quarta-feira, 18 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Samuca Silva se reúne com o comandante geral da PM-RJ

Samuca Silva se reúne com o comandante geral da PM-RJ

Matéria publicada em 21 de maio de 2019, 22:16 horas

 


Prefeito, acompanhado de colegas da região, pediu a volta de policiais militares que foram transferidos para a capital

Volta Redonda – O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, se reuniu nesta segunda-feira, dia 20, com o comandante geral da Polícia Militar, coronel Rogério Figueiredo. O prefeito foi acompanhado pelo secretário municipal de Segurança Pública, coronel PM Antônio Goulart Matos; e a comandante do 28° Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Luciana Rodrigues de Oliveira.

Também participaram do encontro os prefeitos Ednardo Barbosa, de Pinheiral; e José Osmar, de Rio Claro. O principal objetivo da reunião foi a solicitação da reposição de 32 policiais militares com a ida de moradores da região que estão na capital.

— Perdemos mais de 30 policiais nos últimos meses. Mas nossa tropa segue trabalhando muito, foram cerca de 500 prisões no último ano. Então com essa reposição acreditamos que vamos conseguir prestar um serviço ainda melhor para a população da área atendida pelo 28° BPM — disse a tenente-coronel Luciana.

O comandante geral da PM, coronel Figueiredo, informou que devem ingressar até 3 mil novos PMs na corporação até o final do ano. E que, conforme forem convocados novos policiais, será feita a reposição dos policiais, com propriedade para o 28° Batalhão. Entretanto, ficou de analisar o pleito feito pela comitiva.

Segundo Samuca, também foi uma oportunidade para alinhar estratégias de segurança pública. “Tive a oportunidade de falar sobre os avanços da nossa cidade na área de segurança pública, como a reativação das câmeras OCR, a implantação de uma secretaria específica, a reestruturação e os novos carros para a GM, o concurso para a Guarda, Implantação da RAS para GM, assinatura do convênio Cproeis com a PM, entre outros”, comentou o prefeito.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Avatar
    TRABALHADOR EXTORQUIDO

    FOI LÁ COMBINAR MAIS BLITZ DE TRANSITO, PRA PM EXTORQUIR DINHEIRO E TOMAR BENS DO TRABALHADOR, TÁ OSSO VIU!

  2. Avatar

    Entendo que, o policial militar é para exercer suas atividades no estado do Rio de Janeiro. Não entendo o porque de alguns policiais não querer exercer suas atividades fora de sua região. oque tem em Volta Redonda que alguns não querem sair daqui???? Policial militar só é policial em Volta Redonda???

  3. Avatar

    @SamucaSilva, está na hora de chamar as entidades de VR (como a presidida por seu secretário, Joselito) e propor parceria nos moldes da Polícia Presente, no Rio de Janeiro. Podemos ter núcleos do tipo Vila Presente, Aterrado Presente e etc, com apoio do comércio e a da indústria, no pagamento dos PMs e na compra/manutenção de equipamentos, como bicicletas, por exemplo, para o patrulhamento dos centros comercias. Testada e aprovada a eficiência do modelo no Rio, basta parceria e força de vontade para trazer a ideia para nossa cidade.

  4. Avatar

    Bom demais , prefeito !!!

    E assim vamos evoluindo.

    Às viúvas do ex e condenado: Os cães ladram e a caravana passa.

Untitled Document