sexta-feira, 23 de outubro de 2020 - 04:49 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Samuca Silva conversa com governador sobre regulamentação da ‘Lei do Aço’

Samuca Silva conversa com governador sobre regulamentação da ‘Lei do Aço’

Matéria publicada em 23 de setembro de 2020, 17:50 horas

 


Medida é mais um passo para a instalação do Polo Metalmecânico na cidade

Samuca, acompanhado do secretário municipal Joselito Magalhães, conversa com o governador em exercício Cláudio Castro sobre o Polo Metalmecânico
(Foto: Reprodução Redes Sociais)

Volta Redonda – O prefeito Samuca Silva foi nesta quarta (23) ao Rio, solicitar ao governador em exercício, Cláudio Castro, que regulamente a “Lei do Aço”, que foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio no dia 16 de julho e sancionda pelo governador afastado Wilson Witzel em 31 de julho. Motivo: a lei, que iguala os impostos da cadeia produtiva do aço no Estado do Rio com os cobrados em estados vizinhos, viabiliza a implantação do Polo Metalmecânico em Volta Redonda.

A cidade já vem se preparando para esse momento desde outubro de 2018, quando Samuca, junto com o ex-governador Luiz Fernando Pezão e o presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, assinaram um protocolo de intenções que prevê que virão para Volta Redonda sete empresas que farão parte do Complexo Metalmecânico . No total serão gerados 3,5 mil empregos diretos e 10 mil indiretos.

O protocolo de intenções para viabilizar a instalação das empresas foi assinado pelo governador Luiz Fernando Pezão, o prefeito Samuca Silva, e o presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, além dos responsáveis pelas empresas que farão parte do Complexo Metalmecânico, entre outras autoridades.

Também participaram da cerimônia os prefeitos de Barra Mansa, Rodrigo Drable; de Pinheiral, Ednardo Barbosa; de Piraí, Luiz Antônio da Silva Neves; de Porto Real, Ailton Marques; e de Rio Claro, José Osmar de Almeida. Além deles, estavam os deputados estaduais Christino Áureo, eleito deputado federal; Gustavo Tutuca e André Correa, reeleitos; Luiz Antônio Corrêa, eleito deputado federal; e Marcelo Cabeleireiro, eleito deputado estadual, entre outras autoridades.

A concessão do tratamento tributário em pé de igualdade com os estados vizinhos foi consolidada em 16 de julho deste ano, quando a Assembleia Legislativa do Estado do Rio aprovou o projeto de lei que iguala a tributação do setor metalmecânico fluminense com a dos estados vizinhos.

Autor do projeto, o deputado Gustavo Tutuca destacou a importância da aprovação desta lei para a retomada do crescimento da região do Médio Paraíba no momento de flexibilização após a paralização pela pandemia do Coronavírus.

O projeto foi sancionado pelo  governador afastado Wilson Witzel em 31 de julho. A regulamentação é mais um passo para que as empresas que assinaram o protocolo de intenções possam começara a se instalar na cidade.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    QUE TRIO… SAMUCA, PEZÃO E WHITEZEL!!!

    DEU ATÉ ENJOO!!!

  2. Avatar

    Será excelente para a região

    Quem vier reclamar de uma notícias dessas a gente já sabe as intenções

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document