quarta-feira, 19 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Mesa da Câmara recua e reconhece recondução de Picciani à liderança do PMDB

Mesa da Câmara recua e reconhece recondução de Picciani à liderança do PMDB

Matéria publicada em 17 de dezembro de 2015, 14:43 horas

 


De volta: O deputado Leonardo Piciani fala à imprensa após protocolar documento para ser reconduzido à liderança do PMDB na Câmara (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Brasília – Depois de recusar as assinaturas, a Secretaria Geral da Mesa da Câmara dos Deputados voltou atrás e confirmou o apoio dos 36 deputados do PMDB à recondução de Leonardo Picciani (RJ) à liderança do partido na Câmara. A relação foi protocolada no fim da manhã desta quinta (17), mas os nomes de três parlamentares – Jéssica Sales (AC), Vitor Valim (CE) e Lindomar Garçon (RO) – estavam em questionamento por também terem assinado a lista anterior, que pedia a substituição de Picciani. As informações são da Agência Brasil.

“Houve um entrave burocrático. A Mesa estava reconhecendo as assinaturas anteriores. Mas os próprios deputados esclareceram que o apoio se tratava à lista presente”, explicou Picciani que, por quase duas horas, ficou na sala da Secretaria até que o apoio fosse reconhecido.

A mudança no comando do partido na Casa ocorreu quando uma ala do PMDB, que declarou ser contrária ao governo, criticou as indicações de Picciani para compor a comissão especial que analisará o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

O grupo acusou Picciani de descumprir acordo feito com a bancada e compor a relação de acordo com orientações do Palácio do Planalto. Com 35 assinaturas, elegeram o deputado Leonardo Quintão (MG) como novo líder no dia 9 deste mês.

A recondução de Picciani é atribuída à mudança de posição de três parlamentares e ao retorno à bancada de alguns filiados que ocupavam cargos executivos no estado do Rio de Janeiro. Entre os deputados fluminenses, estão Marco Antonio Cabral, que estava no comando da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude do estado, e Pedro Paulo Carvalho, que era Secretário municipal da Casa Civil do Rio de Janeiro.

Com Picciani novamente na liderança, o PMDB na Câmara deve enfrentar dias de impasse até a eleição de novo líder, marcada para fevereiro de 2016. Lúcio Vieira Lima (BA), um dos protagonistas da substituição de Picciani por Quintão, alertou hoje que grande parte dos peemedebistas não se sentem representados.

“Foi uma bancada artificial [que apoiou a volta de Picciani]. Demitiram secretários para formar a maioria. Podemos dizer que ele é um líder paraguaio, porque não foi legitimado pela bancada que realmente atua nesta Casa.”


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    Enquanto isto o alto escalão do PSDB/DEM e aliados do Temer no PMDB continuam manobrando nos bastidores na tentativa de salvar o mandado do sr Cunha, e os etapovinhos, os cantinflas e os falamansas continuam calados fingindo que nada sabem.

    ACORDA MEU POVO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Avatar

      Tudo que possa tirar a Anta que quebrou o país e botar o Lula e sua corja na cadeia é o melhor a ser fazer, independente dos meios.

  2. Avatar

    Idiota. Se desgasta com o eleitor e opinião pública por defender o governo defunto da Dilma que, se não for enterrado, vai feder cada dia que insistir se sustentar, e na prática naõ será lider de nada, pois com mandato de lider até fevereiro (recesso e carnaval) é o mesmo que liderar o vazio.

  3. Avatar

    Se o povo tiver vergonha na cara (que acho muito dificil) ele perderá a liderança através de nosso voto.
    Vamos sublinhando o nome dos canalhas que estão contra o povo.

    • Avatar

      A causa desses pilantras estarem nos cargos são a gente jogar a culpa em todos os eleitores, ou seja , no povo.

      Quem votou certo se acha culpado e acaba deixando de votar por ahcarem que não vale a pena.

      Vamos ajudá-los não jogando a culpa neles. Os verdadeiros culpados são os eleitores dos partidos PT, PMDB, PP e demais partidos aliados das bandeiras vermelhas comunistas.

      Em VR pose-se contar 95 mil eleitores corruptos que gostam de votar em prefeito corrupto assim não se importam de votar em deputado corruptos lá para Brasília.

    • Avatar

      Contra qual povo? Os coxinhas que querem derrubar a representante do povo realmente patriota?

Untitled Document