sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Neto inaugura sede do projeto ‘Volta Redonda, Cidade da Música’

Neto inaugura sede do projeto ‘Volta Redonda, Cidade da Música’

Matéria publicada em 10 de maio de 2015, 16:29 horas

 


Com um investimento de R$ 1,2 milhão, unidade vai atender mais de 4,6 mil alunos na rede municipal

Cultura: Nova sede tem diversas salas de música e ensaio, com tratamento e isolamento acústico em todos os locais  (Foto: Divulgação)

Cultura: Nova sede tem diversas salas de música e ensaio, com tratamento e isolamento acústico em todos os locais (Foto: Divulgação)

Volta Redonda –  O prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB) manteve a rotina de inaugurações durante o fim de semana. Na noite de sexta-feira, inaugurou a sede do projeto “Volta Redonda, Cidade da Música”, da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda). Com um investimento de R$ 1,2 milhão, a unidade irá atender 4,6 mil alunos da rede municipal, com aulas de musicalização, instrumentos e com os grupos Banda de Concerto, Banda de Metais, Orquestra de Violinos, Orquestra de Violoncelos e Contrabaixos, Orquestra de Cordas, Coro Infanto-juvenil e Coro Sinfônico, além de abrigar também o projeto Ballet Educação, da Secretaria Municipal de Educação (SME).

A inauguração teve a presença do maestro Nicolau de Oliveira Martins, fundador do projeto na Fevre, atualmente coordenador do projeto, ao lado da maestrina Sarah Higino, do presidente da Fevre, José Luiz de Sá, da secretária de Educação, Therezinha dos Santos Gonçalves Assumpção, do deputado estadual Nelson Gonçalves, do deputado federal Deley de Oliveira, do vereador Fernando Martins, entre outros convidados.

Durante seu discurso, Neto afirmou que Volta Redonda é referência em diversas áreas – no IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), Esporte, Educação – e que o projeto Cidade da Música é uma dessas referências.

– Ninguém é referência por acaso, é preciso muito trabalho e dedicação. E pela sua dedicação, maestro Nicolau, nós desejamos todo o sucesso do mundo neste novo espaço, onde os estudantes terão condições melhores para suas aulas e estudos – disse Neto.

O maestro Nicolau afirmou que a inauguração da sede do projeto é a realização de um sonho, que surgiu em 1974, na Fevre, durante o governo do então prefeito Nelson Gonçalves, pai do deputado Nelson e da secretária de Educação. Segundo ele, a nova sede dará visibilidade ao projeto, além de oferecer uma nova estrutura para receber os estudantes, desenvolver as atividades musicais e guardar os instrumentos. O fundador do projeto emocionou Neto:

– Expresso minha gratidão ao senhor, prefeito, evocando três grandes amigos deste projeto: primeiro, a sua mãe, Dona Munira, e depois os saudosos Doutor Munir Rafful (criador do Hospital do Retiro) e Oscar Cardoso (jornalista, assessor especial de Neto por vários anos). Evocando estes nomes, espero que o senhor sinta a gratidão que tenho por tudo isso – disse Nicolau.

A convite do maestro Nicolau Martins, o contrabaixista Sandrino Santoro, músico clássico reconhecido internacionalmente como um dos melhores no seu instrumento, e que já deu aulas especiais (master classes) no projeto. Ele afirmou que o ensino de música clássica para alunos da rede pública, da forma como é executado em Volta Redonda, e os investimentos que o Poder Público faz na área, são inéditos.

– Nunca vi uma coisa assim, é algo inédito, maravilhoso. Já andei muito por aí ouvindo várias orquestras, e o que vi – graças à força do maestro Nicolau e os investimentos feitos pelo prefeito – são as crianças que conheci no projeto como profissionais em outras orquestras, fazendo sua vida como músicos. É extraordinário, estão todos de parabéns e desejo muito sucesso ao projeto – disse Santoro.

Complexo

O complexo que abriga a nova sede do projeto – que antes funcionava no Colégio Getúlio Vargas – inclui diversas salas de música e ensaio, com tratamento e isolamento acústico em todas as salas.

A maior sala de ensaios, para a banda, orquestra, e sessões de música de câmera pode receber um público de até 200 pessoas. As salas de ensaio vão atender grupos de diversos tamanhos, e incluem salas específicas para o estudo dos violoncelos, contrabaixos e percussão. A maioria das salas é dotada de banheiros femininos e masculinos. Nas duas salas de balé, há espelhos e apoios para os exercícios das bailarinas.

Na parte superior fica uma Biblioteca Musical, com arquivos especiais para guardar mais de 1,5 mil partituras. Em uma sala ao lado vai funcionar uma oficina para pequenos instrumentos, onde luthiers (especialistas no conserto de instrumentos musicais) poderão ministrar cursos para os alunos. Também há uma sala de informática, com computadores capazes de rodar programas específicos para o estudo de música. Neste espaço, o maestro afirmou que será feita a formação de professores.

Os alunos terão ainda à disposição um refeitório e uma cozinha. Um espaço importante está reservado também para os maestros, na parte superior do prédio.

No ano passado, o prefeito sancionou a lei municipal 5.017, que regulamenta as atividades do projeto, abrangendo os grupos Banda de Concerto, Banda de Metais, Orquestra de Violinos, Orquestra de Violoncelos e Contrabaixos, Orquestra de Cordas, Coro Infanto-juvenil, Ballet e Coro Sinfônico.

Campo do Volta Grande também é inaugurado

O prefeito Antônio Francisco Neto, acompanhado de secretários municipais, entregou na manhã de ontem o Campo de Futebol do bairro Volta Grande III, na Praça Roberto Pinho Soares. Participaram da cerimônia de inauguração o vice-prefeito Carlos Roberto Paiva (PT), a secretária municipal de Esporte e Lazer, Rose Vilela, o deputado federal Deley de Oliveira, o presidente da Lide Desportos de Volta Redonda (LDVR), José das Graças Lima, o vereador Gemílson Sukinho (PSD), representantes da associação de moradores do bairro, entre outros convidados.

Neto afirmou que o campo do Volta Grande III faz parte de uma série de campos que serão inaugurados na cidade, em uma intermediação feita entre o vice-prefeito Paiva e o deputado Deley, que conseguiu emendas parlamentares para a construção das unidades esportivas.

– Nós devemos entregar um total de 12 campos, este é o quarto que entregamos. É um desejo antigo dessa comunidade, e na semana passada já havíamos entregado a iluminação deste local. Outro investimento que a região do Volta Grande e Santo Agostinho deve receber é uma cabine da Polícia Militar construída em parceria com a Prefeitura, que vi trazer mais segurança para a população – disse Neto.

O campo de futebol foi totalmente reconstruído, com um investimento de aproximadamente R$ 165.200,00. A execução da obra foi da empresa Comercial Cedro Ltda., com fiscalização da Secretaria Municipal de Obras (SMO). O local recebeu serviços de terraplanagem, drenagem e irrigação, além de plantio de 5,2 mil m² de grama da espécie celebration.

O Furban (Fundo Comunitário de Volta Redonda) realizou serviços complementares de recuperação e pintura do alambrado que cerca o campo de futebol, além dos bancos de madeira que acomodam a torcida.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

13 comentários

  1. Avatar

    Tenho lido e analisado os comentários postados aqui pelo ricardaço.. Não tenho a menor dúvida que se trata de um dos cargos comissionados do NETO na PMVR.

  2. Avatar

    ETA POVINHO O MAIS FAMOSO ELEITOR DO ZOINHO. gostaria de lhe dizer que os 95 mil eleitores do neto estao com medo que nossa cidade seja governada por alguem que disse nao ser cem por cento honesto se nao foi como deputado imagine como prefeito de uma metropole regional como V R no voto zoinho nao ganha mais nem pra vereador.

    • Avatar

      Caro ricardaço, todos sabem que eu votei no zoinho (a única opção que os eleitores me deram) para derrotar o, agora, EX-prefeito,

      Vc sabe que eu votaria em VC caso estivesse em segundo lugar. Mas infelizmente eu iria votar errado, pois agora sei que Vc é um corrupto tbm. Corrupto porque agora mostra que apoia e vota em corrupto.

      Os 95 mil eleitores corruptos de VR sustentam que o zoinho não é 100% honesto. E o EX-prefeito não é honesto tbm, pois foi declarado por unanimidade por 6X0 pelo TRE-RJ e confirmado pelo TSE.

  3. Avatar

    Imagino que essas inaugurações estão todas inacabadas, pois seriam postergadas para inaugurar perto das eleições de 2016 para enganar os 95 mil eleitores. Certamente iria enganar os funcionários públicos , incluindo os professores que acreditaram na promessa de “Regularizar o PCCs até 31/01/13”

  4. Avatar

    Zé do Bairro
    11 de maio de 2015 em 10:27

    Legalmente ele ainda assina como prefeito.
    So não assina como prefeito para comprar material para os UBSF, dos bairros, como lembrou bem amigo

    Paulo 11 de maio de 2015 em 00:16

    Alguém lembre o Neto ai que esta faltando medicamentos e seringa de insulina nas farmácias Municipais e que estão faltando médicos nos postos de saúde por favor…

  5. Avatar

    Diário do Vale, CORREÇÃO, Volta Redonda – O prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB) manteve a rotina de inaugurações durante o fim de semana. DIÁRIO DO VALE ESTÃO COLOCANDO O QUE NÃO E MAIS VERDADE, NETO NÃO E PREFEITO DE VOLTA REDONDA, E PREFEITO CAÇADO, ENTÃO LOGICAMENTE EX. PREFEITO CORRETO, ASSIM FOI SENTENCIADO EM JULGAMENTO, se mantém ele no poder sobre questionamento da sentença aplicada, JULGADA DE FORMA DE PROCESSO LEGAL. ENTÃO DIÁRIO DO VALE NÃO CONFUNDA A ELEITOR NÃO FALTE COM A VERDADE. Deveria ser colocado de maneira sim correta O Ex. Antônio Francisco Neto (PMDB) manteve a rotina de inaugurações durante o fim de semana. Valeu ABRAÇOS A TODOS DV.

  6. Avatar

    Alguém lembre o Neto ai que esta faltando medicamentos e seringa de insulina nas farmácias Municipais e que estão faltando médicos nos postos de saúde por favor…

    • Avatar

      Melhor lembrar os médicos e dentistas desses postinhos que devem cumprir a carga horária integralmente…

  7. Avatar
    e os concursaudos da pmvr 2014

    E os concursados nada de ser convocados

  8. Avatar

    O prefeito Neto está trabalhando como há muito tempo não fazia. Essa foi uma cassação motivacional. Agora esperamos que ele faça uma operação “tapa buracos” e nivelamento nas faixas das ruas onde passa ônibus porque as colunas dos passageiros já não aguentam mais. Av. Amaral Peixoto e Av. dos Trabalhadores estão acabadas. Não vou nem falar mais dos 5 anos da obra da Biblioteca Municipal (livro também é cultura)/ Memorial Getúlio Vargas (história também é cultura) para não desviar do assunto.

    • Avatar

      Você quis dizer EX PREFEITO NÉ. Lembra-se Volta Redonda é a única cidade da região sem prefeito legal,pois o mesmo foi CASSADO…….

    • Avatar

      Ex prefeito não, meu camarada! Atual!! Coube recurso e, se Deus quiser, essa palhaçada agora acaba!

      Grande Prefeito!!!

Untitled Document