sábado, 4 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Prefeitura e conselho se reúnem com representante da Estácio

Prefeitura e conselho se reúnem com representante da Estácio

Matéria publicada em 12 de fevereiro de 2016, 18:20 horas

 


Diálogo: Universidade, conselho e coordenador da juventude discutem opções para estudantes em Angra dos Reis

Diálogo: Universidade, conselho e coordenador da juventude discutem opções para estudantes em Angra dos Reis

 

Angra dos Reis – A Coordenadoria da Juventude da Prefeitura de Angra dos Reis realizou no dia 5 de fevereiro uma reunião entre representantes do Conselho Municipal da Juventude e a Universidade Estácio de Sá, para tirar dúvidas sobre vestibulares, bolsas e novos cursos. A reunião contou com as presenças do coordenador municipal da Juventude, Andrei Lara, do diretor da universidade em Angra, Marcos Henrique, da presidente do conselho, Gisele Costa e dos conselheiros da setorial de universidade, Alex de Almeida, Kelvin Vicarone e Roberto Arruda.
O vestibular social foi um dos temas centrais do encontro. A instituição, como contrapartida, oferece hoje 10 bolsas de 100% para alunos que concluíram o ensino médio em escolas públicas. A partir do próximo ano esse número de bolsas contemplará 20 estudantes. Segundo o coordenador de Juventude, Andrei Lara, é uma boa notícia para os candidatos que queiram ingressar em uma universidade.
– Fico satisfeito em acompanhar o crescimento e o amadurecimento da juventude na nossa cidade. Os jovens sabem o que querem e estão lutando por suas demandas. Essa reunião é uma prova disso. A coordenadoria está à disposição deles e eles sabem que podem contar conosco – disse Andrei.
Outra boa notícia foi sobre novos cursos na Estácio de Sá. Marcos Henrique revelou que já fez pedidos de outras formações para a sede de Angra, como engenharia de produção e direito.
– Este processo se dará em médio e longo prazo, mas é um início para novas possibilidades de formação superior para a juventude angrense – avaliou Marcos.
Outras demandas apresentadas foram a questão da segurança no campus e a sua possível expansão. A instituição solicitou reforço policial para dar mais segurança aos alunos e professores. Sobre a expansão, Marcos explicou que além dos dois blocos que a universidade ocupa e da ampliação de salas, há a possibilidade de utilização de mais um bloco, ocupado hoje, temporariamente, por um time de futebol. Outra reunião será marcada para a entrega de um relatório do Conselho Municipal da Juventude, com todas as solicitações formalizadas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document