sexta-feira, 15 de outubro de 2021 - 21:27 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Porto Real paga a servidores e fornecedores antes do carnaval

Porto Real paga a servidores e fornecedores antes do carnaval

Matéria publicada em 24 de fevereiro de 2017, 22:03 horas

 


Pagamento dentro do mês trabalhado foi compromisso assumido pelo prefeito

Austeridade: João Paulo afirma que prefeitura precisa trabalhar com superávit (Foto: PMPR)

Austeridade: João Paulo afirma que prefeitura precisa trabalhar com superávit
(Foto: PMPR)

Porto Real – Nesta sexta-feira (24), a Prefeitura de Porto Real antecipou o pagamento integral do salário de fevereiro do funcionalismo público. Quitar o pagamento dentro do mês trabalhado foi um compromisso assumido pela administração municipal junto ao Sindicado de Funcionários Públicos Municipais, em reunião realizada há um mês no gabinete do prefeito Jorge Serfiotis.

— Fico satisfeito em poder honrar mais uma vez a nossa palavra e mostrar que o pagamento dos servidores é realmente uma prioridade — comemorou o prefeito.

O Secretario de Fazenda e Planejamento, João Paulo dos Santos, acrescenta que durante a semana o município também fez um novo pagamento às empresas prestadoras de serviço, o que permitiu a quitação do mês de janeiro com os trabalhadores.

— Desde o início do novo governo, pagamos parte da fatura de novembro, além das faturas de dezembro e janeiro. Nossa perspectiva é continuar pagando conforme o vencimento às prestadoras e seguir colocando em dia as dívidas antigas — planeja.

Segundo ele, buscar um equilíbrio entre despesa e receita é a grande meta a ser perseguida pela gestão financeira do município.

— Precisamos trabalhar com superávit, para honrar nossos compromisso e atender a população. Estamos confiantes que com a recuperação da economia no País, Porto Real retome sua condição histórica de crescimento — analisa o secretário, que reforça a necessidade de austeridade: “Enquanto a arrecadação não melhora, é necessário fazer um grande esforço de cortar os gastos desnecessários e trabalhar dentro das nossas possibilidades”, conclui.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. E na farmacia continua a falta de remedios.Na sexta fui levar uma pessoa para curativo nem pomada que a mesma precisava tinha,tesoura sem corte ainda assim medicos e enfermagem atendendo com tto carinho e profissionalismo o fato ocorreu no hospital.

  2. E na farmacia continua a falta de remedios.Na sexta fui levar uma pessoa para curativo nem pomada que a mesma precisava tinha,tesoura sem corte ainda assim medicos e enfermagem atendendo com tto carinho e profissionalismo .

  3. Então, pagar os contratados demitidos deve ser um gasto desnecessário. Porque a prefeitura não pagou ninguém.

  4. Então porque não honraram o pagamento dos funcionários contratados que foram demitidos no início deste ano. Quando vamos na prefeitura pedir informações eles dizem que não tem previsão para o pagamento, e a maioria não recebeu nem o salário de dezembro. E todos estão com as carteiras de trabalho em aberto, nem isso a prefeitura fez. Um verdadeiro abandono e uma falta de respeito com os trabalhadores.

  5. Então Porto Real tbm ficou com dívidas do governa anterior? Quanto foi a dívida?

    Mai uma cidade do Sul Fluminense com dívidas dos governos anteriores. VR tem a dívida maior de 805 milhoes. Em segundo lugar vem BM com R$ 267 milhões mais a dívida de R$ 53 milhões deixada pela OS Geração, etc e por enquanto.

    Faltam divulgar as dívidas de Angra do Reis e Porto Real

Untitled Document