terça-feira, 15 de junho de 2021 - 13:42 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Sérgio Cabral cita Pezão em depoimento à Polícia Federal

Sérgio Cabral cita Pezão em depoimento à Polícia Federal

Matéria publicada em 22 de novembro de 2016, 13:12 horas

 


Rio – O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral declarou em depoimento à Polícia Federal que o atual governador, Luiz Fernando Pezão, foi o responsável pela licitação de reforma do Maracanã. Cabral foi preso na semana passada pela Operação Calicute, sob suspeita de chefiar um esquema de corrupção que movimentou R$ 224 milhões em propina e envolveu, entre outras, a obra no estádio. Ele prestou depoimento no último dia 17.

Cabral disse à PF que sempre foi acompanhado dos secretários de Obras a reuniões com as construtoras responsáveis pela reforma. A pasta foi ocupada por Pezão e depois por Hudson Braga, sob a gestão de quem a obra foi finalizada. Braga também foi preso pela Operação Calicute, na semana passada.

A declaração de Cabral foi uma resposta a seu próprio advogado, Ary Bergher, que questionou o cliente quem era o secretário de Obras responsável pela licitação de reforma do Maracanã. Cabral acrescentou que os secretários realizaram várias visitas ao estádio e ele apenas “umas duas”.

O ex-governador disse que, como secretário de Obras e coordenador de infraestrutura, Pezão tinha contato com Fernando Cavendish, da Delta, e com outros empreiteiros.

Cabral também afirmou que Pezão o apresentou a Hudson Braga que, depois de deixar a Secretaria de Obras, se tornou o subsecretário do atual governador.

A assessoria de imprensa do governo do estado informou que Pezão não vai comentar as citações.

“Mentiras absurdas”

No depoimento, Cabral se referiu às declarações dos executivos da Andrade Gutierrez e Carioca Engenharia como “mentiras absurdas”. As informações foram prestadas em delações premiadas da Operação Lava Jato e fundamentaram a Operação Calicute como desdobramento.

Cabral negou que tenha interferido em assuntos ligados à Petrobras e ao Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj) e disse que é mentira que tenha solicitado propina nas obras de terraplanagem do complexo.

O ex-governador também negou ter intercedido junto a clientes do escritório de advogacia da ex-primeira dama Adriana Ancelmo e declarou que também não tem conhecimento da “taxa de oxigênio” que teria sido paga a Hudson Braga. Segundo o Ministério Público Federal, a propina seria de 1% do valor das obras envolvidas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

15 comentários

  1. PEZÃO PEZÃO PEZÃO PEZÃO
    PLIN PLIN .

  2. Eu alertei aqui para não votarem no Pezão. Agora sumiu todos que diziam que o Pezão era filho de casa e iria ajudar muito VR e região.

    Ajudou colocando a cidade nas manchetes de roubos nacionais, a princípio, indicando o Braguinha. Resta saber a pedido de quem. Quem aposta?

  3. Vamos torcer para a justiça oferecer a “Delação Premiada” para o Cabral.

    • Ele nao tem oque delatar… ele eh(foi)) o chefe e so precisa entregar o restante da quadrilha e cumprir pena integral. e claro devolver o produto do roubo

  4. agafjgjjkWantuil fortes Silvério

    Esse grupo : NETO , PEZÃO,CABRAL , O povo da Califórnia lutando pela anexação, De um lado NETO fazendo vista grossa ,de outro Pezão vetou e depois entrou na justiça . Califórnia ainda não veio devido ciúmes políticos e sacolinha de didim !…

    • Tem gente muito sem noção, a anexação da Califórnia não saiu por conta do Neto??!!!! É impressionante o poder de imaginação de parte do eleitorado, realmente recebemos o que merecemos, os governantes são extrato dos eleitores……..opinião mais sem noção

  5. Piraí se cuida hein olha olha olha
    Os políticos acabando com os municípios.

  6. Aguarde a bomba que GAROTINHO vai explodir através de denúncias que vai explodir a república do Rio de janeiro.

  7. kkkkkkkkkkkkkkkk achou que estava de boa, no aperto geral entrega amigo, não existe pacto confiável com seres humanos. INVESTIGUEM JRO

  8. caraca…ta ficando bom

  9. Vai rodar também.

  10. Agora ele vai jogar todo mundo no fogo!!!

  11. João Francisco Destro

    Já sabemos que foi o Pezão quem indicou o Braguinha, para secretário de obras do ex governador. Logo saberemos quem foi que indicou braguinha para o Pezão! É o efeito dominó. Tem nego aí igual minhoca no asfalto.

  12. Esse Senhor Braga, juntamente com José Orlando, sempre estiveram envolvidos em falcatruas.

    Por isso foram demitidos de uma Fundação aqui de VR.

    Ha…. tem secretário do Pezão, que também foi demitido do setor de compras de uma grande empresa de VR, por envolvido em falcatruas.

  13. Continuamos aguardando mais detalhes das ligações e atividades do Hudson Braga em V. Redonda, inclusive sobre a eterna obra da Rod. do Contorno. O ex-secretário sumiu da páginas, impressas e digitadas no interior, quando assunto se relaciona com o que ele e seus parceiros andoram fazendo na Cidade do Aço.

Untitled Document