sexta-feira, 20 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Samuca pede que Câmara autorize verba para fazer acesso a polo metalmecânico

Samuca pede que Câmara autorize verba para fazer acesso a polo metalmecânico

Matéria publicada em 20 de agosto de 2019, 19:29 horas

 


Prefeito apresentou projeto de R$ 80 milhões à Câmara que prevê acesso a polo metalmecânico, asfaltamento e nova iluminação

Samuca conversa com vereadores sobre empréstimo disponibilizado pela Caixa

Volta Redonda – O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva (PSDB), esteve na tarde desta terça-feira (20) no Salão Nobre da Câmara Municipal de Volta Redonda, onde se encontrou com a maior parte dos 21 vereadores.  A visita teve como objetivo levar aos vereadores uma mensagem em que o prefeito pede autorização para firmar um contrato de empréstimo de R$ 80 milhões com a Caixa Econômica Federal. Desse valor, cerca de R$ 3,5 milhões serão utilizados para construir o acesso a um condomínio empresarial que abrigará algumas das empresas que comporão o polo metalmecânico.

– O município todo, e também outros municípios da região, será polo metalmecânico, mas algumas empresas já assinaram termos de intenção com a prefeitura. Para estas, vamos disponibilizar esse condomínio empresarial- disse Samuca.

Além dos R$ 3,5 milhões para o acesso, cerca de R$ 30 milhões serão investidos em asfalto para todos os bairros da cidade, e R$ 40 milhões serão usados na substituição das lâmpadas que servem para iluminação pública por equipamentos mais modernos, de LED (Light Emitting Diode, ou diodo emissor de luz), que gastam menos energia e são mais duráveis que as lâmpadas usadas atualmente.

Além disso, também haverá verbas para obras referentes às chuvas de abril, que foram as mais intensas da história da cidade e para investir nos ônibus do Tarifa Comercial Zero.

Samuca conseguiu a liberação para assinar o convênio através do Finisa e dos projetos Avançar Cidades e Pró-Cidades.  Segundo Samuca, em um momento de crise financeira, com grande grau de endividamento, faz com que sobre poucos recursos para investimentos na cidade.

— Esse convênio é uma das formas da gente investir na cidade sem comprometer a saúde financeira do município, com um convênio saudável financeiramente para a cidade. Vamos conseguir realizar recapeamento asfáltico, uma demanda da população, além da melhorar a iluminação da cidade — destacou Samuca.

O prefeito lembrou que o município conta com dívidas da ordem de R$ 1,7 bilhão, o que inviabiliza grandes investimentos.

— Somente em 2019, vamos pagar quase R$ 75 milhões em dívidas, valores que não nos permitem investir em setores importantes da cidade, conforme é o anseio da população de Volta Redonda. Por isso importante esse convênio, que vai dar outra cara para a cidade” —comentou.

Para o convênio ser concretizado, a prefeitura precisa de autorização da Câmara Municipal para aprovar o convênio com a Caixa Econômica Federal.

O presidente da Câmara, Edson Quinto, agradeceu a presença do prefeito e elogiou o diálogo.

— Isso é mais uma mostra de diálogo. O prefeito, vindo ao Legislativo, é muito bom, conseguimos sanar as dúvidas sobre o projeto — disse o presidente.

Participaram do encontro os vereadores Edson Quinto, Paulo Conrado, Novaes, José Augusto, Laydson Cruz, Fábio Buchecha, Isaac, Pastor Washington, Rodrigo Furtado, Tigrão e Mineirinho.

 

Condições

 

A Caixa Econômica Federal emprestará os R$ 80 milhões com dois anos de carência (os pagamentos começam 24 meses depois da assinatura do contrato) e com prazo de 20 anos para amortização.

 

Outros assuntos

 

O prefeito Samuca Silva também conversou com os vereadores sobre o TAC que a CSN assinou com o Inea. Ele explicou que a prefeitura não assinou o termo, mas acompanha de perto a execução dos serviços. Segundo Samuca, os investimentos que a empresa está fazendo devem reduzir de forma significativa a poluição na cidade

Ele também informou ao vereador Pastor Washington que haverá brinquedos inclusivos para crianças com deficiência e que haverá um ambiente em que os visitantes poderão vivenciar a experiência de estarem numa selva, em meio aos pássaros


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

12 comentários

  1. Avatar

    80 milhões que serão gastos com asfalto sabe deus onde, iluminação que não vai chegar a ser vista e o que me deixa mais indignada, verba para o ônibus tarifa zero q só serve para vila e aterrado.
    Uma dívida cara para os volta-redondenses que nunca irão ver ou usufruir disso. Vamos apenas pagar. Quem disse que a escravidão acabou, ainda trabalhamos para não ganhar nada.

  2. Avatar

    Ué, o discurso sempre foi que tinha dinheiro, faltava era gestão. Agora quer dinheiro emprestado. Se explique melhor senhor prefeito!

  3. Avatar

    Já pensaram que trazendo investidores para VR nossa cidade ganha e é isso que ele está tentando fazer? Na época da campanha o que mais nós falávamos é que precisamos gerar empregos. Uma coisa leva a outra. Arrumar condomínio industrial para atrair indústrias, para gerar empregos.
    Não sei o que vocês querem então se não for isso.

  4. Avatar
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Samuquete, se depender de mim, não ganha mais nem pra presidente da associação de moradores.

  5. Avatar

    Eleições à vista. É preciso dinheiro para próxima campanha né, afinal, ele perdeu apoio de muitos empresários.
    Por mim não serve nem pra síndico de condomínio.

  6. Avatar

    Chegando 2020 as obras irão começar.
    Engraçado que a dívida não sai de 1.7 bi desde quando iniciou o governo.
    Vai fazer dívidas para o proximo prefeito começar a pagar.

  7. Avatar

    quais seriam essas empresas? isso é certeza?

  8. Avatar

    A muitas outras obras que seria de necessidade para VOLTA REDONDA e Região como a OBRA DA VILA DOS IDOSOS NO BELMONTE em VOLTA Redonda que o governador Witzel do Rio de Janeiro esqueceu ou o prefeito não esta nem um pouco preocupado com os IDOSOS da Região.
    Não á comentários sobre a revitalização da OBRA DA VILA DOS IDOSOS NO BELMONTE.

  9. Avatar

    Fazendo as mesmas coisas que criticou nos demais prefeitos, que é aumentar o endividamento da prefeitura… Motivo, justificativa, todos tiveram, mas o fato é que são mais 80 milhões na conta do Abreu…

  10. Avatar

    O campo society do bairro eucaliptal está totalmente destruído, grama toda solta, cheio de buracos, trave caindo…
    No dia 08/06 o prefeito veio ao bairro e prometeu realizar a licitação em 15 dias…. até agora nada … já se passaram mais de 70 dias.
    Um descaso com o bairro, crianças se machucando no campo … e nada da obra começar…

Untitled Document