Paraty fica em primeiro lugar no índice de unidades de conservação no ICMS Ecológico

Cerimônia de entrega dos prêmios foi realizada no Palácio Guanabara, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira

Por Paulo Moreira

Foto: Governo do Estado do Rio
Paraty ficou em primeiro lugar no índice de destinação de resíduos sólidos

Rio – O município de Paraty foi anunciado nesta quarta-feira (8) como primeiro colocado no indicador no Índice de Unidades de Conservação, que faz parte dos critérios de distribuição do ICMS Ecológico. O prefeito Luciano Vidal foi ao Palácio Guanabara para receber a premiação.

Luciano Vidal lembrou as diversas unidades de conservação ambiental existentes no município e a atuação das comunidades tradicionais, como os indígenas, os caiçaras e os quilombolas, que têm papel destacado na preservação ambiental.

— Isso prova o trabalho e eficiência da equipe da nossa secretaria do Ambiente e das unidades de conservação — disse Vidal.

O prefeito também destacou que a cidade é Patrimônio Mundial declarado pela Unesco e agradeceu ao secretário municipal de Ambiente, Vinicius Soares de Oliveira, e ao vice-prefeito, Izaque Marendaz.

Paraty obteve ainda bom desempenho no Índice Final de Conservação Ambiental, que é o somatório de todos os critérios do ICMS Ecológico, ficando em nono lugar. Rio Claro foi o município da região com melhor posição geral, ficando em segundo lugar, logo depois de Cachoeiras de Macacu, o primeiro colocado. Esses dois municípios foram os únicos da região no “Top 10” do ICMS Ecológico.

 

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996