quarta-feira, 12 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Mario Esteves sugere criação de Conselho de Desenvolvimento Econômico

Mario Esteves sugere criação de Conselho de Desenvolvimento Econômico

Matéria publicada em 27 de novembro de 2016, 17:51 horas

 


Codem será mais um dispositivo na mecânica de construção de um governo participativo e próximo das pessoas

Codem: Mario Esteves reafirma compromisso de dialogar com as pessoas (Foto: Divulgação)

Codem: Mario Esteves reafirma compromisso de dialogar com as pessoas (Foto: Divulgação)

Barra do Piraí – Além de trabalhar para melhorar o diálogo do governo com as entidades que já existem, o prefeito eleito de Barra do Piraí, Mario Esteves (PRB), divulgou neste domingo (27) que pretende discutir com a sociedade a criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico Municipal (Codem). Ele buscou inspiração em modelos bem sucedidos como o de Maringá, no Paraná, onde o órgão existe desde 1996.

Através de interlocutores, Mario Esteves entrou em contato com o assessor administrativo, Vitor Paulo Pereira Junior, que revelou detalhes a respeito da criação do Codem, bem como de suas principais funções.

– Em 1994, empresários de Maringá lideraram um movimento em prol da sustentabilidade econômica da cidade e seu desenvolvimento a longo prazo. O movimento foi exitoso porque envolveu todas as lideranças da sociedade civil organizada (Sebrae, Federação das Indústrias, associações profissionais e populares, sindicatos patronais e profissionais, igrejas, clubes como Lions e Rotary, universidade pública e privada, e poderes públicos municipais, como prefeitura, Câmara Municipal, autarquias públicas). Foram essas entidades reunidas, primeiramente, que definiram, através de dezenas de reuniões, a necessidade de se criar um conselho da cidade que focasse nos grandes projetos de desenvolvimento econômico sustentável de longo prazo – explicou.

Vitor esclareceu por que é fundamental que o Codem seja fruto de uma iniciativa coletiva, e não uma atitude isolada. “Uma vez que o prefeito tem um prazo limite de quatro anos de gestão, os grandes projetos de longo prazo necessitam de um guardião que advenha da sociedade, que permanece na cidade independente de qual o prefeito em exercício. Portanto, o Codem exerce esse objetivo, o de ser o guardião e representante da sociedade civil organizada no que tange aos grandes projetos de futuro da cidade”, assinalou.

Após tomar conhecimento da existência do Codem, imediatamente Mario Esteves se debruçou sobre as informações repassadas por Vitor, no sentido de formular caminhos para provocar a sociedade acerca da criação do conselho.

– Quero chamar para governar comigo toda a população, e isso inclui os conselhos já existentes em Barra do Piraí, como o de Saúde, Assistência Social, entre outros. No entanto, achei muito interessante também o alicerce em que o Codem está calcado, porque visa sentarmos, na mesma mesa, representantes da categoria empresarial, da sociedade como um todo e de outras entidades de classe, com o objetivo de pensarmos juntos grandes projetos para o futuro da cidade – disse.

O futuro chefe do Executivo barrense destacou que, caso a ideia seja aderida pelos segmentos envolvidos e pela sociedade no geral, o Codem será mais um dispositivo na mecânica de construção de um governo participativo e próximo das pessoas.

– Existem cidades onde o prefeito não consegue conversar com os vereadores, onde lideranças patronais não dialogam com os sindicatos. Assim, acredito que o primeiro passo é agregar na mesma mesa de reuniões todas essas lideranças, com o propósito de criar um ambiente harmônico, de total equilíbrio, em que o único e primordial objetivo seja pensar Barra do Piraí – finalizou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. Avatar
    agafjgjjkWantuil fortes Silvério

    Vivemos realmente à realidade , trabalho , saúde , transporte, comunicação, água , Luz , telefone etc . Quem decide o destino da Califórnia, são os próprios moradores. Sabê pôr que ? À Califórnia é um distrito , Neste Caso nem Barra do Piraí tem o poder político de decidir o destino da Califórnia . Um exemplo: um filho de maior idade , o pai não tem o pode de controlar . É Caso da Califórnia , ela não é um bairro . É um distrito .viva realidade, viva anexação , vivemos totalmente em Vredonda . O resto é conversa para boi dormir !…

  2. Avatar

    Esqueça a anexação viva sua realidade,e torça para que o novo prefeito faça junto com o vereador Tostão,que por sinal é o único que pode ajudar o novo prefeito a melhorar a qualidade de vida dos moradores do distrito da Califórnia.

  3. Avatar

    Esqueça a anexação viva sua realidade,e torça para que o novo prefeito faça junto com o vereador Tostão,que por sinal é o único que pode ajudar o novo prefeito a melhorar a qualidade de vida dos moradores do distrito da Califórnia.

  4. Avatar
    agafjgjjkWantuil fortes Silvério

    Hey ,me engana que Eu gosto . Tostão e Mário esteve, são figurinha carimbada. Não haverá mudança na Califórnia . Só for anexação da Califórnia à Volta Redonda .

  5. Avatar

    Parabéns Mário Esteves agora é só cuidar melhor do distrito da Califórnia,parabens também ao vereador Tostão pela vitória juntos vão melhorar a qualidade de vida dos moradores do distrito.

    • Avatar

      Todo inicio de gestão é o mesmo blá blá blá…….os caras esquecem que o ótimo é inimigo do bom….ficam mirabolando e no final….nada feito…………….kkkkk

  6. Avatar

    Mais 4 anos pagando IPTU para não receber capina, limpeza pública, podas de arvores, varrição, tapa buracos, asfalto, calçamento, ou seja nada… Ainda pagamos taxa de iluminação pública na conta de luz e não sabemos até hoje a quem recorrer nos casos onde a lampada queima, já que somos nós, moradores, quem compramos ! De saco cheio !!

  7. Avatar

    Boa iniciativa do prefeito eleito . Algo tem de ser elaborado. Aqui em São Paulo cidades como Sorocaba ,Campinas ,Indaiatuba , Paulínia ,Itupeva e outras , respiram intensamente progresso e esse só passa se envolver o setor industrial que arrasta outros segmentos .

Untitled Document