>
sábado, 28 de maio de 2022 - 14:08 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Prefeito de Paraty é vítima de atentado

Prefeito de Paraty é vítima de atentado

Matéria publicada em 19 de maio de 2015, 20:52 horas

 


Motociclista esperava Casé na saída da prefeitura, na Costa Verde do Sul Fluminense, e fez os disparos que o atingiram de raspão na cabeça

 

Fora de perigo: casé foi medicado e passa bem

Fora de perigo: Casé foi medicado e passa bem

 

O prefeito de Paraty, Carlos José Gama Miranda, o Casé (PT), ficou ferido no início da noite desta terça-feira (19), depois de ter sido alvo de um atentado. De acordo com informações da assessoria de imprensa da prefeitura, Casé foi atingido de raspão na cabeça por um tiro quando deixava a sede do governo municipal.

O atentado ocorreu por volta das 19h, quando um motociclista que estava esperando a saída do prefeito fez os disparos e fugiu. No momento do atentado, Casé saía acompanhado do servidor público Sérgio José, que seria primo dele. Ele também foi baleado de raspão na cabeça e junto com o prefeito foi encaminhado ao Hospital Municipal, que fica ao lado da sede da prefeitura.

Ainda segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, os dois foram medicados e já se encontram fora de perigo.

Agora, equipes da Polícia Civil e Militar estão à procura do autor dos disparos. Imagens de câmeras de vigilância da prefeitura serão utilizadas para tentar identificar o homem.

Em nota, a prefeitura de Paraty condenou o episódio o qual classificou como “gravíssimo de violência” e agradeceu a solidariedade da população. Familiares e amigos de Casé e de Sérgio José, assim que souberam do atentado, iniciaram uma vigília na porta da prefeitura, torcendo pela recuperação das duas vítimas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Isso tem de ser apurado com todo o rigor, isso é um absurdo e nos remete aos rincões do nordeste de décadas atrás, nos aproxima de lugares do mundo onde a democracia é inaceitável e os desagrados políticos e/ou de opinião são resolvidos à bala. Se aceitarmos isso com naturalidade e desdem, em anos podemos nos sujeitar e conviver com situações similares as que ocorrem no Paquistão, Afeganistão ou mesmo a Colômbia do século passado.

Untitled Document
close