Rodrigo Furtado requer vacinação para profissionais de educação

by Paulo Moreira

Rodrigo apresenta requerimentos em sessão da Câmara de Volta Redonda

Volta Redonda – O vereador Rodrigo Furtado (PSC) apresentou requerimento verbal, durante a sessão mais recente da Câmara Municipal de Volta Redonda, na quinta-feira (25), para que o Legislativo indique ao governo municipal que dê prioridade à vacinação dos profissionais de Educação das redes pública e privada contra a Covid-19, tendo em vista que eles têm contato com crianças e adolescentes, que geralmente são assintomáticos, e assim, têm mais risco de contaminação.

Rodrigo lembrou ainda que já está em vigor o retorno parcial das aulas presenciais em vários estabelecimentos da rede particular, o que torna mais urgente a imunização desses profissionais.

Em outro requerimento, o vereador pediu a seus pares que seja enviado ofício à Prefeitura de Volta Redonda para que seja firmado um convênio com o governo estadual, visando a realização de um mutirão de cirurgias de catarata. Ele justificou que há um grande número de pessoas – principalmente idosos – que estão esperando por vaga para a realização do procedimento, e ressaltou que muitos desses pacientes já fizeram os exames pré-operatório, o que também dá um caráter de urgência ao pedido, já que esses exames têm prazo de validade.

You may also like

19 comments

pagando pra ver. 1 de março de 2021, 16:05h - 16:05

Respeito é bom e eu gosto senhor vereador.
O prefeito agora é o NETO, vc é aliado do outro que se dizia gestor, deu no que deu.
Ninguém vai furar fila não vereador, vem com esse joguinho não, Idoso tem prioridades.

VAI VENDO 28 de fevereiro de 2021, 21:43h - 21:43

Priorizar somente professores em atividades presenciais. Os demais podem aguardar.

Alfersil 28 de fevereiro de 2021, 19:30h - 19:30

Vá legislar, vereador!

VAI VENDO 28 de fevereiro de 2021, 21:45h - 21:45

E isso é o quê?

Não é aquilo que muitos dos vereadores fazem, como fazendo o trabalho do presidente de associação de moradores.

DENTISTA ÉTICO 28 de fevereiro de 2021, 17:19h - 17:19

Eu sou dentista, e sou da área de saúde.
Tenho sim prioridade de ser vacinado antes.
E fui.
Quem for trouxa que espere.

Augusto César Carvalho 28 de fevereiro de 2021, 09:21h - 09:21

E os policiais?
E os guardas?
E os fiscais?
Esses estão todos os dias nas ruas para combater esse vírus maldito.
Eles deveriam ser prioridade também.
Estão na linha de frente do combate.
E não é furar fila.
Existe uma lei federal que dá prioridade, e lei é para ser cumprida.

Vacina para todos! 28 de fevereiro de 2021, 11:41h - 11:41

Melhor maneira é por idade e pronto.

Lixeiro tá na rua tod dia.

Pessoal do supermercado nunca parou.

Chega de vacinação por classes!

Quem defende vacinação por classes é porque será favorecido.

Todos são iguais perante lei.

VAI ACHANDO 28 de fevereiro de 2021, 17:23h - 17:23

Concordo.
O cara quer comparar policiais com caixa de supermercado, lixeiro.
Não vejo lixeiro entrar em lugares lotados de gente sem máscara, nem caixa de supermercado.
Pegam um artigo da constituição e acham que sabem de leis.
Por isso que continuam na ignorância.
Forças de segurança tem sim prioridade na vacinação.
Imagine a cidade sem policiais, sem guardas, sem fiscais, sem agentes penitenciários.
Ficar sem caixa de supermercado pode.

guto 27 de fevereiro de 2021, 21:35h - 21:35

Excelente iniciativa, pois eles podem pegar o vírus que não tem efeito nenhum nas crianças e transmiti-lo para seus familiares!
Parabéns pela iniciativa vereador Rodrigo Furtado!!!!

Marcelo 1 de março de 2021, 04:55h - 04:55

Professor hoje em dia eu teria é vergonha graças a alguns exemplos pois festa é praia pode

Carlos Eduardo Gonçalves da Silva 1 de março de 2021, 10:29h - 10:29

Como pode existir gente ignorante…deveriam estar brigando por vacinação em massa. Agora o respeito pelo próximo deveria ser prioridade. Professores se tornam mestre por amor em ensinar e não porque foi mais cômodo, até porque muitos acham que professor tem obrigação de ensinar as crianças o que deveria ser ensinado pelos pais, educação vem de berço, mais o que dizer se nem os pais hoje em dia tem educação da pra se ver pelos comentários com falta de respeito a classe já que eles tem família, filhos e pais e muitos também estão na área de risco. A vacina deveria ser pra todos assim como o respeito também. Pense bem….estudar 4 a 6 anos pra ensinar respeito para os filhos desses mal educacado. Mandar filho pra escola pra fazer papel de pai e mãe e fácil.né?

E o pobre? 27 de fevereiro de 2021, 17:07h - 17:07

Se for vacinar por classes é injusto.

O lixeiro, o frentista, o motorista, o comerciario , o industriario, o jornalista, a cozinheira merecem vacina da mesma maneira.

E se vocês forem ver as classes que querem privilegiar como médicos, professores, militares são classes formadas em sua maioria por brancos.

Desse jeito será uma vacinação elitista.

Todos são iguais perante a lei ! 27 de fevereiro de 2021, 16:17h - 16:17

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País, a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade…

Todo são iguais perante a lei, nada de furar fila!

Ninguém merece mais a vacina por profissão ou classe!

Jorge Lucas 27 de fevereiro de 2021, 19:57h - 19:57

Vejo da mesma forma!!!

João 28 de fevereiro de 2021, 11:46h - 11:46

Notem que as classes que querem ser favorecidas são as que tem curso superior .

Chega de clássismo!

Que seje por idade e ponto final.

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer .

Galera querendo furar fila.

Lamentável!

Vacina para todos já!!!! 27 de fevereiro de 2021, 16:13h - 16:13

Voltamos aos tempos das aristocracia, burguesia e plebe.

Agora a vacinas será por classes.

Primeiro foram a classe médica, agora a educação, depois os militares, etc…

O povão, a plebe, que anda no ônibus lotado não está em questão.

Triste realidades.

Acho que a forma mais justa é por faixa etária.

Sem falar que professores vacinados não terão tanta preocupação com protocolos e as crianças levarao para casa o covid.

guto 27 de fevereiro de 2021, 21:37h - 21:37

Você diz “professores vacinados não terão tanta preocupação com protocolos… “.
Não compare a ética profissional dos professores com sua falta de ética!!!!

Zero 28 de fevereiro de 2021, 17:39h - 17:39

Essa classe de professores não deveriam nem parar de trabalhar, vagabundos.

Quando os governos noticiam o retorno às aulas eles se aglomeram pra se manifestar ameaçando com greve.

Corta o salário deles que recebem dos impostos pagos pelos contribuintes e deixem eles em casa.

Marcelo 1 de março de 2021, 04:57h - 04:57

Guto professor em sua grande maioria hoje é q não deu em certo em nada aí vira professor acorda

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996