Prefeitura decreta intervenção na diretoria da Santa Casa de Barra do Piraí - Diário do Vale
terça-feira, 21 de setembro de 2021 - 01:16 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Prefeitura decreta intervenção na diretoria da Santa Casa de Barra do Piraí

Prefeitura decreta intervenção na diretoria da Santa Casa de Barra do Piraí

Matéria publicada em 21 de fevereiro de 2017, 21:42 horas

 


Esteves: ‘O nosso intuito é lutar em defesa de pessoas que necessitam ser atendidas no hospital’ (Foto: PMBP)

Esteves: ‘O nosso intuito é lutar em defesa de pessoas que necessitam ser atendidas no hospital’
(Foto: PMBP)

Barra do Piraí – O prefeito Mario Esteves (PRB) assinou, na manhã desta segunda-feira, 20, o decreto que determina intervenção na Casa de Caridade Santa Rita de Cássia, popularmente conhecida como Santa Casa. De acordo com o chefe do Executivo, a medida foi tomada em virtude da situação crítica do hospital, que, mesmo depois de receber R$ 400 mil em repasse do governo, não quitou salários atrasados de médicos e funcionários. Os trabalhadores ameaçam fazer um pedido de demissão coletiva, caso nenhuma medida seja tomada no sentido de solucionar o problema. Com a intervenção, a prefeitura pretende pagar os funcionários o mais breve possível.
Segundo o procurador geral do município, Marcelo Macedo Dias, o decreto do Executivo tem força de lei. “O único caminho legal que a diretoria da Santa Casa terá para tentar reverter o quadro é a Justiça. No entanto, acreditamos que os órgãos fiscalizadores e tribunais tenham total ciência do cenário conturbado que cerca o hospital, sobretudo no aspecto financeiro, uma vez que, mesmo recebendo recursos públicos e privados, não consegue estabelecer um equilíbrio no caixa da instituição. É uma situação que se agrava, ano após ano, e que, infelizmente, requer uma atitude drástica como essa para, enfim, ter um desfecho positivo para a população”, avalia o advogado.
Já o prefeito faz questão de frisar que não existe nenhuma tentativa de “falar mais alto” do que a diretoria que administra, hoje, a Santa Casa. “O nosso intuito não é brigar com A ou B, mas, sim, lutar em defesa daquelas milhares de pessoas que necessitam, diariamente, ser atendidas no hospital pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Não queremos criar traumas e esperamos que os gestores da unidade tenham sensibilidade para compreender que, neste momento, o melhor para Barra do Piraí, para os pacientes e até para a Santa Casa é a intervenção do Executivo. Fui eleito para priorizar os interesses dos barrenses e é isso que estou fazendo”, explica.
Mario Esteves destaca que, tão logo o interventor escolhido assuma os rumos do hospital, a primeira atitude será colocar os salários de médicos e demais funcionários em dia. “É preciso fazer com a Santa Casa o mesmo que estamos fazendo na prefeitura: gestão, com a correta aplicação dos recursos públicos. O ralo de desperdício de dinheiro tem que ser fechado, de uma vez por todas. A prioridade é pagar os salários atrasados e garantir a prestação de serviços aos usuários do SUS. Repito: não se tratar de comprar briga com ninguém, não é isso que queremos. No entanto, faremos o que for preciso para salvar a Santa Casa”, garante o prefeito.
O decreto do Executivo prevê o afastamento de toda a diretoria que administra a Santa Casa, atualmente, e a nomeação de uma comissão interventora, que irá gerir a instituição, sendo um braço do poder público municipal dentro da unidade. É a primeira vez que um documento com esse teor é assinado em Barra do Piraí, no que tange ao hospital. Ainda na manhã desta segunda, todos os vereadores se reuniram com o prefeito, no gabinete, para serem comunicados a respeito da decisão.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. agafjgjjkWantuil fortes Silvério

    Mário Esteves , À santa casa é particular já que houve repasse do governo . Mário Esteves faça o melhor para Barra do Piraí . Porque não cria o hospital municipal . Barra do Piraí Quase 200 anos de existência .Nem um hospital público. Vergonha , vergonha, vergonha !….

  2. É isso aí! Não se trata de um hospital privatizado, mas é como fosse.

    No passado privatizaram e agora recebemos de volta uma empresa totalmente sucateada e com mais dívidas.

    Eu só conheço uma empresa privatizada que ainda está bem das pernas que é a EMBRAER. Todas as outras estão devendo mais do que antes da privatização.

    Será que a Cedae será diferente. Será que deixaremos os “olhos grandes” tomarem o SAAE-VR?? O que tem a dizer os samukets????

    Colocar empresa pública na mão de quem NÃO CONHECE a Administração Pública e NÃO ENTENDE de Gestão Pública dá nisso.

Untitled Document