>
quinta-feira, 7 de julho de 2022 - 05:26 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Serfiotis participa de inauguração de serviço de transplante da Santa Casa de Barra Mansa

Serfiotis participa de inauguração de serviço de transplante da Santa Casa de Barra Mansa

Matéria publicada em 4 de abril de 2017, 19:22 horas

 


Discurso: Alexandre Serfiotis fala durante inauguração de serviço de transplantes de córnea na Santa Casa de Barra Mansa

Discurso: Alexandre Serfiotis fala durante inauguração de serviço de transplantes de córnea na Santa Casa de Barra Mansa

Barra Mansa – O deputado federal Alexandre Serfiotis (PMDB-RJ) participou, nesta sexta-feira(31), da cerimônia que marcou a habilitação da Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa para a realização de transplante de órgão (córnea).

O evento contou com as participações de autoridades municipais, entre elas o prefeito Rodrigo Drable; o deputado estadual Gustavo Tutuca; o presidente da Câmara Municipal, vereador Marcelo Borges; e o provedor da entidade, Jair Fusco.

Durante o ato, Alexandre destacou a importância do novo benefício para a população.

— É um novo serviço de saúde para a cidade de Barra Mansa, que acaba contemplando também toda a região. Resultado de uma parceria que vem trazendo diversos benefícios para a cidade e região. A Santa Casa já era um hospital captador e passa agora a ser um hospital transplantador, realizando transplante de córnea, e, futuramente, de medula e outros órgãos —”, disse o deputado.

Alexandre fez questão de falar sobre o seu trabalho na Câmara dos Deputados e junto ao Governo Federal, especialmente ao Ministério da Saúde, para trazer recursos para a cidade de Barra Manda e região.

— Destinei R$2 milhões em emenda destinados para a compra do angiógrafo, do segundo aparelho da máquina, que vai aumentar o número de cirurgias cardíacas e de exame do coração.  O maior serviço de cirurgia cardíaca do interior. Inseri também R$1 milhão de emenda para reforma e construção do pronto socorro. Inclusive, estive recentemente com o governador em Brasília e reforcei o pedido para liberação da área e para reforma e construção do pronto socorro—  revelou o parlamentar, lembrando também da implantação dos serviços de nutrição enteral e parenteral e de oncologia, que tiveram a sua importante participação.

 

Hospital regional

 

O Ministério da Saúde liberou, semana passada, recursos na ordem de R$800 mil a serem empregados na aquisição de equipamentos para o Hospital Regional Zilda Arns, em Volta Redonda. Do montante, R$500 mil são provenientes de emenda individual apresentada pelo deputado federal Alexandre Serfiotis (PMDB-RJ) ao Orçamento da União para o ano de 2016.

— Sem dúvida, é uma excelente notícia a liberação desse recurso. O Hospital Zilda Arns não trará melhoria na qualidade do atendimento somente para o Médio Paraíba. Seu funcionamento pleno evitará aumento de pacientes a serem encaminhados para a capital, o que desocupará leitos e melhorará vagas ambulatoriais — disse.

O deputado, no entanto, prossegue na luta para a liberação de mais recursos por parte do Governo Federal.

— Ainda há recursos que ainda não foram pagos, num total de R$7 milhões, sendo R$3,5 milhões originados de emenda individual apresentada por mim. As ações continuam em busca de mais investimentos financeiros para que o hospital entre em funcionamento ainda este ano — informou.

Em março deste ano, Alexandre Serfiotis esteve em audiência com o Secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Francisco Figueiredo, e cobrou a liberação de recursos para o hospital.

— O meu mandato tem como base a defesa da saúde pública e de qualidade em nosso país e a melhoria e ampliação do atendimento à população. O hospital regional vai contribuir para esta melhoria — declarou o parlamentar, que recebeu a incumbência  de articular junto aos gestores da região uma audiência ampliada com o Ministro Ricardo Barros para apresentação do plano operacional do hospital.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document