terça-feira, 19 de outubro de 2021 - 22:33 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Porto Real assina contrato para construir 63 casas

Porto Real assina contrato para construir 63 casas

Matéria publicada em 7 de maio de 2020, 20:20 horas

 


Prefeito de Porto Real comemora contrato para construção de casas
(Foto: Arquivo)

Porto Real – Foi publicado no Diário Oficial do Estado do Rio do dia 30 de abril um contrato oriundo de convênio entre o governo estadual e a prefeitura de Porto Real para a construção de 63 unidades habitacionais no bairro Freitas Soares.

De acordo com publicação feita na página da prefeitura em uma rede social, a expectativa agora é o que seja dada rapidamente a ordem de serviço para que a empresa responsável possa iniciar os trabalhos.

“É um momento de grande alegria para Porto Real porque foi concretizado o compromisso do Estado para a construção destas casas. A Prefeitura cedeu o terreno e o Estado fará a infraestrutura e construirá os imóveis. Temos nos dedicado há dois anos para viabilizar este convênio, que felizmente vai transformar em realidade o sonho da casa própria para 63 famílias de Porto Real”, comemorou o prefeito Ailton Marques.

O contrato prevê a implantação de toda a infraestrutura de água e esgoto no local. Os imóveis que serão construídos têm 31 e 41 m², com um quarto, sala, cozinha e banheiro, e radier para ampliação.

Os lotes tem 128 m² e ficam localizados na Avenida das Indústrias, próximos à Secretaria de Obras, no bairro Freitas Soares. As famílias beneficiadas sairão de um cadastro já realizado com 443 inscritos.

Com a assinatura do contrato, a Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação já pode iniciar a fase de avaliação dos critérios para concessão do imóvel. A previsão inicial é de 10 meses para a execução completa da obra, que ao todo custará R$ 5.884.590,76, custeados pelo Governo do Estado.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Emir Cicutiano
    8 de Maio de 2020 em 12:22 não precisa defender o “poste do executivo”!!! Ele não vai ganhar mesmo! Se preocupa em procurar o que fazer, pois o cargo comissionado vai pro ralo!!!

    • Se o óbvio na tua cabeça obtusa é defesa, na medida em que o óbvio contraria teus preceitos, que assim seja… Quanto a ser cargo comissionado, não preciso. Sempre tive e tenho inteligência e capacidade de articulação suficientes para ter minha independência financeira sem precisar adular ninguém, daí meu compromisso é com o justo, não em agradar A, B ou C…

      Esse teu argumento, sim, é digno de opositor intransigente que está doido para pegar uma boca, porque só se espelha no outro aquilo que pensa sobre si próprio. Só posso sentir dó de vc…

  2. Vê se esse momento é para isso prefeito???

    Por favor né…

  3. Alguém precisa ser preso nesta história! R$ 95.000 cada casa!!! Construí uma com 3 qts(2 suítes), banheiro social, sala, cozinha, área e garagem por R$ 140.000. A hora é agora!!!

    • Exatamente…e olha que os terrenos d a infraestrutura serão por cinta do poder público!!! São 2.300 reais o metro quadrado, pra construção maior!!!

    • Espectador tupiniquim

      Cia de salafrários! Nem em plena pandemia, deixam de fazer politicagem com o dinheiro público. A hora é agora de desfilarem de camburão!

    • Casa de 3 quartos por 140 mil, ou vc não teve mão de obra ou não fez o acabamento da casa. Qualquer meia-água em área de posse, sem escritura, não sai por menos de 80 bolsos… No caso desse projeto da prefeitura, coloca aí que tem, além da mão de obra, a urbanização da área (abertura de rua, asfalto, rede de água, esgoto, postes, cabeamento, etc.), e isso não sai nem um pouco barato…

Untitled Document