os profissionais. . . Tô errado ou a maioria tem memória curta ?

  6. A candidatura do Neto já nasce com o pedigree de quem já foi cassado da prefeitura e com o apoio de um governador na eminência de sofrer impeachment. O debate eleitoral será um festival de bizarrices.

  7. Qual a justificativa da retirada da pauta?

    Num ponto foi bom, pois quanto MAIS próximo de outubro melhor. Melhor para o povão não esquecer.

  8. Não só o Pezão não quer sair como ainda tem esperança de manter o PMDB no futuro governo, tentando colocar o Neto numa possível composição da chapa do Cesar Maia, que, se eleito, teria que nomear a turma mais chegada do governador atual, que era também do Cabral.

  9. Ladrão de colarinho branco e seus inúmeros privilégios. Não acredito mais em justiça no Brasil.

Untitled Document