terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Secretaria extraordinária de Segurança Pública visita bairro Vila Rica

Secretaria extraordinária de Segurança Pública visita bairro Vila Rica

Matéria publicada em 21 de janeiro de 2020, 22:31 horas

 


Integrantes da secretaria de Segurança Pública ouvem moradores do Vila Rica

Volta Redonda – Para falar dos projetos e ações da Prefeitura de Volta Redonda para a segurança pública, o secretário Antônio Jorge Goulart, da Secretaria Extraordinária de Segurança Pública (SESP), junto com a coordenadora de Operações, Priscila Monteiro, se reuniu com os moradores do bairro Vila Rica-Tiradentes. O encontro foi realizado nesta terça-feira, dia 21, no Centro de Artes e Esportes Unificados, a Praça CEU.

Além de informar a população, o objetivo também é ouvir as demandas dos bairros. “O diferencial é que estamos invertendo as prioridades. Em vez das associações nos procurarem na secretaria, onde estamos à disposição, de portas abertas para recebê-los, estamos trazendo informações sobre os projetos e ações traçadas. Entendemos que segurança pública é responsabilidade que envolve a todos, não somente ao poder público”, comentou o secretário Antônio Goulart.

Este é o primeiro bairro visitado pela equipe da SESP, que passará por toda cidade, esclarecendo dúvidas, orientando nas questões de melhoria da segurança em cada bairro.

No encontro, foram apresentados projetos e parcerias em andamento na área da segurança, como a instalação do Batalhão de Ações com Cães da Polícia Militar (BAC), a implementação do Disque Denúncia para o município, com direito ao sigilo e recompensa a quem der informações para a prisão de criminosos, a contratação de policiais militares de folga para ampliar o efetivo nas ruas, a criação da delegacia de Combate a Homicídios, além da força-tarefa para inibir festas não autorizadas.

“A nossa secretaria, criada pelo prefeito Samuca Silva, é nova, sem modelo para seguir. Nós começamos do zero. O nosso Código de Posturas é ainda de 1976, que foi útil para a geração dos anos 70. Precisamos atualizar a legislação e estamos trabalhando para que um projeto de Lei seja enviado à Câmara e aprovado. O melhor instrumento para um policial trabalhar, não é a arma, mas a Lei para defender a sociedade”, comentou Goulart.

O presidente da Associação de Moradores do Vila Rica (Amavir), Milton Pereira, agradeceu a presença do secretário e comentou as propostas. “O secretário veio se apresentar, falar das suas metas no governo municipal.  A reunião é importante para fortalecer este diálogo, este canal aberto entre os moradores e o poder público nas questões da segurança”, comentou.

 

Segurança Presente

 

Nesta terça-feira, o secretário de Segurança Pública participou de uma reunião sobre o programa estadual ‘Operação Segurança Presente’, no Rio de Janeiro.

O Segurança Presente é um programa estadual, que leva pontos fixos de combate à violência e criminalidade. Em Volta Redonda, a proposta é que ele funcione de forma integrada entre policiais militares, agentes civis, Guarda Municipal e assistentes sociais em determinadas localidades.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar

    A reunião era sobre “segurança pública”,no Vila Rica, a intenção da associação de moradores era trazer esclarecimentos pra população em que a guarda municipal pode ou não fazer sobre os eventos do “isoporzinho” e dar uma leve pressionada na GM, já q os moradores ficam pilhados com os excessos que tal evento traz ( mal cheiro de urina, lixo e som alto). Eis que uma recém promovida a chefe da GM, decide dar palestra aos moradores com discurso bem fascistoide …
    ” Um professor de história foi criticar a ditadura pro meu enteado de apenas 10 anos, tive que sentar ele no computador e mostrar que na ditadura não havia falta de respeito q se tem hj e que trabalhador honesto não precisava se preocupar com a polícia ou soldados”…
    ” Olhem aquela UFF do Aterrado, aqueles professores socialista, q só tem merda na cabeça, fumam maconha com os alunos, como VCS querem que se acerte essa sociedade?”
    ” Se eu atropelar de porrada um moleque desse q tá mijando na rua, gente da população pega o celular pra filmar a gente e expor na rede social”
    ” Tem menor de idade aqui em V Redonda q tem 15 passagens pela delegacia, aí se pego ele mais uma vez e ponho a força na viatura esse povo dos direitos humanos vem falar q o coitadinho é vítima da sociedade”…
    E lógico, com esse discurso, até em Bolsonaro ela falou.
    Essas são só algumas das pérolas “senso comum” que uma pessoa, enviada pela prefeitura como “autoridade responsável”, vem discursar, dar uma espécie de palestra, pra população. População q por sua vez já é bem despolitizada. Vários moradores ali eram da comunidade católica e ela usando linguajar violento, falando que numa determinada ocasião ia pegar a arma dela e ia dar tanta porrada num cara que ia até empenar a arma. pessoa desequilibrada demais!! Essa guarda já tem um histórico de problemas de relacionamento na carreira dela. Já deu BO, já foi notícia de jornal. Pô, o comandante Goulart, minutos antes, foi o oposto, mostrou serenidade, paciência em escutar, reconheceu equívocos e apresentou não apenas soluções, como também projetos planejados q essa pasta da prefeitura pretende implantar. Foi ponderado quando veio de gente da plateia sugestão de excesso de força. O cara foi muito bem, daí precisou se ausentar e passou a diretriz da reunião pra essa Priscila Monteiro, que “cagou” o troço com sua palestra de ódio. LAMENTÁVEL !!

  2. Avatar

    Quero ver fazer uma visitinha dessa no Padre Josimo, Vale Verde, 3 poços, Roma, monte Castela, Vila Brasília e outros mais..

    Vila Rica é fácil.

    Isso so mostra o que já está na cara a anos, o retorno dos impostos tem destino selecionado.

  3. Avatar

    Sou moradora do bairro e já participei de outras reuniões aqui.

    Já nos foi apresentado um projeto muito interessante e que vêm sendo aplicado em outros bairros de VR que é o Rede de Vizinhos agentes. Nós moradores gostamos muito do projeto e achamos que ele pode ser uma grande arma dos moradores em prol da segurança do bairro e uma boa ferramenta para as forças de segurança.

    Quando vai ser implantado no Vila Rica?

    Já assisti reportagem sobre o projeto e vi que vem sendo implantado em vários outros bairros de VR e me parece que ele também é apoiado pelas forças de segurança.

    Presidente Miltão (AMAVIR) traga esse projeto de volta.

    Ano de eleição é complicado. Aparecem muitas ideias emergentes. Nós moradores queremos o que já vêm sendo implantado e que comprovadamente funciona. Rede de Vizinhos Agentes.

  4. Avatar

    “…O melhor instrumento para um policial trabalhar, não é a arma, mas a Lei para defender a sociedade”.

    Para o governador juiz ou juiz governador MAIS o prefeito de Angra a melhor arma é o helicóptero e a metralhadora.

    A melhor arma para combater os criminosos não é a arma e as leis, nem o helicóptero e metralhadoras, UPP e muito menos secretaria de segurança; é a estratégia de Gestão Pública e as táticas, disse um amigo. Isso é conhecido há mais de 2000 anos. Secretaria de segurança é cabides de emprego e torrar nossos ALTÍSSIMOS IMPOSTOS.

    VAI VENDO aí o que dá votar em candidatos que NÃO CONHECEM a Administração Pública e NÃO ENTENDEM de Gestão Pública.

    Será que o presidente da associação do Vila Rica tbm estendeu tapete vermelho para os secretários?

    • Avatar

      vaza vagabundo ja vi voce defendendo acabar com a policia militar . voce e um verme.

    • Avatar

      Vc tbm estende tapete vermelho para o prefeito?? Qual bairro é?

      Se estende tapete vermelho para o prefeito se prepare para uma visita do isoporzinho.

Untitled Document