sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Samuca Silva reafirma apoio aos eventos religiosos na Ilha São João

Samuca Silva reafirma apoio aos eventos religiosos na Ilha São João

Matéria publicada em 4 de junho de 2018, 21:41 horas

 


Samuca: ‘É com diálogo que vamos avançar’

Volta Redonda – O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, conversou na manhã desta segunda-feira (04) com a bancada dos evangélicos da Câmara Municipal de Volta Redonda sobre o veto ao projeto de lei 120/07, que é inconstitucional, segundo a Procuradoria Geral do Município. O projeto concedia a isenção de taxas e aluguéis a igrejas para utilização do espaço da Ilha São João.

— A Prefeitura de Volta Redonda já apoia eventos religiosos na Ilha São João, mas como o projeto é inconstitucional, foi vetado após o parecer da Procuradoria Geral do Município, por ter vício de iniciativa. Como poderia gerar redução de receitas, essa medida teria que ser tomada pelo Executivo e não pelo Legislativo — disse o prefeito Samuca Silva.

O encontro foi um pedido dos vereadores Laydson Cruz, Guarda Isaac, Fernando Martins, Pastor Washington, Paulo Conrado, Sidney Dinho e Paulinho do Raio-X.

Atendendo a uma solicitação dos parlamentares, Samuca Silva também vai criar um grupo de trabalho para tratar só sobre assuntos de eventos religiosos realizados na Ilha São João – que terão representantes das igrejas e instituições religiosas, dos vereadores e do governo municipal. O Gegov (Gabinete de Estratégia Governamental) será o interlocutor da prefeitura no grupo de trabalho.

— É com diálogo que vamos avançar. A prefeitura sempre apoiou e continuará apoiando as festas religiosas na Ilha São João. Porém, não podia sancionar uma lei que é inconstitucional — finalizou Samuca.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

10 comentários

  1. Esses evangélicos são muito cara-de-pau.Haja óleo de peroba.

  2. Acho válido, contando que abra também pra igreja católica, espírita, LGBT, festival de pipas, exposições e por ai vai.
    O certo é o certo.

  3. Carnaval, Baile Funk, Coelinho da Páscoa, Feirão de Automóveis, Formatura, Auto Escola, Exposição….isso pode.
    A Prefeitura apoia um monte de Evento, até Parada Gay! Agora o Cristão não pode! E quando falo Cristão, é aquele que crê em Cristo como seu Salvador, independente da religião. Os portões ficam abertos, é só entrar!

  4. Os evangelicos se mobilizam logo que alguem tenta de uma forma ou outra tirar benefícios das igrejas. Hoje em dia, as igrejas compram emissoras de rádio, emissoras de tv, os mais privilegiados terrenos nas cidades, alguns bispos tem passaportes diplomaticos e por ai se vai. Como adquirem bens em nomes das igrejas, esses se insentam de alguns impostos e taxas. Como os valores arrecadados são prvenientes dos dizimos e ofertas em sua maioria e como viram empresas, porque terem insenções???? Se são empresas deveriam pagar todos os tributos, impostos e taxas como qualquer outra empresa. Afinal, os milionários escondidos atras das igrejas, deveriam ser investigados e provar como adquirem suas fortunas.

  5. Bancada evangélica?? Mas eles são representantes do povo ou só dos evangélicos? O estado não é laico? Como podemos pagar impostos para sustentar esse bando todo e ainda tem grupos paralelos dentre eles que defendem seus interesses próprios? É uma vergonha.

  6. Em que pé anda a história das montadoras que viriam para o sul fluminense?

  7. É injusto com a população que não sejam cobrados os devidos impostos ou até mesmo que recebam algum tipo de ajuda da prefeitura. Pois nem todos são dessa religião ou tem se quer tenha alguma religião especifica.
    Me sinto mal em saber que meus impostos estão sendo gastos em um evento do qual eu não faço parte e onde já é arrecado muito dinheiro. Enquanto outras áreas essenciais como saúde, educação e segurança carecem de atenção.

    • Acho que você não leu ou não entendeu a matéria.. A reportagem diz completamento o contrário….

      Vamos lê mais gente!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. Eventos tem que ser cobrado sim para utilização do espaço, pensa só se parecem de cobrar pela utilização do Raulino de Oliveira, vão utilizar ele é nós população pagaremos pela manutenção.

  9. os golpistas todos reunidos

Untitled Document