sexta-feira, 15 de outubro de 2021 - 20:40 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Prefeitura de Pinheiral interdita academia por risco de desabamento

Prefeitura de Pinheiral interdita academia por risco de desabamento

Matéria publicada em 13 de abril de 2017, 20:05 horas

 


Atividades serão transferidas para outro local até que problema descoberto no prédio atual seja resolvido

Reunião: Prefeito explica motivo da transferência das atividades da Academia da Saúde

Reunião: Prefeito explica motivo da transferência das atividades da Academia da Saúde

Pinheiral – O prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa (PMDB), promoveu esta semana uma reunião com moradores do bairro Três Poços, a equipe da Defesa Civil e dos secretários de Obras, Carlos Henrique Souza, e de Saúde, Everton Alvim. O objetivo foi informar à comunidade que a sede da Academia da Saúde, do bairro Três Poços, terá que ser interditada, por oferecer risco de desabamento de encosta, o que poderia causar ferimentos ou até morte aos frequentadores.

A decisão da interdição, até que seja feita a realização de obras de contenção, foi tomada após o laudo expedido e assinado por dois geólogos, do Departamento de Recursos Minerais, do Governo do Estado, que realizaram a inspeção do local.

O prefeito garantiu que está buscando uma parceria junto à Fundação Oswaldo Aranha (FOA), ou mesmo, se necessário, fará o aluguel de um espaço provisório, para que as atividades que são oferecidas gratuitamente para a comunidade, não sejam interrompidas, no bairro Três Poços.

Na documentação expedida pelos geólogos, consta que, após vistoria, “foi observado um escorregamento de rocha alterada de solo com volume de 2m³ aos fundos da Academia da Saúde”. Conforme relatado ainda o “talude com seis metros de altura e distância de 1,5 m dos fundos tem histórico de escorregamentos anteriores e, teve novo desabamento, alcançando as paredes do fundo da academia, sem destruição. Há alto risco no local devido às evidências e a pouca distancia da academia”.

– Gostaríamos de estar aqui, por uma razão melhor, mas não podemos nos esquivar de nossas obrigações. Mas, diante da gravidade da situação, pois temos um laudo de dois geólogos do Estado, que nos assustou e mostra que a academia está em situação de risco iminente. Pode ser que, ocorra um desabamento, em três meses, um ano ou mesmo, após qualquer forte chuva. Por isso, a necessidade imediata da interdição, pois estamos tratando de vidas em risco. Estamos estudando duas alternativas para que as atividades realizadas continuem nas instalações da FOA, ou em um espaço que podermos alugar no bairro. Não vamos finalizar as atividades da Academia, temos um compromisso com vocês – explicou o prefeito, acrescentando que não pode dar um prazo para a execução das obras de contenção devido ao quadro financeiro atual do município.

Segundo a coordenadora da Academia da Saúde, Priscila Carelli, o problema do desmoronamento de terra foi observado, pela funcionária da Academia, após uma grande quantidade de areia começar a cair nos últimos dias.

— Nós temos vidas aqui dentro. Se a academia estivesse fechada e caísse, sem ninguém aqui, não teria problemas, mas como profissionais da Saúde, não poderíamos fechar os olhos para isso. E, se acontecesse uma fatalidade com uma criança, por exemplo, que participa da aula de ballet. Mediante a isso, tirei fotografias, acionei o secretário, a Defesa Civil veio e, logo após, os geólogos que constataram que infelizmente teremos que fechar a academia por um tempo — disse a coordenadora.

A moradora do bairro, Claudete Oliveira, que participou da reunião concordou com a decisão.

– Acho melhor fazer as atividades em outro local, do que correr o risco do barranco cair em cima da gente. Vida, não tem como o voltar atrás. Faço ginástica na academia e tenho criança que faz ballet. A gente não vai deixar ter a ginástica, só não será aqui e, sim em um local seguro-, concluiu Claudete.

A reunião contou também com a participação do presidente da Associação de Moradores do bairro Três Poços, Valter do Carmo, que mostrou documentação registrada com o questionamento feito com relação a encosta, na data em que, na gestão anterior, foi realizada a construção da Academia, na Avenida Nilton Penna Botelho, no bairro Três Poços.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. EDNARDO, POR FAVOR TIRE O DIKCSON (ASPONE)= ASSESSOR DE P.NENHUMA.

  2. Aventureiro não, politiqueiro kkkkkk

  3. Cidadão pinheiralense

    Quem assinou o projeto foi o mesmo q assinou do viaduto que nao vai pra lugar nenhum, aquele elefante branco q tem em frente ao hospital!!

  4. Morador de Pinheiral

    Quando construíram essa academia já existia essa encosta (barranco) ?
    Na época existia CREA ? Existia Defesa Civil ? Fiscalização da Prefeitura ?
    Quem assinou o projeto de construção não viu o barranco ? Ou não tem projeto ?

  5. agafjgjjkWantuil fortes Silvério

    Lá na rua do Kafundo, Não existe asfaltamento e nem iluminação pública e ainda Tal chamada Prefeitura está me cobrando taxa de iluminação no carnê e na conta de luz
    Eu sei da inconstitucionalidade ,+ já estou providenciando uma ação contra esses picaretas desse bairro chamado Pinheiral .

  6. Ue, nao to entendendo.
    A academia de tres poços pertence a volta redonda ou pinheiral??
    O que o prefeito de pinheiral tem a ver com isso??

  7. Se o dicson assinou o laudo, não vale.:-)

    • Sr, se informe melhor sobre o processo de interdição, não sou aventureiro, trato meu trabalho com seriedade.

Untitled Document