;
sábado, 28 de novembro de 2020 - 04:38 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / PSOL confirma Petterson Magno e Eliza Campos como pré-candidatos à Prefeitura de Barra Mansa

PSOL confirma Petterson Magno e Eliza Campos como pré-candidatos à Prefeitura de Barra Mansa

Matéria publicada em 15 de setembro de 2020, 15:53 horas

 


PSOL oficializa pré-candidatos a prefeito em Barra Mansa

Barra Mansa – Em convenção realizada no dia 15/09/20, o PSOL ratificou como pré-candidatos à Prefeitura de Barra Mansa os nomes de Petterson Magno para prefeito e o de Eliza Campos para co-prefeita da cidade (sem coligação e candidaturas para o legislativo). Petterson Magno é mestre em História pela UFRRJ, servidor público municipal na área da Educação e Diretor licenciado do SEPE (Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação). Está filiado ao PSOL desde 2016: “Eu estava incomodado com a situação do país, com todos os ares de golpe que se instalavam contra a presidenta Dilma, que tinha sido democraticamente eleita com um programa de esquerda, mas que logo depois de ganhar as eleições nomeou Joaquim Levi para Ministro da Fazenda, implementando então o programa do Aécio. Enfim, eu estava preocupado com as movimentações da direita e decepcionado com o PT e vi no PSOL uma opção”, conta Petterson.

Eliza Campos é professora de Educação Física, Psicomotricista, Psicóloga, ex-Diretora do SEPE e possui vasto currículo acadêmico. É professora da rede pública em Barra Mansa e Volta Redonda e atua como psicóloga em consultório particular. No PSOL desde 2010, Eliza foi Conselheira do Fundeb entre 2008 e 2010 e se mantém na luta pela classe trabalhadora: “participei da greve de 2013 em Volta Redonda, da construção do PCCS (Plano de Carreira, Cargo e Salários) em Barra Mansa, do direito à eleição de diretores nas escolas municipais e combatemos a retirada de direitos do governo Drable”, relembra a pré-candidata.

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) foi criado em 2004 após rompimento com o Partido dos Trabalhadores (PT) em função da reforma da previdência, que, segundo o partido, retirava direito de servidores públicos, e do modo como o novo governo buscava fazer política. Desde então, o PSOL afirma se posicionar na defesa dos direitos sociais, de uma educação pública e universal, por melhorias Sistema Único de Saúde (SUS), pela valorização dos trabalhadores do setor privado e do funcionalismo público, pelo respeito ao meio ambiente e pelo cuidado com os direitos humanos das classes oprimidas, como negros, mulheres e LGBTQIA+.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    E uma boa opção de voto. Vou avaliar.

  2. Avatar

    Se faz parte do SEPE nao presta, o SEPE é o câncer da nossa Educação.
    Só professores que querem ficar recebendo ganhando dinheiro encostados>
    Minha mão já dizia, o que o SEPE é a favor, eu sou contra !!!!

Untitled Document