;
terça-feira, 24 de novembro de 2020 - 20:25 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Servidores de Resende fazem nova paralisação de 24 horas

Servidores de Resende fazem nova paralisação de 24 horas

Matéria publicada em 17 de agosto de 2017, 09:15 horas

 


Funcionários da Prefeitura de Resende querem 20% de reajuste salarial; prefeitura marca reunião com o sindicato para a próxima segunda-feira

paralisação resende servidor (1)

Fotos: Enviadas pelo WhatsApp

Resende– Servidores municipais iniciaram à meia-noite desta quinta-feira, (17) nova paralisação de 24 horas. Segundo o Sindicato dos Funcionários Públicos do Município de Resende, a adesão ao movimento chega a 15% da categoria. Creches, escolas e parte dos setores da saúde foram os que mais atenderam a convocação de paralisação. Ao meio-dia desta quinta-feira, servidores se concentraram em frente ao prédio da prefeitura, no Jardim Jalisco. A prefeitura marcou uam reunião para a próxima segunda-feira, às 11 horas, com o sindicato, a Associação dos Professores e a comissão de greve.

Eles reivindicam reposição das perdas salariais de 20%, acumuladas nos últimos três anos. Esta é a segunda paralisação dos servidores. A primeira ocorreu no dia 9 de agosto. O vice-presidente da entidade, Geovane Souza, voltou a garantir que até o momento não houve negociação com a atual administração municipal. O sindicalista não descartou também a possibilidade de ser deflagrada greve por tempo indeterminado.

– Em nenhum momento fomos chamados para conversar com os secretários ou recebemos qualquer contra proposta, o que consideramos um descaso com a nossa categoria – ressaltou Geovane, protestando contra a mensagem do Executivo enviada à Câmara Municipal, 012/2017, reduzindo o número de cargos comissionados, mas, criando superintendências, funções gratificadas e gratificações.

De acordo com o sindicalista estas modificações geram custo extra de R$ 3 milhões, na folha de pagamento, sem contar encargos previdenciário. A entidade questiona ainda a contratação de 600 cargos comissionados. “É uma incoerência estas contratações e o argumento que não há recursos para pagar nossas dívidas”, ressaltou o sindicalista.

paralisação resende servidor (2)

Em nota, prefeitura diz que está empenhada em reduzir custos

A prefeitura, através da assessoria de imprensa, informou em nota que “está empenhada na redução e na contenção de gastos, incluindo cortes e diminuição de contratos, entrega de imóveis alugados e diversas outras ações direcionadas ao equilíbrio financeiro do município. Em função da enorme queda na arrecadação, principalmente ao que se refere aos recursos estaduais, o município está concentrado em manter as contas em dia, e permanecer de acordo com o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Em outro trecho da nota, a prefeitura comunicou ainda que “além de manter em atividade necessidades básicas e fundamentais providas pelo poder público ao cidadão, a trabalha em tempo integral para manter em dia os salários de todos os servidores, o que tem conseguido a partir de uma administração consciente de suas receitas e de suas despesas”.

-Entendemos que a paralisação, atendendo aos pré-requisitos legislativos, seja democrática, e a prefeitura respeita a atitude dos que reivindicam correção salarial. Contudo, conforme já explanado em encontros e reuniões com o sindicato, diante do cenário econômico conhecido pela sociedade, não há, neste momento, viabilidade para reajuste – finalizou a nota.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. Avatar

    Prefeito péssimo. Na próxima não ganha nem pra síndico de prédio. Agora o sindicato também nem pra se posicionar sobre a nomeação dos concursados… Resende vai mal

  2. Avatar
    Morador de Resende

    Parabéns , prefeito , Nada de aumento estado quebrado e meia dúzia de alienados querendo aumento , deveriam dar graças a Deus de estarem empregados ,pensem na coletividade a hora é de economizar o sacrifício é de todos principalmente essa categoria de funcionários públicos que pouco faz

    • Avatar
      Contra Morador de Resende

      Creio que você “Morador de Resende”, nunca deve ter usado os serviços públicos de Resende…Filhos em Colégio Particular, plano de saúde…pois dizer que funcionários pouco fazem KKKKKK. Já visitou uma Creche, já utilizou os serviços de posto de saúde, onde funcionários públicos, trabalham todos os dias com o número reduzido de profissionais. Pense bem antes de dizer que os funcionários POUCO FAZEM.

  3. Avatar

    Se com sindicato não há reajuste, imagina sem???

  4. Avatar

    Uma gestão que não está nem ai para os servidores! !!!

  5. Avatar

    Oh Vou te contar.. Esse prefeitinho de Resende é bem fraco….Ele nem da as caras na TV. Esse sim é bla blá danado. Quando eu vi a propaganda eleitoral eu fazia fé nele..Putzzz cara ruim demais.FRACO

  6. Avatar

    Aprendam o seguinte, concursado não dá voto! contratado sim, por isso muitas prefeituras optam por contratos e não concursos. Tudo isso para garantir a sucessão nos mandatos…Na verdade o povo NÃO sabe votar!
    Sindicato nenhum serve para nada, a não ser fazer os trabalhadores de trouxas…
    Cada cargo comissionado garante em média 4 votos…quanto mais melhor!
    E o povo que se lasque!

  7. Avatar

    20% de aumento é muito para a realidade do nosso país, outro absurdo é uma prefeitura do tamanho de Resende ter mais de 1.000 cargos comissionados.
    Para a prefeitura funcionar só precisa de 400 funcionários, os demais podem mandar embora, pois a maioria não quer nada, um bando de aspones.

  8. Avatar

    Há algum servidor público de Resende que ainda acredita neste sindicato, uma vez que faz 4 anos que não têm reajuste salarial, se fosse um sindicato forte já teria parado a prefeitura por tempo indeterminado há 4 anos atrás, se não conseguem nada pra quê ter sindicato? se não fosse bancado com o dinheiro do governo esse sindicato já teria ido para i espaço.

Untitled Document