terça-feira, 16 de outubro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Obra de entreposto pesqueiro em Angra vai ser iniciada, diz Jordão

Obra de entreposto pesqueiro em Angra vai ser iniciada, diz Jordão

Matéria publicada em 4 de janeiro de 2017, 18:47 horas

 


Angra dos Reis – O prefeito Fernando Jordão deu uma notícia ontem para as comunidades ligadas à pesca: o entreposto pesqueiro será construído. Segundo ele, o pré-projeto está pronto, a obra já foi licitada e a verba empenhada, ou seja, tudo pronto para atender esta demanda. Como a prefeitura está no CAUC (Serviço Auxiliar de Informação para Transferências Voluntárias), por estar inadimplente com a União, a construção será realizada diretamente pelo Ministério.

A informação foi dada por Essiomar Gomes, superintendente Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Rio de Janeiro e João Carlos Rabello, secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, em reunião realizada nesta quarta-feira,  no gabinete do prefeito. Agora, o governo terá a responsabilidade de adaptar o pré-projeto à realidade do município.

A obra, que custará R$ 4,1 milhões, será realizada com recursos oriundos de emendas parlamentares dos deputados federais Fernando Jordão (atual prefeito), que disponibilizou R$ 1,5 milhões; deputado Júlio Lopes, com mais R$ 1,5 milhões e do deputado Luís Sérgio, de R$ 700 mil. O restante, ou seja, R$ 400 mil, será disponibilizado pelo próprio Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA. Segundo o secretário de governo, Marcus Veníssius Barbosa, que era o Chefe de Gabinete do então deputado Federal Fernando Jordão, esta verba da emenda de Fernando Jordão, estava perdida e foi captada para o município graças ao trabalho de Danillo Rodrigues da Silva, superintendente de Planejamento e Gestão do deputado e especialista no assunto.

O entreposto está previsto para ser instalado no Cais dos Pescadores, local atualmente utilizado precariamente para carga e descarga de pescado. Além disso, o cais ainda é local de embarque e desembarque de passageiros, moradores e visitantes e as vendas de pescado, realizada em tendas improvisadas espalhadas ao longo do cais, o que causa um transtorno tanto para o usuário, quanto para os empresários do setor. Com o entreposto, esta demanda também será sanada, reunindo em um só local, a descarga, armazenagem e venda dos produtos.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, João Carlos Rabello, e o superintendente Federal de Agricultura, Essiomar Gomes, em reunião com Fernando Jordão (foto: Wagner Gusmão)

O secretário de Desenvolvimento Econômico, João Carlos Rabello, e o superintendente Federal de Agricultura, Essiomar Gomes, em reunião com Fernando Jordão (foto: Wagner Gusmão)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document