segunda-feira, 24 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Professores de Volta Redonda receberão piso nacional com recursos da Dívida Ativa

Professores de Volta Redonda receberão piso nacional com recursos da Dívida Ativa

Matéria publicada em 20 de maio de 2019, 19:46 horas

 


Prefeitura vai promover licitação para que instituições financeiras passem a fazer a cobrança de dívidas com a prefeitura

Samuca informa a professores que prefeitura pagará piso nacional
(Foto: Evandro Freitas – Secom VR)

Volta Redonda – O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, informou aos profissionais de educação que em breve pagará o Piso Nacional do Magistério a todos os professores da rede municipal. O anúncio foi feito na abertura do Fórum de Avaliação e Monitoramento do Plano Municipal de Educação, nesta segunda-feira, dia 20.

Segundo o prefeito, apesar da crise financeira e o alto índice de endividamento, através de uma gestão inovadora a cidade avança para cumprir o piso do magistério. Ainda neste mês haverá licitação para que instituições financeiras apresentem propostas para realizarem a cobrança da dívida pública (inscritas em Dívida Ativa), que atualmente é de R$ 2 bilhões.

– Meu único compromisso financeiro, realizado até agora, com esse recurso, com esse contrato, é melhorar o salário do profissional de educação. Assinando o contrato, vamos pegar parte desse recurso e honrar meu compromisso para que nenhum profissional de educação de Volta Redonda receba menos que o piso nacional -, acrescentou o prefeito.

Durante sua fala, o prefeito aproveitou a ocasião para anunciar outra novidade para os profissionais da educação presentes. Trata-se de um investimento de R$ 2,5 milhões para a implementação de laboratórios de informática em 57 unidades escolares do município. O recurso é do PAR (Plano de Ações Articuladas), do Ministério da Educação (MEC).

– Estamos atuando com responsabilidade. Em um momento de crise financeira como a que vivemos, com uma dívida maior que a arrecadação, somente com uma gestão eficiente e inovadora vamos conseguir avançar na valorização dos profissionais de educação. Ao contrário de outros, não anunciamos cortes, anunciamos avanços – disse o prefeito.

Profissionais decidem futuro da educação em Volta Redonda

O auditório da Secretaria Municipal de Educação (SME) de Volta Redonda sediou na manhã desta segunda-feira, dia 20, o Fórum de Monitoramento e Avaliação do Plano Municipal de Educação (PME). Durante o evento foram votadas as alterações propostas para o plano e em seguida, esse plano será encaminhado para aprovação na Câmara Municipal.

De acordo com a coordenadora da Equipe Técnica de Monitoramento e Avaliação do PME, Sammar Bella Santos, a análise técnica foi apresentada durante o Pré-Fórum no Colégio Getúlio Vargas, onde participaram cerca de 400 pessoas, e nesta segunda-feira, é realizado o fórum que é deliberativo, decidindo quais alterações que serão feitas.

“O PME foi aprovado em 2017 e é um planejamento para 10 anos para a educação. De dois em dois anos, ele precisa ser monitorado e avaliado. Precisamos saber se o que estava previsto no plano está acontecendo e se está em andamento. Essa primeira etapa é o monitoramento, acompanhar as ações previstas para a educação, e avaliar o plano, tornar mais adequado”, explicou a coordenadora.

A secretária de Educação, Rita Andrade, agradeceu o trabalho de todos os envolvidos, incluindo a equipe técnica da SME. “Temos muito a fazer. Hoje temos o privilégio, o dever e a honra de estarmos aqui para fazer com que nossa educação, que já é de qualidade, seja melhor. Vamos trabalhar. Agradeço também ao prefeito por essa oportunidade”.

O prefeito Samuca Silva participou da mesa de abertura do fórum e a participação de todos os profissionais presentes.

— Nosso objetivo é construir uma educação melhor para todos e deixar um legado para nossa cidade. Temos a capacidade e a obrigação de rever as metas para chegar nos objetivos do PME. Sem a participação de vocês, seria incoerente — declarou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

14 comentários

  1. Avatar

    O país numa baita crise, com tantos desempregados, tantos servidores sem salário, e vem esses caras falando em reajuste?… Isso é um tapa na cara da população! Muitos servidores acham que o governo só existe para pagar salários para eles (muitos deles improdutivos e que vivem mais sob licenças e atestados que trabalhando), o resto que se lasque…

    • Avatar

      Comece primeiro a cobrar da CSN pago pra ver se tem coragem.

    • Avatar

      Fique 20 anos, sem aumento de salário, reposição das perdas com a inflação, depois venha dizer que o funcionário público, é vagabundo .

    • Avatar

      É importante lembrar que as perdas salariais, do funcionario público, vem do desgoverno Neto e Gotardo.
      O bla bla bla, continua na mesma marcha.

  2. Avatar

    Ele vai entregar um patrimônio da cidade para os banqueiros a troco e uma parte que só saberemos através do contrato. Se Vc não pagou para a PMVR via pagar agora para o banqueiro. Isso se chama securitização da dívida ativa.

  3. Avatar

    Imagina só, a prefeitura recebeu os valores devidos na dívida ativa, aumentou o salário dos professores e depois esse dinheiro acaba e não consegue pagar mais os professores, atrasa o pagamento. Perfeito prefeito, a bomba estoura no próximo governo e você tira o seu da reta.

    • Avatar

      Exatamente, o que vai acontecer Eduardo.
      Ele está vendendo um lote, ali, na Lua.
      Fake news, o tempo todo, não dá para acreditar no Prefeito.

  4. Avatar

    Dívida ativa,
    Se não receber nada?
    Professor, não gaste por conta !
    É só um bla bla bla e bla, para ganhar tempo e espaço no jornal.
    E o reajuste………..é zero!

  5. Avatar

    Dívida Ativa me lembra São Camilo, Santa Margarida, CSN…

  6. Avatar
    Professor Intocável

    Ele vem com mais uma falácia. Não é verdade o que ele disse. Tudo isso é reflexo do efeito Delegado Antônio Furtado. Samula Silva do Blá Blá Blá Blá do Qatar.

  7. Avatar

    É impressionante este prefeito…vai pagar o piso nacional para educação. E a saúde?Kd o piso da enfermagem e as 30h?

Untitled Document